Abrir menu principal

Lady Sings the Blues

filme de 1972 dirigido por Sidney J. Furie
Lady Sings the Blues
No Brasil O Ocaso de uma Estrela[1]
 Estados Unidos
1972 •  cor •  144 min 
Direção Sidney J. Furie
Roteiro Chris Clark
Suzanne De Passe
Terence McCloy
Elenco Diana Ross
Billy Dee Williams
Richard Pryor
Género drama biográfico
Música Gil Askey
Michel Legrand
Direção de arte Carl Anderson
Reg Allen
Figurino Bob Mackie
Ray Aghayan
Norma Koch
Idioma língua inglesa

Lady Sings the Blues (bra: O Ocaso de uma Estrela) é um filme estadunidense de 1972 que narra a vida da cantora de jazz Billie Holiday, tendo como base a autobiografia homônima dela lançada no ano de 1956. Produzido pela Motown Productions para a Paramount Pictures, o filme traz Diana Ross no papel principal. Ainda no elenco, estão os atores Billy Dee Williams e Richard Pryor.

O roteiro foi escrito por Chris Clark, Suzanne De Passe e Terence McCloy tendo como base o livro de Holiday e William Dufty. A direção ficou a cargo de Sidney J. Furie.

Após Lady Sings The Blues, Diana Ross viria a se destacar novamente como atriz em Mahogany, filme de 1975.

Prêmios e indicaçõesEditar

BAFTA Film Awards
Globo de Ouro
  • Estrela Feminina Revelação do Ano – Diana Ross (vencedora)[2]
  • Melhor atriz em filme dramático – Diana Ross (indicada)[2]
  • Melhor trilha-sonora original – Michel Legrand[2]
Oscar
  A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. O Ocaso de uma Estrela no CinePlayers (Brasil)
  2. a b c «30.º Globo de Ouro - 1973». CinePlayers. Consultado em 13 de dezembro de 2018 
  3. a b c d e «45.º Oscar - 1973». CinePlayers. Consultado em 13 de dezembro de 2018 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.