O Club Libertad/Limpeño é a equipe de futebol feminino da parceria entre o Club Libertad e Club Sportivo Limpeño,[1] clube localizado no Paraguai, a união veio em 2018. O Time feminino do Sportivo Limpeño, foi criado em 2005, e disputa a 1a divisão do campeonato paraguaio desde 2009. Foram vice campeãs em 2014, campeãs em 2015 e também em 2016.[2]

Logo: Club Libertad/Limpeño

União dos Clubes

editar

A parceria entre as duas equipes, veio em 2018, para a temporada de 2019, quando a Conmebol exigiu que todas as equipes masculinas participantes de competições da Conmebol, como a Libertadores ou a Sulamericana, deveriam ter, ou desenvolverem uma equipe de futebol feminino, somente assim podendo participar das competições. Alguns clubes criaram seus próprios times femininos, enquanto outros, como o Libertad e o Sportivo Limpeño decidiram se juntar e fazer uma parceria.[3]

Antes da Junção

editar

Antes das equipes se unirem, o Sportivo Limpeño já tinha uma equipe feminina, fundada em 2005, e iniciando sua jornada no Campeonato Paraguaio em 2009. Assim como em outros lugares da América Latina, o Campeonato Paraguaio é disputado em duas partes, o Torneio Apertura e o Torneio Clausura, e o Sportivo Limpeño bateu na trave em 2014, sendo vice campeão, mas nos anos seguintes, as meninas conseguiram ser campeãs, levando o troféu em 2015 e 2016.[4]

Com a vitória do Campeonato Paraguaio em 2016, as meninas se garantiram pela primeira vez na Libertadores, e naquela edição, seu grupo foi composto por: Colón, UAI Urquiza e Universitario. Com duas vitórias em três jogos, a equipe se classificou para as semi finais, onde enfrentou a equipe do Foz Cataratas, vencendo o confronto por 2x0 a equipe brasileira. Na final, o Sportivo enfrentou as meninas do Estudiantes de Guárico, time da Venezuela, vencendo a final pelo placar de 2x1. Se sagrando campeãs da libertadores em sua primeira aparição.[5][6]

Em 2017, não conseguiram ser campeãs paraguaias, e na Libertadores, a equipe se viu eliminada na fase de grupos.

Depois da Junção

editar

Em abril de 2018, as equipes do Sportivo Limpeño e do Club Libertad decidiram se unir pelo bem maior, o futebol feminino. No primeiro ano da parceria, as meninas conseguiram o vice campeonato paraguaio, e assim se classificando para a Libertadores do ano seguinte. Na Libertadores a equipe paraguaia acabou em terceiro lugar do grupo C, que contava com: Corinthians, América de Cali e Ñañas. Sendo assim eliminadas.

Ainda em 2019, se sagraram campeãs do campeonato paraguaio.[7] Karina Vega fez os dois gols no jogo de volta da final ajudando a equipe. Em 2022 a equipe voltou a ser vice campeãs, com o Olimpia, levantando o troféu. Com o vice campeonato, o Libertad Limpeño se garantiu na Libertadores de 2022, mas sendo novamente eliminadas na fase de grupos, com direito a uma derrota de 3x0 para o Palmeiras.

Em 2022, as meninas do Libertad Limpeño, ficaram em 2° lugar no torneio Apertura, e em 3° lugar no Torneio Clausura, mas na somatória dos pontos do Torneio apertura e Clausura, ela acabaram com o 2° lugar geral, se garantindo assim na libertadores de 2023

Em 2023, foram novamente vice campeãs do Torneio Apertura, perdendo no agregado por 4x1 para o Olimpia.[8] No jogo de ida, foram derrotas pelo placar de 4-0 dentro de casa, no estádio Tigo La Huerta. No jogo de volta, fora de casa venceram por 1-0 mas não foi o suficiente.[carece de fontes?]

Já no Torneio Clausura, estão nas semifinais e irão enfrentar a equipe do Guaraní. Os jogos só ocorerrão após a disputa da Libertadores feminina.

Títulos

editar
  • Torneio Apertura: 2019
  • Torneio Clausura: 2019
  • Campeonato Paraguaio: 2019

Campanhas Memoráveis

editar
  • 2° Lugar Campeonato Paraguaio: 2018 e 2022
  • 4° Lugar Torneio Apertura: 2021
  • 3° Lugar Torneio Clausura: 2021, 2022 e 2023
  • 2° Lugar Torneio Apertura: 2022
  • 3° Lugar Torneio Apertura: 2023
  • Vice campeãs Fase Final Torneio Apertura: 2023

Referências

  1. lanaciongn (25 de abril de 2018). «Diario HOY | Libertad y Limpeño se unen en pro del fútbol femenino». Diario HOY (em espanhol). Consultado em 4 de outubro de 2023 
  2. «El Sportivo Limpeño se queda con todo - Deportes - ABC Color». www.abc.com.py (em espanhol). Consultado em 4 de outubro de 2023 
  3. lanaciongn (25 de abril de 2018). «Diario HOY | Libertad y Limpeño se unen en pro del fútbol femenino». Diario HOY (em espanhol). Consultado em 4 de outubro de 2023 
  4. «Limpeñas son campeonas». Última Hora (em espanhol). 21 de novembro de 2016. Consultado em 4 de outubro de 2023 
  5. «Sportivo Limpeño, campeón de la Libertadores - Edicion Impresa - ABC Color». web.archive.org. 28 de novembro de 2018. Consultado em 4 de outubro de 2023 
  6. «La Nación / Sportivo Limpeño, campeón de América». www.lanacion.com.py (em espanhol). Consultado em 4 de outubro de 2023 
  7. lanaciongn (8 de dezembro de 2019). «Diario HOY | La fusión toma ventaja». Diario HOY (em espanhol). Consultado em 4 de outubro de 2023 
  8. «Olimpia sigue reinando en el fútbol femenino». D10 (em espanhol). 17 de junho de 2023. Consultado em 7 de outubro de 2023