Abrir menu principal
Lúcio Seio Tuberão
Cônsul do Império Romano
Consulado 18 d.C.

Lúcio Seio Tuberão (em latim: Lucius Seius Tubero) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto no lugar de Tibério em fevereiro de 18. Era filho do prefeito pretoriano Lúcio Seio Estrabão e irmão do famigerado Lúcio Élio Sejano, sucessor do pai[1].

CarreiraEditar

Tuberão serviu como legado militar de Germânico em sua campanha na Germânia[2]. Em 24, foi acusado juntamente com Cneu Cornélio Lêntulo Áugure, Víbio Sereno e Marco Cecílio Cornuto de conspirar para matar Tibério, mas todos foram absolvidos pelo imperador[1].

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b Tácito, Anais IV 29,1.
  2. Tácito, Anais II 20,1

Ligações externasEditar

  • Winkler, Gerhard (1975). Der Kleine Pauly. Seius II. 3 (em alemão). 5. [S.l.: s.n.] p. 81