Abrir menu principal

Leonor Guilhermina de Anhalt-Köthen

Leonor Guilhermina
Princesa de Saxe-Merseburg
Leonor em retrato de Johann Georg Dietrich.
Duquesa de Saxe-Weimar
Reinado 24 de janeiro de 1716
a 30 de agosto de 1726
Antecessor(a) Carlota Doroteia de Hesse-Homburgo
Sucessor(a) Sofia Carlota de Brandemburgo-Bayreuth
 
Maridos Ernesto Augusto I, Duque de Saxe-Weimar-Eisenach
Descendência Guilherme Ernesto de Saxe-Weimar
Guilhermina Augusta de Saxe-Weimar
João Guilherme de Saxe-Weimar
Carlota de Saxe-Weimar
Joana de Saxe-Weimar
Ernestina Albertina de Saxe-Weimar
Bernardina Cristina de Saxe-Weimar
Emanuel de Saxe-Weimar
Casa Ascania (por nascimento)
Wettin (por casamento)
Nascimento 7 de maio de 1696
  Köthen, Saxônia-Anhalt, Alemanha
Morte 30 de agosto de 1726 (30 anos)
  Weimar, Ducado de Saxe-Weimar
Pai Emanuel Lebrecht, Príncipe de Anhalt-Köthen
Mãe Gisela Inês de Rath
Religião Luteranismo

Leonor Guilhermina de Anhalt-Köthen (em alemão: Eleonore Wilhelmine; Köthen, 7 de maio de 1696 – Weimar, 30 de agosto de 1726) foi uma princesa de Anhalt-Köthen por nascimento e princesa de Saxe-Merseburg e duquesa de Saxe-Weimar por casamento.

VidaEditar

Leonor Guilhermina era a filha mais velha do príncipe Emanuel Lebrecht de Anhalt-Köthen (1671-1704) e da sua esposa, a princesa Gisela Inês de Rath, condessa de Nienburg (1669-1740). Leonor Guilhermina casou-se pela primeira vez a 15 de Fevereiro de 1714, em Köthen com o príncipe Frederico Erdmann de Saxe-Merseburg (1691-1714). Na ocasião do seu casamento, ele recebeu o distrito de Dieskau como um apanágio. No entanto, catorze semanas depois de seu casamento, o príncipe morreu de repente.

A 24 de Janeiro de 1716 em Nienburg, Saxe-Anhalt, Leonor Guilhermina casou pela segunda vez, com o duque Ernest Augusto I de Saxe-Weimar e Saxe-Eisenach (1688-1748). O irmão de Leonor Guilhermina conheceu Johann Sebastian Bach, durante a festa de casamento, e, mais tarde, convidou-o para se tornar Kapellmeister na corte principesca de Köthen.[1] Mais tarde, Leonor Guilhermina tornou-se madrinha do filho de Bach, Leopold Augustus.

O seu casamento com Ernesto Augusto foi descrito como tendo sido feliz. Durante os dez anos em que estiveram casados, tiveram sete filhos. Depois do nascimento do príncipe-herdeiro, foi introduzida a lei da primogenitura em ambos os ducados.[2]

Leonor Guilhermina morreu a 30 de Agosto de 1726. Foi enterrada na cripta ducal no Cemitério Histórico de Weimar. O seu marido ficou muito afectado com a sua morte, tendo sido esse o motivo pelo qual decidiu deixar Weimar e começar a viajar.

DescendênciaEditar

Do seu segundo casamento com Ernesto Augusto I de Saxe-Weimar, Leonor Guilhermina teve os seguintes filhos:

  1. Guilherme Ernesto de Saxe-Weimar (4 de Julho de 1717 - 8 de Junho de 1719), príncipe-herdeiro de Saxe-Weimar, morreu aos dois anos de idade.
  2. Guilhermina Augusta de Saxe-Weimar (4 de Julho de 1717 - 9 de Dezembro de 1752), irmã gémea de Guilherme.
  3. João Guilherme de Saxe-Weimar (10 de Janeiro de 1719 - 6 de Dezembro de 1732), príncipe-herdeiro de Saxe-Weimar.
  4. Carlota de Saxe-Weimar (4 de Dezembro de 1720 - 15 de Outubro de 1724), morreu aos três anos de idade.
  5. Joana de Saxe-Weimar (2 de Dezembro de 1721 - 17 de Junho de 1722), morreu aos seis meses de idade.
  6. Ernestina Albertina de Saxe-Weimar (28 de Dezembro de 1722 - 25 de Novembro de 1769), casada com Filipe II, Conde de Schaumburg-Lippe; com descendência.
  7. Bernardina Cristina de Saxe-Weimar (5 de Maio de 1724 - 5 de Junho de 1757), casada com João Frederico, Príncipe de Schwarzburg-Rudolstadt.
  8. Emanuel de Saxe-Weimar (19 de Dezembro de 1725 - 11 de Junho de 1729), morreu aos três anos de idade.

GenealogiaEditar

Os antepassados de Leonor Guilhermina de Anhalt-Köthen em três gerações
Leonor Guilhermina de Anhalt-Köthen Pai:
Emanuel Lebrecht, Príncipe de Anhalt-Köthen
Avô paterno:
Emanuel, Príncipe de Anhalt-Köthen
Bisavô paterno:
Augusto, Príncipe de Anhalt-Plötzkau
Bisavó paterna:
Sibila de Solms-Laubach
Avó paterna:
Ana Leonor de Stolberg-Wernigerode
Bisavô paterno:
Henrique Ernesto, Conde de Stolberg
Bisavó paterna:
Ana Isabel de Stolberg-Ortenberg
Mãe:
Gisela Inês de Rath
Avô materno:
Baltasar Guilherme de Rath
Bisavô materno:
Wilhelm von Rath
Bisavó materna:
Dorothea von Hackeborn
Avó materna:
Margarida Doroteia de Wuthenau
Bisavô materno:
Heinrich van Wuthenau
Bisavó materna:
Sibylle van Wuthenau

NotasEditar

  1. Zum Verhältnis von Theologie und Musik bei Johann Sebastian Bach, GRIN Verlag, 2007, p. 22 (online)
  2. Karl Helmrich: Geschichte des Grossherzogthums Sachsen-Weimar-Eisenach für Schule und Haus, Albrecht'schen privaten Hof-Buchdruckerei, 1852, p. 107

ReferênciasEditar

  • August Benedict Michaelis: Einleitung zu einer volständigen geschichte der chur- und fürstlichen häuser in Teutschland, vol. 3, 1785, p. 667