Abrir menu principal
Leonor de Castro Melo e Menezes
Nascimento 1512
Gandia
Morte 27 de março de 1546 (34 anos)
Gandia
Cônjuge Francisco de Borja
Ocupação aristocrata
Título duque
COA Duke of Gandia.svg
Religião Catolicismo

Leonor de Castro Melo e Menezes (1512Gandia, 27 de março de 1546) foi a quarta duquesa de Gandia. Nobre portuguesa, foi Dama e amiga íntima da Imperatriz Isabel de Portugal. Filha de Álvaro de Castro "o Velho", Capitão-geral de África do Rei Manuel I de Portugal e de Isabel de Melo Barreto e Menezes.

BiografiaEditar

Em 1529, ocorreram as negociações para a realização de matrimônio com Francisco de Borja, Duque da Gandia. O imperador Carlos I de Espanha, representado por Pedro González de Mendoza, negociando em nome de Leonor, urgiu o duque a aceitar as condições. Após concordar com o casamento, os dois se encontraram em Toledo, em agosto de 1529.

Leonor se casou com Francisco em 1529 no Real Alcázar de Madrid. Eles tiveram oito filhos: Carlos, Isabel, Juan, Álvaro, Juana Francisca, Fernando, Dorotea y Alonso.

A duquesa passou os seus últimos dias no Mosteiro de São Jerónimo de Cotalba, muito próximo de Gandia. Lá, morreu em 27 de março de 1546.

Francisco se entristeceu com a sua morte, renunciando assim a seus bens em benefício dos filhos, além de desistir de seus títulos nobiliários.

Em seguida, vai para Roma, onde em junho de 1546, passaria a fazer parte da Companhia de Jesus. Morreu em 30 de setembro de 1572.

BibliografíaEditar

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar