Abrir menu principal

Lista de governadores de São Paulo

artigo de lista da Wikimedia
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.

Esta é uma lista de governantes do estado de São Paulo. Incluem-se neste artigo todos os mandatários que governaram o território hoje chamado estado de São Paulo, desde os primórdios da colonização portuguesa até a atualidade. Durante o decorrer de sua história, São Paulo já foi governada por mandatários, capitães-mor, presidentes de província, presidentes e intendentes, vindo sua atual denominação "governador" com a Constituição Estadual de 1935. O atual governador de São Paulo, é Márcio França, desde 2018 pela renúncia de Geraldo Alckmin para entrar na disputa presidencial de 2018.

Governador de São Paulo
Bandeira do governador do estado de São Paulo.svg
Pavilhão do Governador
do Estado de São Paulo
Residência Palácio dos Bandeirantes
Duração 4 anos com direito a uma reeleição
Criado em 1889
Primeiro titular Prudente de Morais
Website http://www.saopaulo.sp.gov.br

Índice

Breve história administrativaEditar

O primeiro contato de Portugal com o território de São Paulo deu-se no mês de janeiro de 1532, quando Martim Afonso de Sousa fundou a primeira vila do Brasil, São Vicente. Em setembro do mesmo ano obteve de D. João III, rei de Portugal, autorização para criar o sistema de capitanias hereditárias, cabendo a ele, Martim Afonso de Sousa, e a seu irmão Pero Lopes de Sousa, as melhores parcelas.[1]

Surgiu então a Capitania de São Vicente, que se estendia desde as cercanias da Ilha do Mel até Cabo Frio. Os donatários nunca residiram na capitania, ficando a administração a cargo de um representante legal, surgindo assim a figura do capitão-mor. De fato, por quase duzentos anos o governo da capitania foi exercido pelos capitães-mores.[1]

A primeira sede da capitania foi a vila de São Vicente. O núcleo de povoamento denominado São Paulo de Piratininga, fundado em 25 de janeiro de 1554, seria elevada à categoria de vila em 1560, e em 23 de março de 1681 passaria a ser a capital da capitania. Em 17 de abril de 1709 a capitania mudou seu nome e sua configuração territorial, passando a ser chamada "Capitania de São Paulo e Minas de Ouro", com conformação dos territórios da Capitania do Rio de Janeiro.[1]

Em meados do século XVIII, por decisão do Marquês de Pombal, não seriam mais concedida capitanias hereditárias, e as já existentes deveriam ser reincorporadas aos bens da Coroa. Finalmente, em 31 de agosto de 1753, o governo português retoma o controle da capitania, indenizando seu último donatário.[1]

Com a descoberta de ouro e pedras preciosas no território das minas de ouro, em 17 de setembro de 1720 a capitania de São Paulo perde toda esta superfície para a formação da nova capitania de Minas Gerais. Em 7 de março de 1739 é desmembrada a parte mais meridional da capitania de São Paulo, criando-se a Capitania de Santa Catarina.

Estas perdas provocam uma progressiva queda da importância da capitania de São Paulo. Em 9 de maio de 1748 mais territórios são desmembrados da capitania, formando as capitanias de Goiás e Mato Grosso. Por decisão da metrópole, a capitania é extinta, passando a ser subordinada ao governo do Rio de Janeiro.[1]

Com a iniciativa do Morgado de Mateus, o rei D. José I restabelece, por ato oficial de 6 de janeiro de 1765, a Capitania de São Paulo. Por fim, em 1853, o território do atual Paraná obtém sua autonomia, e São Paulo passa a ter sua configuração física atual.

Portanto, territorialmente, o auge de São Paulo deu-se no início do século XVIII, quando seus governantes comandavam os destinos de terras que iam desde o estado do Rio Grande do Sul, abrangendo os atuais Paraná, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, e Tocantins, até as áreas da atual Rondônia.[1]

Governantes do período colonial (1553 — 1822)Editar

Donatários
Nome Imagem Início do mandato Fim do Mandato Observações Referências e notas
1 Martim Afonso de Sousa   1533 1564 primeiro donatário [2][3]
[4][5]
2 Pero Lopes de Sousa   1564 1578 filho do precedente [6]
3 Lopo de Sousa   1578 1610 filho do precedente [7]
4 Mariana de Sousa Guerra
Condessa de Vimieiro
  1624 1645 irmã do precedente [8]
5 D. Álvaro Pires de Castro e Sousa
1.º Marquês de Cascais
Conde de Monsanto
  1621 1674 neto do 1.º donatário
6 D. Luís Álvares de Castro
2.º Marquês de Cascais
  1674 1708 filho do precedente

Em 1621, D. Álvaro Pires de Castro e Sousa, 6.º Conde de Monsanto, bisneto de Martim Afonso de Sousa, toma posse das vilas de Santos, São Paulo e São Vicente.[8]

Em 6 de Fevereiro de1624, a Condessa de Vimieiro, toma posse da vila de Itanhaém.

Neste período, portanto, foram designados dois capitães-mores distintos para cada donatário, com competência territorial sobre a mesma área.[8]

Nome Início do mandato Fim do Mandato Observações Referências e notas
7 Luís Carneiro de Sousa 1649 1679 Casou com D. Mariana de Faro e Sousa, neta da Condessa do Vimieiro [9]
8 Francisco Carneiro de Sousa 1679 1708 filho do precedente [10]

Francisco Carneiro de Sousa, segundo Conde da Ilha do Príncipe, determina ao capitão-mor Luís Lopes de Carvalho que, em seu nome, tome posse da ilha de S. Vicente . Isto acontece em 28 de abril de 1679, quando o seu capitão-mor restabelece a sede da sua capitania na vila de São Vicente.[8] Na mesma ocasião, o 2.º Marquês de Cascais é obrigado a transferir a sede da sua capitania para a vila de S. Paulo.

Nome Início do mandato Fim do Mandato Observações Referências e notas
9 António Carneiro de Sousa 1708 1753 filho do precedente [11]
10 Carlos Carneiro de Sousa e Faro 1753 último donatário; foi indenizado
por Dom José I, rei de Portugal
[12]

Em maio de 1748 a Capitania de São Paulo perde sua autonomia por carta régia e seu território fica subordinado à Capitania do Rio de Janeiro. Em janeiro de 1765, novamente por deliberação real, a Capitania de São Paulo volta a ter governo próprio.[1]

Capitães-mores
Capitães-generais governadores
Nome Imagem Início do mandato Fim do Mandato Observações Referências e notas
1 Luís António de Sousa Botelho Mourão
Morgado de Mateus
  22 de julho de 1765 14 de junho de 1775 [13]
2 Martim Lopes Lobo de Saldanha   14 de junho de 1775 15 de março de 1782 [14]
3 Francisco da Cunha Meneses   16 de março de 1782 4 de maio de 1786 [15]
4 José Raimundo Chichorro da Gama Lobo   5 de maio de 1786 4 de junho de 1788 interino [16]
5 Bernardo José Maria Lorena e Silveira   5 de junho de 1788 28 de junho de 1797
6 António Manuel de Melo e Castro de Mendonça   28 de junho de 1797 10 de dezembro de 1802 [17]
7 António José da Franca e Horta   10 de dezembro de 1802 outubro de 1808 [18]
8 Mateus de Abreu Pereira
Miguel António de Azevedo Veiga
José Maria do Couto
  outubro de 1808 26 de agosto de 1813 governo triunvirato interino [19]
9 Mateus de Abreu Pereira
Nuno Eugénio de Lossio
Miguel José de Oliveira Pinto
  26 de agosto de 1813 8 de dezembro de 1814 governo triunvirato interino [20]
10 Francisco de Assis Mascarenhas
Marquês de São João da Palma
  8 de dezembro de 1814 25 de abril de 1819 [21]
11 João Carlos Augusto
von Oyenhausen-Gravenburg

Marquês de Aracati
  25 de abril de 1819 23 de junho de 1821 [22]
12 João Carlos Augusto
von Oyenhausen-Gravenburg

Marquês de Aracati
(presidente)
José Bonifácio de Andrada e Silva (vice-presidente)
Martim Francisco Ribeiro de Andrada (secretário)
Lázaro José Gonçalves (secretário)
Miguel João de Oliveira Pinto (secretário)
  23 de junho de 1821 9 de setembro de 1822 governo provisório [23]

