Marco Vipstano Galo

político

Marco Vipstano Galo (em latim: Marcus Vipstanus Gallus) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto entre agosto e dezembro de 18[1]. Era irmão do pretor em 17, Lúcio Vipstano Galo.

Marco Vipstano Galo
Cônsul do Império Romano
Consulado 18 d.C.

Lúcio Vipstano Publícola Messala, cônsul em 48, e Messala Vipstano Galo, cônsul sufecto no mesmo ano, podem ter sido seus filhos.

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Lúcio Pompônio Flaco

com Caio Célio Rufo
com Caio Víbio Marso (suf.)
com Lúcio Voluseio Próculo (suf.)

Tibério III
18

com Germânico II
com Lúcio Seio Tuberão (suf.)
com Lúcio Livineio Régulo (suf.)
com Caio Rubélio Blando (suf.)
com Marco Vipstano Galo (suf.)

Sucedido por:
'Marco Júnio Silano Torquato

com Lúcio Norbano Balbo
com Públio Petrônio (suf.)


Referências

  1. CIL X, 6639 = InscrIt. 13-1, 26, Anzio (Itália); CIL XIV, 244, CIL XIV, 245, CIL XIV, 4531, CIL XIV, 4532, CIL XIV, 4532a, CIL XIV, 4533, CIL XIV, 4534, CIL XIV, 4535, CIL XIV, 4536, CIL XIV, 4537, CIL XIV, 4538, CIL XIV, 4539, CIL XIV, 4540, CIL XIV, 4542, CIL XIV, 4543, CIL XIV, 4544, CIL XIV, 4546, CIL XIV, 5354, CIL XIV, 5355 = AE 1917/18, 122 = AE 1922, 94 = AE 1924, 111 = AE 1928, 126 = AE 1933, 30 = AE 1934, 97 = AE 1934, 98 = AE 1934, 99 = AE 1936, 97 = AE 1936, 98 = AE 1936, 99 = AE 1937, 10 = AE 1938, 150 = AE 1939, 52 = AE 1940, 92 = AE 1940, 93 = AE 1945, 33 = AE 1945, 34 = AE 1945, 36 = AE 1945, 37 = AE 1946, 169 = AE 1946, 204 = AE 1949, 23 = AE 1949, 64 = AE 1954, 123 = AE 1949, 23 = AE 1949, 64 = AE 1954, 221 = AE 1954, 222 = AE 1954, 223 = AE 1955, 120 = AE 1956, 32 = AE 1956, 132 = AE 1968, 6 = AE 1975, 130 = AE 1975, 131 = AE 1975, 132 = AE 1978, 60 = AE 1980, 183 = AE 1994, 330 = AE 1997, 256 = AE 1998, 408 = AE 2001, 620 = AE 2005, 305, Ostia Antica (Itália); AE 1987, 163 = AE 1991, 306 = AE 1991, 307 = InscrIt. 13-1, 24, Roma (Itália)

BibliografiaEditar

  • R. Hanslik, "M. Vipstanus Gallus 3)", RE, vol. IX-A1, Stuttgart, 1961, col. 169.
  • Der Neue Pauly, vol XII-2, Stuttgart, 1999, col. 240.