Leonor d'Este (1643-1722)

Disambig grey.svg Nota: Para outras personagens com o mesmo nome, veja Leonor d'Este.

Leonor d'Este (em italiano: Eleonora d’Este; Módena, 2 de janeiro de 1643 — Módena, 24 de fevereiro de 1722)[1] [2] foi uma nobre italiana, princesa de Módena e Régio. Foi uma religiosa fervorosa e venerada pela Igreja Católica.

Leonor d’Este
Princesa de Módena e Régio
Nascimento 2 de janeiro de 1643
  Módena
Morte 24 de fevereiro de 1722 (79 anos)
Sepultado em Módena
Nome completo Eleonora d'Este
Casa Este
Pai Francisco I d'Este
Mãe Maria Catarina Farnésio
Brasão

BiografiaEditar

Era filha do duque Francisco I d'Este, Duque de Módena e Reggio e da sua primeira mulher, Maria Catarina Farnésio.

O casal tivera, em 1639, uma outra filha con este nome, morta com apenas um ano de idade.

Criada na corte paterna onde ainda muito jovem distinguiu-se pela fervorosa fé religiosa e pelas suas obras de caridade.

Em 3 de maio de 1674 Leonor entrou no convento para fazer parte da Ordem das Carmelitas Descalças, tendo mudado o seu nome para Maria Francisca do Espírito Santo.

Várias vezes foi colocada à frente da comunidade religiosa e também foi incumbida da tarefa de fazer construir um mosteiro em Reggio Emilia. Inaugurado em 1689, viria a ser fechado mais de um século depois, em 1798[3].

Tornou-se de tal forma conhecida e popular, que rapidamente vem a ser conselheira íntima também da classe dirigente[4].

Morreu com fama de santidade na sua cidade natal em 1722 e tornou-se venerada pela Igreja Católica[5].

Ligações externasEditar

ReferênciasEditar

BibliografiaEditar