Governantes do período imperial (1822 — 1889)Editar

Após a Independência do Brasil, através de uma Lei Imperial de 20 de outubro de 1823 D. Pedro I extinguiu as juntas governativas provisórias nas províncias e criou os cargos de presidentes, a serem preenchidos por nomeação do Imperador, e os conselhos de governos, que seriam eleitos.[24][25]

  presidente da província
  vice-presidente da província em exercício
  triunvirato
  governo provisório
Nome Imagem Início do mandato Fim do mandato Partido Referências
Primeiro Reinado (1822-1831)
Mateus de Abreu Pereira
José Correia Pacheco e Silva
Cândido Xavier de Almeida e Sousa
  10 de setembro de 1822 9 de janeiro de 1823 [26]
Cândido Xavier de Almeida e Sousa (presidente)
Manuel Joaquim de Ornelas (deputado)
Anastácio de Freitas Trancoso (deputado)
João Gonçalves de Lima (deputado)
João Batista da Silva Passos (deputado)
José Correia Pacheco e Silva (secretário)
  9 de janeiro de 1823 1 de abril de 1824 [nota 1]
[22][27]
1 Lucas Antônio Monteiro de Barros
Visconde de Congonhas do Campo
  1 de abril de 1824 5 de abril de 1827 Partido Regressista [28]
Luís Antônio Neves de Carvalho   5 de abril de 1827 19 de dezembro de 1827 Partido Regressista [29][30]
2 Tomás Xavier Garcia de Almeida   19 de dezembro de 1827 18 de abril de 1828 Partido Moderado [31]
Manuel Joaquim Gonçalves de Andrade   18 de abril de 1828 5 de outubro de 1828 Partido Moderado [32]
Manuel Joaquim de Ornelas   5 de outubro de 1828 13 de janeiro de 1829 Partido Moderado
3 José Carlos Pereira de Almeida Torres
Visconde de Macaé
  13 de janeiro de 1829 15 de abril de 1830 Partido Liberal [33][34]
Manuel Joaquim Gonçalves de Andrade   15 de abril de 1830 5 de janeiro de 1831 Partido Liberal [32]
Período regencial (1831-1840)
4 Aureliano de Sousa e Oliveira Coutinho
Visconde de Sepetiba
  5 de janeiro de 1831 17 de abril de 1831 Partido Moderado [35]
Manuel Joaquim Gonçalves de Andrade   17 de abril de 1831 20 de junho de 1831 Partido Moderado [32]
5 Manuel Teodoro de Araújo Azambuja   20 de junho de 1831 17 de novembro de 1831 Partido Conservador [36]
6 Rafael Tobias de Aguiar   17 de novembro de 1831 28 de maio de 1834 Partido Conservador [37]
Vicente Pires da Mota   28 de maio de 1834 14 de setembro de 1834 Partido Conservador [38]
Rafael Tobias de Aguiar   14 de setembro de 1834 11 de maio de 1835 Partido Liberal [39][40]
Francisco Antônio de Sousa Queirós
Barão de Sousa Queirós
  11 de maio de 1835 25 de novembro de 1835 Partido Liberal [41]
[42][43]
7 José Cesário de Miranda Ribeiro
Visconde de Uberaba
  25 de novembro de 1835 30 de abril de 1836 Partido Liberal [44]
José Manuel de França   30 de abril de 1836 2 de agosto de 1836 Partido Liberal [45]
8 Bernardo José Pinto Gavião Peixoto   2 de agosto de 1836 13 de março de 1838 Partido Liberal
9 Venâncio José Lisboa   13 de março de 1838 11 de julho de 1839 Partido Conservador [46]
10 Manuel Machado Nunes   11 de julho de 1839 6 de agosto de 1840 Partido Conservador [47]
Segundo Reinado (1840-1889)
11 Rafael Tobias de Aguiar   6 de agosto de 1840 15 de julho de 1841 Partido Liberal [37]
12 Miguel de Sousa Melo e Alvim   15 de julho de 1841 13 de janeiro de 1842 Partido Conservador [48]
Vicente Pires da Mota   13 de janeiro de 1842 20 de janeiro de 1842 Partido Conservador [38][49]
13 José da Costa Carvalho
Barão de Monte Alegre
  13 de janeiro de 1842 17 de agosto de 1842 Partido Conservador [50]
14 José Carlos Pereira de Almeida Torres
Visconde de Macaé
  17 de agosto de 1842 27 de janeiro de 1843 Partido Liberal [33]
15 Joaquim José Luís de Sousa   27 de janeiro de 1843 25 de novembro de 1843 Partido Conservador [51]
16 Manuel Felizardo de Sousa e Melo   25 de novembro de 1843 22 de abril de 1844 Partido Conservador [52][53][54]
Joaquim José de Morais e Abreu   22 de abril de 1844 1 de junho de 1844 Partido Conservador [55]
17 Manuel da Fonseca Lima e Silva
Barão de Suruí
  1 de junho de 1844 5 de novembro de 1847 Partido Liberal [56]
Bernardo José Pinto Gavião Peixoto   5 de novembro de 1847 16 de maio de 1848 Partido Liberal [57]
Joaquim Floriano de Toledo   16 de maio de 1848 23 de maio de 1848 Partido Liberal [58]
18 Domiciano Leite Ribeiro
Visconde de Araxá
  23 de maio de 1848 16 de outubro de 1848 Partido Liberal [59]
19 Vicente Pires da Mota   16 de outubro de 1848 27 de agosto de 1851 Partido Conservador [38][49]
20 José Tomás Nabuco de Araújo   27 de agosto de 1851 19 de maio de 1852 Partido Liberal [60]
Hipólito José Soares de Sousa   19 de maio de 1852 13 de setembro de 1852 Partido Conservador [61]
José Manuel da Silva
Barão do Tietê
  13 de setembro de 1852 30 de setembro de 1852 Partido Conservador [62]
21 Joaquim Otávio Nébias   30 de setembro de 1852 17 de dezembro de 1852 Partido Conservador [63]
Carlos Carneiro de Campos
Visconde de Caravelas
  17 de dezembro de 1852 4 de janeiro de 1853 Partido Conservador [64][65]
22 Josino do Nascimento Silva   4 de janeiro de 1853 26 de junho de 1854 Partido Conservador [66]
23 José Antônio Saraiva   26 de junho de 1854 16 de maio de 1855 Partido Liberal [67]
Antônio Roberto de Almeida   16 de maio de 1855 29 de abril de 1856 Partido Liberal [68]
24 Francisco Diogo Pereira de Vasconcelos   29 de abril de 1856 22 de janeiro de 1857 Partido Liberal [69]
Antônio Roberto de Almeida   22 de janeiro de 1857 27 de setembro de 1857 Partido Liberal [68]
25 José Joaquim Fernandes Torres   27 de setembro de 1857 17 de abril de 1860 Liga Progressista [70]
26 Policarpo Lopes de Leão   17 de abril de 1860 22 de outubro de 1860 Partido Liberal [71]
Manuel Joaquim do Amaral Gurgel   22 de outubro de 1860 17 de novembro de 1860 Partido Liberal [72][73]
27 Antônio José Henriques   17 de novembro de 1860 14 de maio de 1861 Liga Progressista [74]
Manuel Joaquim do Amaral Gurgel   14 de maio de 1861 8 de junho de 1861 Partido Liberal [72]
28 João Jacinto de Mendonça   8 de junho de 1861 24 de setembro de 1862 Partido Conservador [75]
Manuel Joaquim do Amaral Gurgel   24 de setembro de 1862 16 de outubro de 1862 Partido Liberal [72]
29 Vicente Pires da Mota   16 de outubro de 1862 3 de fevereiro de 1864 Partido Conservador [38][49]
Manuel Joaquim do Amaral Gurgel   3 de fevereiro de 1864 8 de março de 1864 Partido Liberal [72]
30 Francisco Inácio Marcondes Homem de Melo
Barão de Homem de Melo
  8 de março de 1864 24 de outubro de 1864 Partido Liberal [76]
Joaquim Floriano de Toledo   24 de outubro de 1864 7 de novembro de 1864 Partido Liberal [58]
31 João Crispiniano Soares   7 de novembro de 1864 18 de julho de 1865 Partido Liberal [77]
Joaquim Floriano de Toledo   18 de julho de 1865 3 de agosto de 1865 Partido Liberal [58]
32 João da Silva Carrão   3 de agosto de 1865 3 de março de 1866 Partido Liberal [78]
Joaquim Floriano de Toledo   3 de março de 1866 8 de novembro de 1866 Partido Liberal [58]
33 José Tavares Bastos   8 de novembro de 1866 12 de outubro de 1867 Liga Progressista [79][80]
Joaquim Floriano de Toledo   12 de outubro de 1867 24 de outubro de 1867 Partido Liberal [58]
34 Joaquim Saldanha Marinho   24 de outubro de 1867 24 de abril de 1868 Partido Liberal [81]
Joaquim Floriano de Toledo   24 de abril de 1868 29 de julho de 1868 Partido Liberal [58]
José Manuel da Silva
Barão do Tietê
  29 de julho de 1868 10 de agosto de 1868 Partido Conservador [82]
José Elias Pacheco Jordão   10 de agosto de 1868 26 de agosto de 1868 Partido Conservador [83]
35 Cândido Borges Monteiro
Visconde de Itaúna
  26 de agosto de 1868 25 de abril de 1869 Partido Conservador [84][85]
Antônio Joaquim da Rosa
Barão de Piratininga
  25 de abril de 1869 1 de maio de 1869 Partido Conservador [86]
José Elias Pacheco Jordão   1 de maio de 1869 19 de maio de 1869 Partido Conservador [83]
Vicente Pires da Mota   19 de maio de 1869 30 de julho de 1869 Partido Conservador [38][49]
36 Antônio Cândido da Rocha   30 de julho de 1869 28 de outubro de 1870 Partido Conservador [87][88]
Vicente Pires da Mota   28 de outubro de 1870 5 de novembro de 1870 Partido Conservador [38][49]
37 Antônio da Costa Pinto e Silva   5 de novembro de 1870 13 de abril de 1871 Partido Conservador [89][90]
Vicente Pires da Mota   13 de abril de 1871 29 de abril de 1871 Partido Conservador [38][49]
José Manuel da Silva
Barão do Tietê
  29 de abril de 1871 30 de maio de 1871 Partido Conservador [91]
38 José Fernandes da Costa Pereira Júnior   30 de maio de 1871 19 de junho de 1872 Partido Conservador [92]
39 Francisco Xavier Pinto de Lima
Barão de Pinto Lima
  19 de junho de 1872 21 de dezembro de 1872 Partido Liberal [93]
40 João Teodoro Xavier de Matos   21 de dezembro de 1872 30 de maio de 1875 Partido Conservador [94]
Joaquim Manuel Gonçalves de Andrade   30 de maio de 1875 9 de junho de 1875 Partido Conservador [95]
41 Sebastião José Pereira   9 de junho de 1875 18 de janeiro de 1878 Partido Conservador [96]
Joaquim Manuel Gonçalves de Andrade   18 de janeiro de 1878 31 de janeiro de 1878 Partido Conservador [95]
Antônio de Aguiar Barros
Marquês de Itu
  31 de janeiro de 1878 5 de fevereiro de 1878 Liga Progressista [97]
42 João Batista Pereira   5 de fevereiro de 1878 7 de dezembro de 1878 Partido Liberal [98]
Joaquim Egídio de Sousa Aranha
Marquês de Três Rios
  7 de dezembro de 1878 12 de fevereiro de 1879 Partido Liberal [99][100]
[101][102]
43 Laurindo Abelardo de Brito   12 de fevereiro de 1879 4 de março de 1881 Partido Liberal [103]
Joaquim Egídio de Sousa Aranha
Marquês de Três Rios
  4 de março de 1881 7 de abril de 1881 Partido Liberal [99][104]
44 Florêncio Carlos de Abreu e Silva   7 de abril de 1881 5 de novembro de 1881 Partido Liberal [105]
Joaquim Egídio de Sousa Aranha
Marquês de Três Rios
  5 de novembro de 1881 7 de janeiro de 1882 Partido Liberal [99][106]
Manuel Marcondes de Moura e Costa   7 de janeiro de 1882 10 de abril de 1882 Partido Liberal [107][108]
45 Francisco de Carvalho Soares Brandão   10 de abril de 1882 4 de abril de 1883 Partido Liberal [109]
Antônio de Aguiar Barros
Marquês de Itu
  4 de abril de 1883 18 de agosto de 1883 Liga Progressista [97]
46 Domingos Antônio Raiol
Barão de Guajará
  18 de agosto de 1883 29 de março de 1884 Partido Liberal [110][111]
Luís Carlos de Assunção   29 de março de 1884 4 de setembro de 1884 Partido Liberal [112]
47 José Luís de Almeida Couto   4 de setembro de 1884 18 de maio de 1885 Partido Liberal [113][114]
Francisco Antônio de Sousa Queirós Filho   18 de maio de 1885 2 de setembro de 1885 Partido Conservador [115][116]
Elias Antônio Pacheco e Chaves   2 de setembro de 1885 19 de outubro de 1885 Partido Conservador
48 João Alfredo Correia de Oliveira   19 de outubro de 1885 26 de abril de 1886 Partido Conservador [117][118][119]
Antônio de Queirós Teles
Conde da Parnaíba
  26 de abril de 1886 16 de julho de 1886 Partido Conservador [120]
Elias Antônio Pacheco e Chaves   16 de julho de 1886 26 de julho de 1886 Partido Conservador
49 Antônio de Queirós Teles
Conde da Parnaíba
  26 de julho de 1886 19 de novembro de 1887 Partido Conservador [121]
50 Francisco de Paula Rodrigues Alves   19 de novembro de 1887 27 de abril de 1888 Partido Conservador [122]
Francisco Antônio Dutra Rodrigues   27 de abril de 1888 23 de junho de 1888 Partido Conservador [123][124]
51 Pedro Vicente de Azevedo   23 de junho de 1888 11 de abril de 1889 Partido Conservador [125]
52 Antônio Pinheiro de Ulhoa Cintra
Barão de Jaguara
  11 de abril de 1889 10 de junho de 1889 Partido Conservador [126]
53 José Vieira Couto de Magalhães   10 de junho de 1889 16 de novembro de 1889 Partido Liberal [127]

