Abrir menu principal

Lista de reitores da Universidade de São Paulo

Esta é uma lista de reitores da Universidade de São Paulo.[1][2]

Nome período Unidade de origem
1 Reinaldo Porchat 1934 - 1938 Faculdade de Direito
2 Lúcio Martins Rodrigues 1938 - 1939 Escola Politécnica
3 Domingos Rubião Alves Meira 1939 - 1941 Faculdade de Medicina
4 Jorge Americano 1941 - 1946 Faculdade de Direito
5 Antônio de Almeida Prado 1946 - 1947 Faculdade de Medicina
6 Lineu Prestes 1947 - 1949 Faculdade de Farmácia e Odontologia
7 Miguel Reale 1949 - 1950 Faculdade de Direito
8 Luciano Gualberto 1950 - 1951 Faculdade de Medicina
9 Ernesto Moraes Leme 1951 - 1953 Faculdade de Direito
10 José Melo Moraes 1954 - 1955 Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
11 Alípio Correia Neto 1955 - 1957 Faculdade de Medicina
12 Gabriel Silvestre Teixeira de Carvalho 1957 - 1960 Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
13 Antônio Barros de Ulhôa Cintra 1960 - 1963 Faculdade de Medicina
14 Luís Antônio da Gama e Silva 1963 - 1969 Faculdade de Direito
15 Hélio Lourenço de Oliveira 1967 - 1969 Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
16 Miguel Reale 1969 - 1973 Faculdade de Direito
17 Orlando Marques de Paiva 1973 - 1977 Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
18 Waldir Muniz Oliva 1978 - 1982 Instituto de Matemática e Estatística
19 Antônio Hélio Guerra Vieira 1983 - 1986 Escola Politécnica
20 José Goldemberg 1986 - 1990 Instituto de Física
21 Roberto Leal Lobo e Silva Filho 1990 - 1993 Instituto de Física e Química de São Carlos
22 Flávio Fava de Moraes 1993 - 1997 Instituto de Ciências Biomédicas
23 Jacques Marcovitch 1997 - 2001 Faculdade de Economia e Administração
24 Adolpho José Melfi 2001 - 2005 Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
25 Suely Vilela Sampaio 2005 - 2009 Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto
26 João Grandino Rodas 2009 - 2013 Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo
27 Marco Antonio Zago 2014 - 2018 Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
28 Vahan Agopyan 2018 - 2022 Escola Politécnica

NotasEditar

Embora o professor Hélio Lourenço de Oliveira não fosse oficialmente Reitor da USP, mas vice-reitor em exercício de 1967 a 1969, quando o reitor Gama e Silva se afastara do cargo para assumir o ministério da Justiça do general Costa e Silva, ele costuma ser considerado também como reitor. Foi cassado do cargo por iniciativa do próprio prof. Gama e Silva e, quando terminou a ditadura, foi alvo de desagravo por parte da universidade e da reitoria, que incluiu seu quadro na galeria de reitores da USP.

Em 1993, o professor Roberto Leal Lobo e Silva Filho foi convidado a ser secretário de Ciência e Tecnologia do governador Luiz Antônio Fleury Filho e comunicou esse fato ao Conselho Universitário; contudo, poucos dias depois, o governador nomeava o empresário Delben Leite, num ato de desrespeito que ficou inexplicado. Os opositores ao Reitor, que tinha como candidato seu pró-reitor de Pesquisa, Erney Plessmann de Camargo, se congregaram em torno do diretor da Fapesp, Flávio Fava de Moraes, e iniciaram prontamente a campanha pela sucessão. Desgostoso com os boatos que corriam, Lobo renunciou ao cargo. Fava, nas eleições pelos conselhos centrais da USP dois meses depois, ganhou o maior número de votos e foi nomeado pelo governador Fleury.

Em 2009, após o segundo turno e três escrutínios, Glaucius Oliva, venceu as eleições, mas surpreendentemente o governador José Serra, escolheu pela primeira vez o segundo colocado João Grandino Rodas, para ser o reitor da USP.[3]

Referências