Knickerbocker Holiday

filme de 1944 dirigido por Harry Joe Brown

Knickerbocker Holiday (Brasil: Revolucionário Romântico /Portugal: A Cidade Que Dança) é um filme norte-americano de 1944, do gênero comédia musical, dirigido por Harry Joe Brown e estrelado por Nelson Eddy e Charles Coburn.

Knickerbocker Holiday
A Cidade Que Dança (PRT)
Revolucionário Romântico (BRA)
 Estados Unidos
1944 •  p&b •  85 min 
Direção Harry Joe Brown
Produção Harry Joe Brown
Roteiro David Boehm
Rowland Leigh
Harold Goldman
Thomas Lennon
Maxwell Anderson (peça)
Kurt Weill (peça)
Elenco Nelson Eddy
Charles Coburn
Constance Dowling
Gênero comédia musical
Música Werner R. Heymann
Direção de fotografia Philip Tannura
Figurino Walter Plunkett
Companhia(s) produtora(s) Producers Corporation of America
Distribuição United Artists
Lançamento Estados Unidos 17 de março de 1944
Portugal 14 de janeiro de 1946
Idioma inglês

Notas sobre a produçãoEditar

Knickerbocker Holiday é ambientado na Nova Iorque da primeira metade de século XVII, quando ainda se chamava New Amsterdam. O roteiro é baseado na peça homônima de Maxwell Anderson e Kurt Weill, apresentada 168 vezes na Broadway entre 1938 e 1939.[1]

Ainda que pouca coisa do conteúdo político da peça tenha restado, foram tecidos vários paralelos entre o regime do governador Peter Stuyvesant e o nazismo.[2]

Sammy Cahn e Jule Styne escreveram diversas canções para a adaptação cinematográfica, de forma que sobreviveram poucas do espetáculo teatral. Entre elas, a melhor de todas, a sempre lembrada "September Song".[3]

A trilha sonora, de Werner R. Heymann e Kurt Weill, foi indicada ao Oscar.

SinopseEditar

Peter Stuyvesant chega a New Amsterdam em 1650, para assumir suas funções de governador. Logo em seguida, pede a cabeça de Brom Broeck, jornalista intrépido sempre pronto a denunciar a corrupção no governo e na polícia. Como Broeck não fez nada que justificasse a pena de morte, Stuyvesant resolve aguardar até que ele dê um passo em falso. Broeck namora Tina, enquanto a irmã de Tina, Ulda, namora Ten Pin, o melhor amigo de Broeck. Quando a polícia prende Broeck, Stuyvesant começa a arrastar a asa para Tina. Broeck deixa a prisão e organiza um movimento de independência. Ele também tenta convencer o governador de que o caminho da justiça é mais gratificante que o da corrupção.[3]

PremiaçõesEditar

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar Melhor Trilha Sonora
(Filme Musical)
Indicado

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Nelson Eddy Brom Broeck
Charles Coburn Peter Stuyvesant
Constance Dowling Tina Tienhoven
Ernest Cossart Tienhoven
Shelley Winters Ulda Tienhoven
Johnnie Davis Ten Pin
Percy Kilbride Schermerhorn
Otto Kruger Roosevelt
Fritz Feld Poffenburgh
Richard Hale Tammany
Carmen Amaya Dançarina cigana

Referências

  1. «Knickerbocker Holiday». IBDB. Consultado em 9 de novembro de 2017 
  2. Bergan, Ronald (1986). The United Artists Story (em inglês). Londres: Octopus Books. ISBN 9780706425819 
  3. a b Deming, Mark. «Knickerbocker Holiday» (em inglês). AllMovie. Consultado em 9 de novembro de 2017 

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Knickerbocker Holiday