Governantes do período republicano (1889 — 2018)Editar

Já no período republicano, os governadores ainda eram denominados "presidentes" até a Revolução de 1930[128]. O termo "governador" aparece na primeira Constituição Estadual de São Paulo, de 1890,[129] mas, já no ano seguinte, foi feita nova Constituição Estadual, em que o termo "governador" é trocado para "presidente".[130] A Constituição Estadual de São Paulo de 1891 manterá o termo "presidente" ao longo das sucessivas reformas sofridas (1905, 1908, 1911, 1921, 1929); é apenas com a Constituição Estadual de 1935 que o termo passa a ser "governador",[131] sendo assim a maneira como se designam os governantes de São Paulo até hoje.[132]

  Mandatários eleitos por votação direta
  Mandatários que assumiram o governo por serem vice-governadores
  Mandatários eleitos por votação indireta ou que assumiram na qualidade de representantes do Poder Legislativo
  Mandatários nomeados diretamente pelo governo central em épocas de convulsão político-social e ditadura militar
Nome Imagem Partido Início do mandato Fim do mandato Observações Referências
e notas
Primeira República Brasileira (1889-1930)

Junta Governativa Paulista de 1889   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

16 de novembro de 1889 14 de dezembro de 1889 governo provisório triunvirato

Prudente de Morais   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

14 de dezembro de 1889 18 de outubro de 1890 presidente nomeado [134][135]
Jorge Tibiriçá Piratininga   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

18 de outubro de 1890 7 de março de 1891 presidente nomeado [136]
Américo Brasiliense de Almeida   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

7 de março de 1891 11 de junho de 1891 presidente nomeado [137][138]
1 Américo Brasiliense de Almeida   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

