Porto (transporte)

infraestrutura destinada a acolher barcos e navios
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Porto (desambiguação).

Um porto é uma área, abrigada das ondas e correntes, localizada à beira de um oceano, mar, lago ou rio, destinada à atracação de barcos e navios, com o pessoal e serviços necessários ao carregamento e descarregamento de carga e ao estoque temporário deles, como instalações para o movimento de pessoas e carga ao redor do setor portuário, e, em alguns casos, terminais especialmente designados para acomodação de passageiros.

Porto de Hamburgo, Alemanha.

Um porto que está localizado à beira de um oceano ou de um mar é constantemente chamado de porto marítimo. À beira de um rio ou estuário é chamado um porto fluvial. Já um pequeno porto destinado principalmente à recreação é mais habitualmente chamado de marina.

Normalmente os cálculos de estruturas portuárias para atracação dos barcos em segurança, como quebra-mares, molhes, bacias de evolução e outras são efetuados por especialistas em engenharia hidráulica utilizando-se de modelos matemáticos e de modelos físicos em laboratórios de hidráulica marítima.

Porto da cidade chilena de Valparaíso.

Indispensáveis para um porto são:

Portos de carga movimentados devem ter acesso a uma vasta rede ferroviária ligando o porto a outras regiões agrícolas e/ou industriais, permitindo assim o escoamento de diversos produtos a outras regiões do país e do mundo.

Os portos são alvo de várias políticas integradas de Qualidade, Ambiente, Segurança e Saúde no Trabalho, de forma a assegurar a plena satisfação dos seus clientes.

Porto de Pireu na Grécia.
Porto de Manaus, o maior porto flutuante do mundo.[1]

Destas políticas destacam-se os seguintes princípios:

  • Melhorar a qualidade e eficácia dos serviços prestados;
  • Cumprir e fazer cumprir os requisitos legais, regulamentares e normativos aplicáveis aos serviços prestados, aspetos ambientais e à segurança e saúde;
  • Prevenir, controlar e minimizar a poluição, designadamente os resíduos gerados pelas suas atividades, promovendo o recurso ao investimento em novas tecnologias e processos menos poluentes;
  • Identificar e minimizar os riscos existentes, procedendo à implementação de ações corretivas e preventivas, de modo a eliminar qualquer fator de risco nas suas instalações.

Principais portosEditar

BrasilEditar

 Ver artigo principal: Lista de portos do Brasil

Os principais portos brasileiros são: o Porto de Santos, situado na cidade de Santos, no estado de São Paulo. É o maior porto nacional e o mais movimentado da América Latina. Em seguida, o Porto de Paranaguá, no estado do Paraná, é o segundo porto mais importante do país.

Outros portos brasileiros de grande importância são:[2]

Santa CatarinaEditar

Rio Grande do SulEditar

Espírito SantoEditar

Rio de JaneiroEditar

BahiaEditar

São PauloEditar

PernambucoEditar

AmazonasEditar

MaranhãoEditar

AlagoasEditar

ÁsiaEditar

O porto de Singapura é o maior porto da Ásia e do mundo, em movimentação de contentores. É seguido pelos portos de Xangai e Hong Kong, ambos na China.

EuropaEditar

Na Europa, lidera a lista o Porto de Roterdã, nos Países Baixos, seguido pelo porto alemão de Hamburgo, seguidos pelo Porto de Sines, em Portugal.

AméricaEditar

Os maiores portos americanos são os portos de Los Angeles-Long Beach e de Nova York-Nova Jérsei, todos nos Estados Unidos, seguidos pelo Porto de Santos, no Brasil.

ÁfricaEditar

No continente africano, a lista é liderada pelo porto de Porto Said, no Egito.

OceaniaEditar

O maior porto do continente é o da cidade de Melbourne, Austrália.

Panorama do Porto de Singapura, um dos mais movimentados do mundo.

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Portos Brasileiros». BPA Agenciamentos Marítimo. Consultado em 21 de agosto de 2019 
  2. Principais portos do Brasil - visita em 14.07.2010

BibliografiaEditar

  • RIOS, Jorge L. Paes – Modelos Matemáticos em Hidráulica e no Meio Ambiente no Simpósio Luso-Brasileiro sobre Simulação e Modelação em Hidráulica. APRH – LNEC. Lisboa,(1986).
  • RIAL, Mariana Fontes Pérez. "Cidade-porto: dinâmicas espaciais e planejamento intra-urbano". Dissertação de Mestrado, FAUUSP, São Paulo: 2008
  • URBAN LAND INSTITUTE. “Remaking the Urban Waterfront”. Washington: ULI, 2004.
  • HOYLE, Brian S. (coord). “Cityports, Coastal Zones and Regional Change: International Perspectives on Planning and Management”. Londres, Wiley, 1996
  • HOYLE, Brian S. (coord). “European port cities in transition”. Londres: Belhaven Press London, 1992
  • (Soares et al., 2000, p. 4935)

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Porto (transporte)