Abrir menu principal

Korsakov (em russo: Корса́ков ; em japonês: コルサコフ (大泊町)  é uma cidade e o centro administrativo do Distrito de Korsakov, no Oblast de Sacalina, Rússia, localizado a 42 quilômetros (26 mi) ao sul de Iujno-Sakhalinsk, no extremo sul da Ilha de Sakhalin. A população era de 33,526 no censo de 2010, 36,652 no censo de 2002 e 45,096 no senso de 1990.[1][2][3]

Korsakov
Korsakov, Sakhalin oblast.JPG
Website http://www.sakh-korsakov.ru/
Cidade da Rússia Rússia

Índice

HistóriaEditar

O lugar onde hoje em dia é a cidade foi anteriormente o lar de uma aldeia de pescadores Ainu chamada Kushunkotan (em fontes russas, Tamari-Aniva), que era freqüentada por comerciantes do Clã Matsumae do Japão tão cedo quanto 1790.[4][5] Em 22 de setembro de 1853, uma expedição russa comandada por Gennady Nevelskoy levantou a bandeira russa no assentamento e o rebatizou de "Forte Muravykovsky", em homenagem ao governador-geral da Sibéria Oriental, Nikolay Muravyov.[6][7][8] Nevelskoy deixou registros detalhados de sua expedição, dizendo que encontrou uma população predominantemente Ainu (pelo menos 600 pessoas;[9] outra fonte menciona apenas 300 habitantes), bem como os Japoneses.[10] Os russos abandonaram o assentamento em 30 de maio de 1854, retornando em agosto de 1869, mudando o nome para "Forte Korsakovsky" em honra do então Governador-Geral da Sibéria Oriental, Mikhail Korsakov. Em 1875, toda a Sacalina, incluindo a aldeia, foi cedida para a Rússia sob o Tratado de São Petersburgo.

Estado municipal e administrativoEditar

Dentro as subdivisões administrativas da Rússia, Korsakov serve como centro administrativo do Distrito de Korsakovsky, e é subordinada a este.[11] Como uma divisão municipal, a cidade de Korsakov e dezessete localidades rurais do Distrito de Korsakovsky são incorporados como "Okrug Urbano de Korsakovsky".[12]

DemografiaEditar

Curiosamente, no início dos assentamentos na região (por volta de 1890), havia dez vezes mais homens em Korsakovsky do que mulheres. Em 1897, por exemplo, havia 1510 homens e 192 mulheres na cidade. Este desequilíbrio é explicado pelo fato de que a maioria dos habitantes de Korsakov eram prisioneiros ou guardas de prisão, categorias predominantemente dominadas por homens.[13]

A população da cidade atingiu o seu ponto mais alto (45 mil habitantes) no final da década de 1980, quando viveu um declínio significativo com seus habitantes fugindo da recessão econômica, mudando-se para a vizinha Iujno-Sakhalinsk ou para a Rússia Continental. A população continua em declínio, embora não tão acentuado como na década de 1990.[14]

ReferênciasEditar

  1. «ВПН-2010». www.gks.ru. Consultado em 15 de novembro de 2017 
  2. «Демоскоп Weekly - Приложение. Справочник статистических показателей.». demoscope.ru. Consultado em 15 de novembro de 2017 
  3. «Численность населения России, субъектов Российской Федерации в составе федеральных округов, районов, городских поселений, сельских населённых пунктов – районных центров и сельских населённых пунктов с населением 3 тысячи и более человек» 
  4. The Conquest of Ainu Lands, Brett L. Walker, ISBN 0-520-24834-1, ISBN 978-0-520-24834-2
  5. Coast of Kushunkotan Arquivado em 29 de setembro de 2007, no Wayback Machine., 1873 map.
  6. The Occupation of Southern Saghalin by the Russians in 1853–54, Akizuki Toshiyuki, Hokkaidō University.
  7. 久春古丹に於ける露人の堡塞 Arquivado em 27 de junho de 2005, no Wayback Machine. (The garrison of Russians at Kushunkotan), Jirosuke Yoda, 1854.
  8. «Cópia arquivada». Consultado em 15 de novembro de 2017. Arquivado do original em 12 de março de 2009 
  9. Gennady Nevelskoy, Podvigi Russkikh Morskikh Ofitserov Na Kraynem Vostoke (1878), p. 252, footnote.
  10. Gennady Nevelskoy, Podvigi Russkikh Morskikh Ofitserov Na Kraynem Vostoke (1878), pp. 249–255). Also available in electronic format: http://orel3.rsl.ru/meeting_on_fr/12/[ligação inativa]
  11. Law #25-ZO
  12. Law #524
  13. http://demoscope.ru/weekly/ssp/rus_gub_97.php?reg=77
  14. http://www.mojgorod.ru/sahalin_obl/korsakov/index.html