11 de junho de 1891 15 de dezembro de 1891 presidente eleito pelo Congresso Constituinte
em 9 de junho de 1891
[138]
Sérgio Castelo Branco   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

15 de dezembro de 1891 15 de dezembro de 1891 presidente nomeado pelo predecessor [139]
José Alves de Cerqueira   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

16 de dezembro de 1891 23 de agosto de 1892 último vice-presidente assumiu interinamente
nomeado por escolha indireta
[140]
2 Bernardino de Campos Jr   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

23 de agosto de 1892 15 de abril de 1896 presidente eleito em comícios populares
de 17 de maio de 1892
[141]
Peixoto Gomide   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

15 de abril de 1896 1 de maio de 1896 presidente interino na qualidade de
presidente do Senado estadual
[142]
3 Campos Sales   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

1 de maio de 1896 31 de outubro de 1897 presidente eleito em comícios populares
de 15 de fevereiro de 1896
[143]
Peixoto Gomide   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

31 de outubro de 1897 10 de novembro de 1898 vice-presidente eleito em exercício
após a renúncia do titular
[142]
4 Fernando Prestes   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

10 de novembro de 1898 1 de maio de 1900 presidente eleito em comícios populares
de 6 de outubro de 1898
[144]
5 Rodrigues Alves   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

1 de maio de 1900 13 de fevereiro de 1902 presidente eleito em comícios populares
de 15 de fevereiro de 1900
[122]
Domingos de Morais   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

13 de fevereiro de 1902 3 de julho de 1902 vice-presidente eleito em exercício
após a renúncia do titular
[145]
6 Bernardino de Campos Jr   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

3 de julho de 1902 1 de maio de 1904 presidente eleito em comícios populares
de 21 de maio de 1902
[141]
7 Jorge Tibiriçá Piratininga   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

1 de maio de 1904 1 de maio de 1908 presidente eleito em comícios populares
de 15 de fevereiro de 1904
[146]
8 Manuel Albuquerque Lins   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

1 de maio de 1908 1 de maio de 1912 presidente eleito em comícios populares
de 1 de março de 1908
[147]
9 Rodrigues Alves   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

1 de maio de 1912 1 de maio de 1916 presidente eleito em comícios populares
de 1 de março de 1912
[122]
10 Altino Arantes   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

1 de maio de 1916 1 de maio de 1920 presidente eleito em comícios populares
de 1 de março de 1916
[148]
11 Washington Luís   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

1 de maio de 1920 1 de maio de 1924 presidente eleito em comícios populares
de 1 de março de 1920
[149][150]
12 Carlos de Campos   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

1 de maio de 1924 27 de abril de 1927 presidente eleito em comícios populares
de 1 de março de 1924,
faleceu no exercício do cargo
[151]
Antônio Dino Bueno   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

27 de abril de 1927 14 de julho de 1927 presidente interino na qualidade de
presidente do Senado estadual
[152]
13 Júlio Prestes   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

14 de julho de 1927 21 de maio de 1930 presidente eleito em comícios populares
de 5 de junho de 1927
[153]
Heitor Teixeira Penteado   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

21 de maio de 1930 24 de outubro de 1930 vice-presidente eleito em exercício
após a renúncia do titular
[154]
Segunda e Terceira Repúblicas Brasileiras (1930-1945)
Hastínfilo de Moura   Partido Democrático Paulista

PDP[155]

24 de outubro de 1930 28 de outubro de 1930 chefe do governo provisório na qualidade
de comandante da Região Militar
[156]
José Maria Whitaker   Partido Democrático Paulista

PDP[155]

28 de outubro de 1930 4 de novembro de 1930 chefe do governo provisório [157][158]
Plínio Barreto   Partido Democrático Paulista

PDP[155]

4 de novembro de 1930 25 de novembro de 1930 chefe do governo provisório [159][160]
João Alberto de Barros   União Democrática Republicana

UDR[161]

25 de novembro de 1930 25 de julho de 1931 interventor federal nomeado [162]
Laudo de Camargo   Partido Progressista

PP[163]

25 de julho de 1931 13 de novembro de 1931 interventor federal nomeado [164]
Manuel Rabelo   Partido Progressista

PP[165]

13 de novembro de 1931 7 de março de 1932 interventor federal nomeado [166]
Pedro Toledo   Partido Progressista

PP[167]

7 de março de 1932 10 de julho de 1932 interventor federal nomeado [168]
Pedro Toledo   Partido Progressista

PP[167]

10 de julho de 1932 2 de outubro de 1932 presidente aclamado [169]
Herculano de Carvalho e Silva   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

2 de outubro de 1932 6 de outubro de 1932 presidente militar [170]
Valdomiro Castilho de Lima   Partido Republicano Paulista

PRP[133]

6 de outubro de 1932 27 de julho de 1933 presidente militar/interventor federal
nomeado
[171]
Manuel Daltro Filho   Partido Liberal Paulista

PLP[172]

27 de julho de 1933 21 de agosto de 1933 interventor federal interino [173]
Armando Salles   Partido Constitucionalista Paulista

PCP[174]

21 de agosto de 1933 11 de abril de 1935 interventor federal nomeado [175]
14 Armando Salles   União Democrática Brasileira

UDB[176]

11 de abril de 1935 29 de dezembro de 1936 governador eleito pela Assembleia Constituinte
em 10 de abril de 1935
[175]
Henrique Smith Bayma   Partido Constitucionalista Paulista

PCP[174]

29 de dezembro de 1936 5 de janeiro de 1937 governador interino na qualidade de
presidente da Assembleia Legislativa
[177]
15 José Cardoso de Mello Neto   Partido Constitucionalista Paulista

PCP[174]

5 de janeiro de 1937 10 de novembro de 1937 governador eleito pela Assembleia Legislativa
em 30 de dezembro de 1936
[178]
José Cardoso de Mello Neto   União Democrática Brasileira

UDB[176]

11 de novembro de 1937 25 de abril de 1938 interventor federal nomeado [178]
Francisco da Silva Jr   União Democrática Brasileira

UDB[176]

25 de abril de 1938 27 de abril de 1938 comandante da Região Militar,
nomeado interventor pelo predecessor
[179]
Adhemar de Barros   Partido Republicano Progressista

PRP[180]

27 de abril de 1938 4 de junho de 1941 interventor federal nomeado [181]
Fernando de Sousa Costa   Partido Social Democrático

PSD[182]

4 de junho de 1941 27 de outubro de 1945 interventor federal nomeado [183]
Sebastião Nogueira de Lima   Partido Social Democrático

PSD[182]

27 de outubro de 1945 7 de novembro de 1945 interventor federal nomeado,
não assumiu devido a deposição
de Getúlio Vargas
[184]
Quarta República Brasileira (1945-1964)
José Macedo Soares   Partido Democrata Cristão

PDC[185]

7 de novembro de 1945 14 de março de 1947 interventor federal nomeado [186]
16 Adhemar de Barros   Partido Social Progressista

PSP[187]

14 de março de 1947 31 de janeiro de 1951 governador eleito em sufrágio universal
em 19 de janeiro de 1947
[181]
17 Lucas Nogueira Garcez   Partido Social Progressista

PSP[187]

31 de janeiro de 1951 31 de janeiro de 1955 governador eleito em sufrágio universal
em 3 de outubro de 1950
[188]
18 Jânio Quadros   Partido Trabalhista Nacional

PTN[189]

31 de janeiro de 1955 31 de janeiro de 1959 governador eleito em sufrágio universal
em 3 de outubro de 1954
[190][191]
19 Carvalho Pinto   Partido Democrata Cristão

PDC[185]

31 de janeiro de 1959 31 de janeiro de 1963 governador eleito em sufrágio universal
em 3 de outubro de 1958
[192]
20 Adhemar de Barros   Partido Social Progressista

PSP[187]

31 de janeiro de 1963 6 de junho de 1966 governador eleito em sufrágio universal
em 7 de outubro de 1962
[181]
21 Laudo Natel   Aliança Renovadora Nacional

ARENA[193]

6 de junho de 1966 31 de janeiro de 1967 vice-governador eleito, assumiu
o cargo de governador devido a
cassação do predecessor
[194]
Quinta República Brasileira (1964-1985)
22 Roberto Abreu Sodré   Aliança Renovadora Nacional

