Lilia Klabin

Lilia Klabin Levine (São Paulo, 24 de agosto de 1939) é uma empresária, socialite e apresentadora de TV brasileira.[1] É conhecida por integrar na televisão a equipe do Programa Amaury Jr. na Rede TV.[2]

Lilia Klabin
Nome completo Lilia Klabin Levine
Nascimento 24 de agosto de 1939 (82 anos)
São Paulo São Paulo
Nacionalidade brasileira
Ocupação Empresária, socialite e apresentadora de TV

BiografiaEditar

Lilia nasceu em 24 de agosto de 1939 na cidade de São Paulo, é bacharel em direito pela Universidade Mackenzie, possuindo ainda curso na Escola de Sociologia e Política de São Paulo e curso extensivo de Administração de Empresas na Fundação Getúlio Vargas.[3]

É filha de Esther Klabin (descendente de lituanos)[4] e do lituano Harry Jack Levine.[5][6] Seu pai foi gerente comercial da Manufatura Nacional de Porcelanas,[7][8] que chegou a ser a maior produtora de azulejos do mundo.[9] É também neta de Salomão Klabin e de Luba Segall, sobrinha do engenheiro Horácio Klabin e sobrinha-neta do pintor Lasar Segall, e bisneta de Leon Klabin e de Chaia Sarah Papert.[4] Portanto, Lilia é descendente de judeus lituanos.[4]

Na área empresarial atua nos setores comerciais e industriais. Atualmente compõe o Conselho de Administração do Grupo Klabin, eleita como suplente de Roberto Klabin Martins Xavier.[10][11][12] É presidente de LKL Participações S.A. e de Esli Participações S/A.- sócias gerente de Klabin Irmãos & Cia, empresas holding do Grupo Klabin. Diretora de Jack Levine Participações Ltda. Acionista de Levine Participações S/A.[10]

É proprietária da casa noturna paulista Passatempo, em atividade desde 1992 no Itaim Bibi.[13] A boate anunciou que fecharia as portas em 2014, entretanto reabriu em 2015.[14] O espaço fez ainda uma parceria com o programa Amaury Jr., e realiza, semanalmente, reuniões para exibir talentos consagrados e novos valores.[15]

No âmbito do entretenimento, atua também como integrante do Programa Amaury Jr. na Rede TV,[2] apresentando quadros, exibindo entrevistas e reportagens.[16][17]

Em 2016 foi citada nos arquivos dos Panama Papers[18] por suspeita de manter relação com firmas abertas em paraísos fiscais.[19][20]

Foi agraciada com a grã-cruz da Ordem do Ipiranga pelo Governo do Estado de São Paulo em 5 de setembro de 2017.[21]

Referências

  1. «Lilia Klabin do Passatempo na festa de 14 anos da Go'Where». Bol. 18 de janeiro de 2010. Consultado em 30 de junho de 2016 
  2. a b «Amaury Jr. celebra 35 anos de sucesso no ar». Caras - UOL. 2015. Consultado em 30 de junho de 2016 
  3. «EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR» (PDF). SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL - Divulgação Externa. 31 de dezembro de 2008. Consultado em 30 de junho de 2016. Arquivado do original (PDF) em 6 de julho de 2016 
  4. a b c «Educação Judaica no Brasil. Lafer-Klabin de Poselvja: Empreendedores e Intelectuais Brasileiros» (PDF). Arquivo Histórico Judaico Brasileiro. Outubro de 2011. Consultado em 4 de janeiro de 2017 
  5. Carlos Heitor Cony, Sergio Lamarão, Rosa Maria Canha (2001). «Wolff Klabin: a trajetória de um pioneiro - A maior fábrica de papel do país». FGV Editora. Consultado em 4 de janeiro de 2017 
  6. Renato Martins Barbosa (2008). «Como uma empresa brasileira centenária com características de first mover responder aos desafios do crescimento?» (PDF). Instituto Coppead de Administração. Consultado em 4 de janeiro de 2017 
  7. Frieda Wolff, Egon Wolff (2003). «Remexendo nosso arquivo». Gráfica Palmeiras Ltda. Consultado em 4 de janeiro de 2017 
  8. Jacques Marcovitch (2007). «Pioneiros e empreendedores: a saga do desenvolvimento no Brasil. Volume 2». EdUSP; Editora Saraiva. Consultado em 4 de janeiro de 2017 
  9. Paloma Fernández Pérez, Andrea Lluch (2015). «Familias empresarias y grandes empresas familiares en América Latina y España: una visión de largo plazo». Fundación BBVA. Consultado em 4 de janeiro de 2017 
  10. a b «Governança Corporativa - Diretoria e Conselhos». Klabin. Consultado em 30 de junho de 2016. Arquivado do original em 11 de julho de 2015 
  11. «Klabin» (PDF). Anuário de governança corporativa das companhias abertas. Consultado em 30 de junho de 2016 
  12. «Klabin S.A. Conselho de Administração». EconoInfo. Consultado em 30 de junho de 2016 
  13. «Reduto dos solteirões da alta sociedade, a boate Passatempo vai fechar as portas». Veja.com. 28 de novembro de 2014. Consultado em 30 de junho de 2016 
  14. «Passatempo vai reabrir suas portas em SP. Glamurama entrega!». Glamurama - UOL. 17 de junho de 2015. Consultado em 30 de junho de 2016 
  15. «Passatempo». Balada Certa. Consultado em 30 de junho de 2016 
  16. «Dienis é o próximo entrevistado da empresária Lilia Klabin no programa Amaury JR». Live Entretenimento. 21 de novembro de 2015. Consultado em 30 de junho de 2016 
  17. «Lilia klabin entrevista Gabi Mattos». Programa Amaury Jr. 1º de maio de 2015. Consultado em 30 de junho de 2016 
  18. «Panama Papers: como escândalo chega ao Brasil e à América Latina». BBC Brasil. 5 de abril de 2016. Consultado em 30 de junho de 2016 
  19. «Conheça 22 milionários brasileiros nos Panama Papers». Fernando Rodrigues. 13 de abril de 2016. Consultado em 30 de junho de 2016 
  20. «Fique Sabendo: Veja a lista de empresários brasileiros citados no Panamá Papers». Jornal Contabil. 14 de abril de 2016. Consultado em 30 de junho de 2016 
  21. «Governador agracia personalidades com Ordem do Ipiranga». Gazeta de Interlagos. 17 de setembro de 2017. Consultado em 1 de março de 2018. Arquivado do original em 2 de março de 2018 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.