Klimov VK-106

O Klimov M-106 foi um motor V12 aeronáutico a pistão experimental que seria utilizado em aeronaves soviéticas durante a Segunda Guerra Mundial.[2]

M-106
Informações básicas
Tipo Motor V12
Fabricante Klimov
Origem  União Soviética
Primeiro teste 27 de outubro de 1942 (79 anos)
Maiores aplicações Yak-1B
Quantidade
produzida
300+
Especificações (VK-106-1sk)
Diâmetro (cilindro(s)) 148 mm
Curso 170 mm
Peso 600 kg
Deslocamento 35,08 L
Compressor Supercompressor centrífugo
Potência 1.350 hp (1.007 kW)
Tipo de combustível Gasolina de 95 octanas
Sistema de refrigeração Refrigerado a água
Relação potência / peso 1,68 kW/kg (1,02 hp/lb)
Desenvolvido de Klimov M-105
Notas
Fonte: Kotelnikov[1]

DesenvolvimentoEditar

Com o VK-105PF exaurindo o potencial do M-105, a Klimov continou o desenvolvimento em um novo motor, criando o VK-106 a partir de 1941. Uma vez que os combates aéreos na Frente Oriental ocorriam primariamente em baixas altitudes (abaixo de 4 000 m (13 100 ft)), o novo motor foi construído especialmente para dar o melhor desempenho nestas altitudes, com uma menor taxa de compressão e um supercompressor de velocidade única. Os testes estáticos ocorreram de 27 de Outubro a 9 de Novembro de 1942. Apesar de ser confiável e facilmente instalado em aeronaves equipadas com o M-105, o VK-106 não entrou em produção pelo fato de seus problemas de superaquecimento não terem sido resolvidos. Assim como o M-105P, o VK-106P poderia acomodar um canhão automático no "V" entre os cilindros.

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

Notas
  1. Kotelnikov 2005, p. 142.
  2. Gunston 1989, p. 90.
Bibliografia
  • Gunston, Bill (1989). World Encyclopedia of Aero Engines. Cambridge, Reino Unido: Patrick Stephens Limited. ISBN 1-85260-163-9 
  • Kotelnikov, Vladimir (2005). Russian Piston Aero Engines. Marlborough, Wiltshire: The Crowood Press Ltd. ISBN 1-86126-702-9 .