ARENA[193]

31 de janeiro de 1967 15 de março de 1971 governador eleito pela Assembleia Legislativa
em 3 de setembro de 1966
[195]
23 Laudo Natel   Aliança Renovadora Nacional

ARENA[193]

15 de março de 1971 15 de março de 1975 governador eleito pela Assembleia Legislativa
em 3 de outubro de 1970
[194]
24 Paulo Egydio Martins   Aliança Renovadora Nacional

ARENA[193]

15 de março de 1975 15 de março de 1979 governador eleito pela Assembleia Legislativa
em 15 de outubro de 1974
[196]
25 Paulo Maluf   Partido Democrático Social

PDS[197]

15 de março de 1979 14 de maio de 1982 governador eleito pelo Colégio Eleitoral
em 1 de setembro de 1978
[198]
26 José Maria Marin   Partido Democrático Social

PDS[197]

14 de maio de 1982 15 de março de 1983 vice-governador eleito pelo Colégio
Eleitoral, assumiu o cargo de governador
após a renúncia do titular
[199]
27 Franco Montoro   Partido do Movimento Democrático Brasileiro

PMDB[200]

15 de março de 1983 15 de março de 1987 governador eleito em sufrágio universal
em 15 de novembro de 1982
[201]
Sexta República Brasileira (1985-presente)
28 Orestes Quércia   Partido do Movimento Democrático Brasileiro

PMDB[200]

15 de março de 1987 15 de março de 1991 governador eleito em sufrágio universal
em 15 de novembro de 1986
[202]
29 Luiz Antônio Fleury   Partido do Movimento Democrático Brasileiro

PMDB[200]

15 de março de 1991 1 de janeiro de 1995 governador eleito em sufrágio universal
em 25 de novembro de 1990 (2º turno)
[203]
30 Mário Covas   Partido da Social Democracia Brasileira

PSDB[204]

1 de janeiro de 1995 1 de janeiro de 1999 governador eleito em sufrágio universal
em 15 de novembro de 1994 (2º turno),
reeleito em 25 de outubro de 1998 (2º turno)
[205]
1 de janeiro de 1999 6 de março de 2001
31 Geraldo Alckmin   Partido da Social Democracia Brasileira

PSDB[204]

6 de março de 2001 1 de janeiro de 2003 vice-governador eleito, assumiu o
cargo de governador após o falecimento
do predecessor
[206]
Geraldo Alckmin   Partido da Social Democracia Brasileira

PSDB[204]

1 de janeiro de 2003 31 de março de 2006 governador eleito em sufrágio universal
em 27 de outubro de 2002 (2º turno)
[207]
32 Cláudio Lembo   Partido da Frente Liberal

PFL[208]

31 de março de 2006 1 de janeiro de 2007 vice-governador eleito assumiu
após a renúncia do titular
[209][210]
33 José Serra   Partido da Social Democracia Brasileira

PSDB[204]

1 de janeiro de 2007 2 de abril de 2010 governador eleito em sufrágio universal
em 1 de outubro de 2006
[211][212][213]
34 Alberto Goldman   Partido da Social Democracia Brasileira

PSDB[204]

2 de abril de 2010 1 de janeiro de 2011 vice-governador eleito assumiu
após a renúncia do titular
[214]
35 Geraldo Alckmin   Partido da Social Democracia Brasileira

PSDB[204]

1 de janeiro de 2011 1 de janeiro de 2015 governador eleito em sufrágio universal
em 3 de outubro de 2010,
reeleito em 5 de outubro de 2014
[1][215]
1 de janeiro de 2015 6 de abril de 2018
36 Márcio França   Partido Socialista Brasileiro

PSB[216]

6 de abril de 2018 em exercício vice-governador eleito assumiu
após a renúncia do titular
[217]
- João Doria   Partido da Social Democracia Brasileira

PSDB

1 de janeiro de 2019 eleito governador eleito em sufrágio universal
em 28 de outubro de 2018

Linha do tempoEditar

Márcio FrançaGeraldo AlckminAlberto GoldmanJosé SerraCláudio LemboGeraldo AlckminMário CovasLuiz Antônio Fleury FilhoOrestes QuérciaFranco MontoroJosé Maria MarinPaulo MalufPaulo Egydio MartinsLaudo NatelAbreu SodréLaudo NatelAdemar Pereira de BarrosCarvalho PintoJânio QuadrosLucas Nogueira GarcezAdemar Pereira de BarrosJosé Carlos de Macedo SoaresSebastião Nogueira de LimaFernando de Sousa CostaAdemar Pereira de BarrosFrancisco José da Silva JúniorJosé Joaquim Cardoso de Melo NetoHenrique Smith BaymaArmando de Sales OliveiraManuel de Cerqueira Daltro FilhoValdomiro Castilho de LimaHerculano de Carvalho e SilvaPedro Manuel de ToledoManuel RabeloLaudo de CamargoJoão Alberto Lins de BarrosPlínio BarretoJosé Maria WhitakerHastínfilo de MouraHeitor Teixeira PenteadoJúlio PrestesAntônio Dino da Costa BuenoCarlos de CamposWashington LuísAltino ArantesRodrigues AlvesManuel Joaquim de Albuquerque LinsJorge Tibiriçá PiratiningaBernardino José de Campos JúniorDomingos de MoraisRodrigues AlvesFernando Prestes de AlbuquerquePeixoto GomideCampos SalesPeixoto GomideBernardino José de Campos JúniorJosé Alves de Cerqueira CésarSérgio Tertuliano Castelo BrancoAmérico Brasiliense de Almeida MeloJorge Tibiriçá PiratiningaPrudente de MoraisJunta governativa paulista de 1889 

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d e f g h «RELAÇÃO DE GOVERNANTES/DONATÁRIOS - 1533 A 1821». www.al.sp.gov.br. Consultado em 5 de março de 2014. 
  2. «A Expedição de Martim Afonso de Sousa (1530-1532)». www.multirio.rj.gov.br. Consultado em 5 de março de 2014. 
  3. «Martim Afonso de Souza». www.historiabrasileira.com. Consultado em 5 de março de 2014. 
  4. «Navegador português, primeiro colonizador do Brasil Martim Afonso de Sousa». educacao.uol.com.br. Consultado em 5 de março de 2014. 
  5. «Martim Afonso de Sousa». www.dec.ufcg.edu.br. Consultado em 5 de março de 2014. 
  6. «Sousa, Pêro Lopes de». cvc.instituto-camoes.pt. Consultado em 5 de março de 2014. 
  7. «GOVERNO DA CAPITANIA HEREDITÁRIA DE SÃO VICENTE». www.al.sp.gov.br. Consultado em 5 de marlo de 2014.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  8. a b c d «Donatários (Governo da Capitania Hereditária de São Vicente): Mariana de Sousa Guerra, Condessa de Vimieiro». www.bibliotecavirtual.sp.gov.br. Consultado em 5 de março de 2014. 
  9. «Donatários (Governo da Capitania Hereditária de São Vicente): Luís Carneiro de Sousa». www.bibliotecavirtual.sp.gov.br. Consultado em 6 de março de 2014. 
  10. «Donatários (Governo da Capitania Hereditária de São Vicente): Francisco Carneiro de Sousa». www.bibliotecavirtual.sp.gov.br. Consultado em 6 de março de 2014. 
  11. «Donatários (Governo da Capitania Hereditária de São Vicente): António Carneiro de Sousa». www.bibliotecavirtual.sp.gov.br. Consultado em 6 de março de 2014. 
  12. «Donatários (Governo da Capitania Hereditária de São Vicente): Carlos Carneiro de Sousa e Faro». www.bibliotecavirtual.sp.gov.br. Consultado em 6 de março de 2014. 
  13. «Morgado de Mateus e a autonomia da capitania de São Paulo». comciencia.br. Consultado em 6 de março de 2014. 
  14. BENTO, 1996: p.289
  15. «Cunha e Meneses, Francisco da». www.arqnet.pt. Consultado em 6 de março de 2014. 
  16. «Governadores e Capitães-generais: José Raimundo Chichorro da Gama Lobo (interino)». www.al.sp.gov.br. Consultado em 6 de março de 2014. 
  17. «Governadores e Capitães-generais: António Manuel de Melo e Castro de Mendonça». www.al.sp.gov.br. Consultado em 6 de março de 2014. 
  18. «Governadores e Capitães-generais: António José da Franca e Horta». www.al.sp.gov.br. Consultado em 6 de março de 2014. 
  19. «Governadores e Capitães-generais: Governo interino (Triunvirato): Mateus de Abreu Pereira, Miguel Antônio de Azevedo Veiga, José Maria do Couto». www.al.sp.gov.br. Consultado em 6 de março de 2014. 
  20. «Governadores e Capitães-generais: Governo interino (Triunvirato): Mateus de Abreu Pereira, Nuno Eugênio de Lossio, Miguel José de Oliveira Pinto». www.al.sp.gov.br. Consultado em 6 de março de 2014. 
  21. «Governadores e Capitães-generais: Francisco de Assis Mascarenhas». www.al.sp.gov.br. Consultado em 6 de março de 2014. 
  22. a b SILVA, Alfredo P.M. Os Generais do Exército Brasileiro, 1822 a 1889, M. Orosco & Co., Rio de Janeiro, 1906, vol. 1, 949 pp.
  23. «Governadores e Capitães-generais: Governo provisório eleito pelo Povo e Tropa». www.al.sp.gov.br. Consultado em 6 de março de 2014. 
  24. AMARAL, A. Barreto. Dicionário de História de São Paulo. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2006. pp. 504-506, verbete "Presidentes da Província de São Paulo".
  25. Constituição Imperial de 1824, p. 21, artigo 165.
  26. «Governo da Província Império: Triunvirato». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 8 de março de 2014. 
  27. EGAS, Eugênio. Galeria dos Presidentes de São Paulo, 1822 a 1889, Governo do Estado de São Paulo, São Paulo, 1926, vol. 1, 935 pp.
  28. «Lucas Antonio Monteiro de Barros (Visconde de Congonhas do Campo)». www.stf.jus.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  29. Almanak Administrativo, Mercantil e Industrial da Província de São Paulo. Rio de Janeiro: Azevedo Marques, 1857. p. 173 p.
  30. http://www.novomilenio.inf.br/sv/svh011.htm
  31. «Thomaz Xavier Garcia d'Almeida». www.stf.jus.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  32. a b c «ANDRADE, Bispo D. Manuel Joaquim Gonçalves de». www.concelhodecamaradelobos.com. Consultado em 9 de março de 2014. 
  33. a b «Períodos Legislativos do Império - 1843-1844 José Carlos Pereira de Almeida Torres». www.senado.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  34. BLAKE, Augusto Victorino Alves Sacramento. Diccionario bibliographico brazileiro. Typographia Nacional, Rio de Janeiro, 1893.
  35. MACEDO, Joaquim Manuel de. Anno biographico brazileiro. Rio de Janeiro: Typographia e litographia do Imperial Instituto Artístico, 1876.
  36. «Presidente (Governo da Província): Manuel Teodoro de Araújo Azambuja». www.bibliotecavirtual.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  37. a b «Brigadeiro Tobias». sorocaba.cidadeinterativa3d.com.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  38. a b c d e f g «Conselheiro Padre Vicente Pires da Motta». www.direito.usp.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  39. Rafael Tobias de Aguiar pg. 234-239
  40. AMARAL, Tancredo do, 1895, A História de São Paulo ensinada pela biographia dos seus vultos mais notáveis, Alves & Cia. Editores, 353 pp.
  41. Retrato de Barão de Sousa Queirós e outros
  42. CAMPOS, Cândido Malta. Os rumos da cidade; urbanismo e modernização em São Paulo. São Paulo: Senac, 2002.
  43. CAMPOS, Eudes. Arquitetura paulistana sob o Império: aspectos da formação da cultura burguesa em São Paulo. 1997. 814f. Tese (Doutorado em Arquitetura) – FAU USP. São Paulo. 4vls.
  44. BROTERO, Frederico de Barros. A Família Monteiro de Barros. São Paulo: s/n., 1951. (1.047 p.)
  45. «Vice-presidente (Governo da Província): José Manuel de França». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  46. «Presidente (Governo da Província): Venâncio José Lisboa». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  47. «Manoel Machado Nunes». www.stf.jus.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  48. Piazza, Walter: Dicionário Político Catarinense. Florianópolis : Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1985.
  49. a b c d e f «A Cidade e a Província de São Paulo às Vésperas da Revolução Liberal de 1842». www.klepsidra.net. Consultado em 9 de março de 2014. 
  50. MACEDO, Joaquim Manuel de, Anno biographico brazileiro (v.1), Typographia e litographia do imperial instituto artístico, Rio de Janeiro, 1876.
  51. «Presidente (Governo da Província): Joaquim José Luís de Sousa». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  52. JUNG, Roberto Rossi. A gaúcha Maria Josefa, primeira jornalista brasileira. Porto Alegre: Martins Livreiro, 2004.
  53. SISSON, S.A. Guia dos brasileiros ilustres. Brasília: Senado Federal, 1999.
  54. BARRETO, Abeillard. Primórdios da Imprensa no Rio Grande do Sul. Comissão Executiva do Sesquicentenário da Revolução Farroupilha, Porto Alegre, 1986.
  55. «Joaquim José de Moraes e Abreu». www.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  56. «Presidente (Governo da Província): Manuel da Fonseca Lima e Silva». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  57. «Vice-presidente (Governo da Província): Bernardo José Pinto Gavião Peixoto». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  58. a b c d e f Jornal o Estado de Sao Paulo, publicado como A Provincia De Sao Paulo Volume: I; Numero: 83; Pagina: 3 ed. [S.l.]: A Provincia De Sao Paulo. 20 de abril 1875  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  59. SILVA, Rudy Mattos da. Galeria das Personalidades Notáveis de Vassouras. Vassouras, 2002, p. 58.
  60. «Presidente (Governo da Província): José Tomás Nabuco de Araújo». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  61. «Vice-presidente (Governo da Província): Hipólito José Soares de Sousa». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  62. «Vice-presidente (Governo da Província): José Manuel da Silva». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  63. «Joaquim Octávio Nébias». www.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  64. «Vice-presidente (Governo da Província): Carlos Carneiro de Campos». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  65. «A Cidade e a Província de São Paulo às Vésperas da Revolução Liberal de 1842». www.klepsidra.net. Consultado em 9 de março de 2014. 
  66. «1871 - 1872: JOSINO DO NASCIMENTO SILVA». www.pensario.uff.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  67. «Presidente (Governo da Província): José Antônio Saraiva». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  68. a b «Vice-presidente (Governo da Província): Antônio Roberto de Almeida». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  69. «Presidente (Governo da Província): Francisco Diogo Pereira de Vasconcelos». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  70. «Presidente (Governo da Província): José Joaquim Fernandes Torres». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  71. «Presidente (Governo da Província): Policarpo Lopes de Leão». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  72. a b c d «Conselheiro Padre Manoel Joaquim do Amaral Gurgel (1858-1864)». www.direito.usp.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  73. http://tiooda.com.br/index.php/politica/politicos-brasileiros/politicos-paulistas/4004-amaral-gurgel-um-dos-criadores-do-codigo-comercial-brasileiro
  74. «Presidente (Governo da Província): Antônio José Henriques». www.bibliotecavirtual.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  75. «Presidente (Governo da Província): João Jacinto de Mendonça». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  76. «Presidente (Governo da Província): Francisco Inácio Marcondes Homem de Melo». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  77. «Presidente (Governo da Província): João Crispiniano Soares». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  78. «Presidente (Governo da Província): João da Silva Carrão». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  79. «Presidente (Governo da Província): José Tavares Bastos». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  80. «José Tavares Bastos». www.stf.jus.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  81. «Presidente (Governo da Província): Joaquim Saldanha Marinho». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  82. «Presidente (Governo da Província): José Manuel da Silva». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  83. a b «Vice-presidente (Governo da Província): José Elias Pacheco Jordão». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  84. «Presidente (Governo da Província): Cândido Borges Monteiro». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  85. http://www.mundodolivro.com.br/2013/01/historia-de-sao-paulo-capitulo-32.html?m=0
  86. «Antônio Joaquim da Rosa». www.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  87. «Presidente (Governo da Província): Antônio Cândido da Rocha». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  88. Trecho em jornal, tratando de sua remoção pelo Partido Liberal, por ser um provável conservador
  89. «Presidente (Governo da Província): Antônio da Costa Pinto e Silva». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  90. «Antonio da Costa Pinto e Silva». historia.camarapiracicaba.sp.gov.br/. Consultado em 9 de outubro de 2015. 
  91. «Vice-presidente (Governo da Província): José Manuel da Silva». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  92. «Presidente (Governo da Província): José Fernandes da Costa Pereira Júnior». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  93. «Presidente (Governo da Província): Francisco Xavier Pinto de Lima». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  94. SÃO PAULO (Prefeitura). IV Centenário da Fundação da Cidade de São Paulo. São Paulo: Gráfica Municipal, 1954. 466 p.
  95. a b «Vice-presidente (Governo da Província): Joaquim Manuel Gonçalves de Andrade». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  96. «Presidente (Governo da Província): Sebastião José Pereira». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  97. a b «Vice-presidente (Governo da Província): Antônio de Aguiar Barros». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  98. «Presidente (Governo da Província): João Batista Pereira». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  99. a b c «Joaquim Egídio de Sousa Aranha». www.direito.usp.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  100. BOTELHO, Cândida Maria de Arruda. Fazendas Paulistas do Ciclo do Café (1756 - 1928). Editora Nova Fronteira, Rio de Janeiro, 1984, pág.55
  101. O Marquês de Três Rios e o crédito na economia cafeeira -1821 - 1893
  102. ZUQUETE, Afonso Eduardo Martins. Nobreza de Portugal e do Brasil. Editorial Enciclopédia Ltda., Lisboa-Rio de Janeiro, 1961, pág.727
  103. «Presidente (Governo da Província): Laurindo Abelardo de Brito». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  104. PUPO, Celso Maria de Mello. Campinas, Município do Império. São Paulo. Editora Impoe, 1983
  105. PORTO-ALEGRE, Achylles. Homens Illustres do Rio Grande do Sul. Livraria Selbach, Porto Alegre, 1917.
  106. BOTELHO, Cândida Maria de Arruda. Fazendas Paulistas do Ciclo do Café (1756 - 1928). Editora Nova Fronteira, Rio de Janeiro, 1984, pág.55
  107. «Vice-presidente (Governo da Província): Manuel Marcondes de Moura e Costa». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de maço de 2014.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  108. «'1884: uma Princesa malvista». nospassosdoimperador.wordpress.com. Consultado em 9 de março de 2014. 
  109. «Presidente (Governo da Província): Francisco de Carvalho Soares Brandão». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  110. «Presidente (Governo da Província): Domingos Antônio Raiol». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  111. http://www.ufpa.br/pphist/estudosamazonicos/arquivos/artigos/1%20-%20VI%20-%203%20-%202011%20-%20Demetrius_Ricci.pdf
  112. «Vice-presidente (Governo da Província): Luís Carlos de Assunção». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  113. «Presidente (Governo da Província): José Luís de Almeida Couto». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  114. Citação sobre a qual partido pertence o Conselheiro Dr. José Luiz
  115. «Vice-presidente (Governo da Província): Francisco Antônio de Sousa Queirós Filho». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  116. «Emancipação Política do Descalvo: Dr. Francisco Antônio de Souza Queiroz Filho». www.descalvadoonline.com.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  117. «JOÃO ALFREDO CORRÊA DE OLIVEIRA». www.fazenda.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  118. «João Alfredo Correia de Oliveira». www.e-biografias.net. Consultado em 9 de março de 2014. 
  119. «João Alfredo Correia de Oliveira». www.dec.ufcg.edu.brl. Consultado em 9 de março de 2014. 
  120. «Vice-presidente (Governo da Província): Antônio de Queirós Teles». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  121. «Presidente (Governo da Província): Antônio de Queirós Teles». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  122. a b c «Francisco de Paula Rodrigues Alves». educacao.uol.com.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  123. «Vice-presidente (Governo da Província): Francisco Antônio Dutra Rodrigues». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  124. «O Visconde de Guaratinguetá: um fazendeiro de café no Vale do Paraíba: Maria Augusta de Oliveira». Carlos Eugênio Marcondes de Mour. Consultado em 9 de outubro de 2015. 
  125. «Presidente (Governo da Província): Pedro Vicente de Azevedo». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  126. «Presidente (Governo da Província): Antônio Pinheiro de Ulhoa Cintra». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  127. «General José Vieira Couto de Magalhães». www.calendario.cnt.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  128. AMARAL, A. Barreto. Dicionário de História de São Paulo. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2006. pp. 506-507, verbete "Presidentes do Estado de São Paulo".
  129. Constituição Estadual de São Paulo de 1890, artigo 30.
  130. Constituição Estadual de São Paulo de 1891, artigo 27.
  131. Constituição Estadual de São Paulo de 1935, artigo 25.
  132. Constituição Estadual de São Paulo de 1989, artigo 37.
  133. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «PARTIDO REPUBLICANO PAULISTA (PRP) | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  134. «Governador (Prudente de Moraes)». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  135. «Prudente de Moraes». www.algosobre.com.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  136. «Tibiriçá». camarapprudente.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  137. «Américo Brasiliense: um governo em transição». www.americobrasiliense.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  138. a b «Americo Braziliense de Almeida Mello». www.stf.jus.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  139. http://www.telefone.inf.br/sp/saopaulo/saopaulo-historia7.php
  140. «José Alves de Cerqueira César». www.camaracerqueiracesar.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  141. a b «Bernardino José de Campos Júnior». www2.camara.leg.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  142. a b «Francisco de Assis Peixoto Gomide». www.camaraamparo.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  143. «Campos Sales (Manoel Ferraz de)» (PDF). www.cdpb.org.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  144. «Coronel Fernando Prestes de Albuquerque, uma história». julioprestes.wordpress.com. Consultado em 9 de março de 2014. 
  145. Genealogia Paulistana - Luiz Gonzaga da Silva Leme - Vol. II, pág. 381, 9-3
  146. «Quem foi jorge tibiriçá piratininga?». www.jornallivre.com.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  147. «MANUEL JOAQUIM DE ALBUQUERQUE LINS». www.jbcultura.com.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  148. «Altino Arantes». www.cdpb.org.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  149. «Washington Luís». www.dec.ufcg.edu.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  150. «Washington Luís Pereira de Sousa». www.historiabrasileira.com. Consultado em 9 de março de 2014. 
  151. «Governadores do Estado de São Paulo: CARLOS DE CAMPOS (1866-1927)». www.spshow.com. Consultado em 9 de março de 2014. 
  152. «Antônio Dino da Costa Bueno». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  153. «Júlio Prestes». www.infoescola.com. Consultado em 9 de março de 2014. 
  154. «Avenida, rodovia e rua - Heitor Penteado é destaque em Campinas». www.emdec.com.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  155. a b c «Partido Democrático de São Paulo (PD) | CPDOC». cpdoc.fgv.br. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  156. «Interventores e Governadores (de 1930 até o momento): Hastínfilo de Moura». www.bibliotecavirtual.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  157. «Interventores e Governadores (de 1930 até o momento): José Maria Whitaker». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  158. Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «WHITAKER, JOSE MARIA | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  159. «Interventores e Governadores (de 1930 até o momento): Plínio Barreto». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  160. Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «BARRETO, PLINIO | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  161. Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «JOAO ALBERTO LINS DE BARROS | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  162. «Interventores e Governadores (de 1930 até o momento): João Alberto Lins de Barros». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  163. Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «LAUDO FERREIRA DE CAMARGO | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  164. «Interventores e Governadores (de 1930 até o momento): Laudo Ferreira de Camargo». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  165. Fontes, Paulo (2016-08). «SENSEI ANGELA DE CASTRO GOMES UMA BREVE HOMENAGEM À PROFESSORA EMÉRITA DO CPDOC/FGV». Estudos Históricos (Rio de Janeiro). 29 (58): 565–573. ISSN 0103-2186. doi:10.1590/s2178-14942016000200014  Verifique data em: |data= (ajuda)
  166. «Interventores e Governadores (de 1930 até o momento): Manuel Rabelo». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  167. a b Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «PEDRO MANUEL DE TOLEDO | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  168. «Pedro de Toledo». cpdoc.fgv.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  169. «SAIBA MAIS SOBRE O DIPLOMATA QUE DÁ NOME AO NOSSO MUNÍCIPIO». aprodef.org.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  170. «Interventores e Governadores (de 1930 até o momento): Herculano de Carvalho e Silva». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  171. «Interventores e Governadores (de 1930 até o momento): Valdomiro Castilho de Lima». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  172. Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «PARTIDO LIBERAL PAULISTA | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  173. «Interventores e Governadores (de 1930 até o momento): Manuel de Cerqueira Daltro Filho». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  174. a b c Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «PARTIDO CONSTITUCIONALISTA DE SAO PAULO | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  175. a b «Armando Sales». cpdoc.fgv.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  176. a b c Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «UNIAO DEMOCRATICA BRASILEIRA (UDB) | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  177. «Henrique Smith Bayma». www.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  178. a b «José Joaquim Cardoso de Mello Neto». www.direito.usp.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  179. «Interventores e Governadores (de 1930 até o momento): Francisco José da Silva Júnior». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  180. Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «ADEMAR PEREIRA DE BARROS | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  181. a b c «Governadores do Estado de São Paulo: ADHEMAR PEREIRA DE BARROS (1901-1969)». www.spshow.com. Consultado em 9 de março de 2014. 
  182. a b Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «PARTIDO SOCIAL DEMOCRATICO (PSD-1945-1965) | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  183. «Interventores e Governadores (de 1930 até o momento): Fernando de Sousa Costa». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  184. «Interventores e Governadores (de 1930 até o momento): Sebastião Nogueira de Lima». www.bibliotecavirtual.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  185. a b Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «PARTIDO DEMOCRATA CRISTAO (1945) | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  186. «Interventores e Governadores (de 1930 até o momento): José Carlos de Macedo Soares». www3.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  187. a b c Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «PARTIDO SOCIAL PROGRESSISTA (PSP- 1946) | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  188. «Lucas Nogueira Garcez, ex-governador de São Paulo, engenheiro civil e professor universitário.». www.oexplorador.com.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  189. Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «PARTIDO TRABALHISTA NACIONAL (PTN) | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  190. «Jânio Quadros». cpdoc.fgv.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  191. «Jânio Quadros». educacao.uol.com.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  192. «Carvalho Pinto». cpdoc.fgv.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  193. a b c d Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «ALIANCA RENOVADORA NACIONAL (ARENA) | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  194. a b «Aos 90 anos, político ainda está na ativa». www.estadao.com.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  195. «Roberto Costa de Abreu Sodré». www.al.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  196. «Governadores do Estado de São Paulo: PAULO EGYDIO MARTINS (1928)». www.spshow.com. Consultado em 9 de março de 2014. 
  197. a b Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «PARTIDO DEMOCRATICO SOCIAL (PDS) | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  198. «Governadores do Estado de São Paulo: PAULO SALIM MALUF (1931)». www.spshow.com. Consultado em 9 de março de 2014. 
  199. «Governadores do Estado de São Paulo: JOSÉ MARIA MARIN (1932)». www.spshow.com. Consultado em 9 de março de 2014. 
  200. a b c Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «Convenção Nacional do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). (título atribuído) | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  201. «Governadores do Estado de São Paulo: ANDRÉ FRANCO MONTORO (1916–1999)». www.spshow.com. Consultado em 9 de março de 2014. 
  202. «Orestes Quércia». www.dec.ufcg.edu.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  203. «Governadores do Estado de São Paulo: LUIZ ANTÔNIO FLEURY FILHO (1949)». www.spshow.com. Consultado em 9 de março de 2014. 
  204. a b c d e f «Home | PSDB – Partido da Social Democracia Brasileira». PSDB - Partido da Social Democracia Brasileira. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  205. «Mário Covas». educacao.uol.com.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  206. «Saiba mais sobre o governador interino de São Paulo». www.terra.com.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  207. «Governadores do Estado de São Paulo: GERALDO JOSÉ RODRIGUES ALCKMIN FILHO (1952)». www.spshow.com. Consultado em 9 de março de 2014. 
  208. Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «PARTIDO DA FRENTE LIBERAL (PFL) | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  209. «Dr. Cláudio Lembo». www.cepes.org.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  210. «Claudio Lembo recebe título de Professor Honoris Causa da FMU». www.fiamfaam.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  211. «José Serra». educacao.uol.com.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  212. «Biografia (José Serra)». www.joseserra.com.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  213. «José Serra». ultimosegundo.ig.com.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  214. «Alberto Goldman toma posse como governador». saopaulo.sp.gov.br. Consultado em 9 de março de 2014. 
  215. «Alckmin é reeleito e garante 6º mandato consecutivo do PSDB em SP». UOL Eleições 2014. 5 de outubro de 2014. Consultado em 5 de outubro de 2014. 
  216. Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO (PSB-1985) | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 14 de outubro de 2018. 
  217. «Alckmin deixa governo de SP e vice Márcio França assume cargo». G1 

Notas

  1. Além dos deputados listados, o coronel Francisco Correia de Morais Leite (capitão-mor de Porto Feliz) foi convidado ao cargo, mas devido à idade avançada e saúde debilitada, não o aceitou. Em 5 de fevereiro de 1823, o coronel foi exonerado pelo Imperador e foi eleito um novo deputado para ocupar o lugar ausente: Antônio José de Macedo e Sampaio.

BibliografiaEditar

  • Amaral, A. Barreto (2006). Dicionário de História de São Paulo. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo. p. 504-506 
  • Amaral, Tancredo do (1895). A História de São Paulo ensinada pela biographia dos seus vultos mais notáveis. São Paulo: Alves & Cia. Editores. p. 353 
  • A Província de São Paulo (1875). A Província de São Paulo. 1. São Paulo: [s.n.] p. 3 
  • Barreto, Abeillard (1986). Primórdios da Imprensa no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Comissão Executiva do Sesquicentenário da Revolução Farroupilha 
  • Bento (1996). Bento. [S.l.: s.n.] p. 289 
  • Blake, Augusto Victorino Alves Sacramento (1893). Diccionario bibliographico brazileiro. Rio de Janeiro: Typographia Nacional 
  • Brotero, Frederico de Barros (1951). A Família Monteiro de Barros. São Paulo: s/n. p. 1047 
  • Campos, Cândido Malta (2002). Os rumos da cidade; urbanismo e modernização em São Paulo. São Paulo: Senac 
  • Campos, Eudes (1997). Arquitetura paulistana sob o Império: aspectos da formação da cultura burguesa em São Paulo. São Paulo: 814f. Tese (Doutorado em Arquitetura) - FAU USP 
  • Estado, Conselho de (1824). Constituição Política do Imperio do Brazil. artigo 165. Rio de Janeiro: Conselho de Estado. p. 165 
  • Jung, Roberto Rossi (2004). A gaúcha Maria Josefa, primeira jornalista brasileira. Porto Alegre: Martins Livreiro 
  • Macedo, Joaquim Manuel de (1876). Anno biographico brazileiro. 1. Rio de Janeiro: Typographia e litographia do Imperial Instituto Artístico 
  • Marques, Azevedo (1857). Almanak Administrativo. Rio de Janeiro: Mercantil e Industrial da Província de São Paulo. p. 173 
  • Piazza, Walter (1985). Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina 
  • São Paulo, (Prefeitura) (1954). IV Centenário da Fundação da Cidade de São Paulo. São Paulo: Gráfica Municipal. p. 456 
  • Silva, Alfredo P.M. (1906). Os Generais do Exército Brasileiro, 1822 a 1889. 1. Rio de Janeiro: M. Orosco & Co. p. 949 
  • Silva, Rudy Mattos da (2002). Galeria das Personalidades Notáveis de Vassouras. Vassouras: M. Orosco & Co. p. 58 
  • Sisson, S.A. (1999). Guia dos brasileiros ilustres. Brasília: Senado Federal 

Ligações externasEditar