Lourenço da Bélgica

Lourenço da Bélgica (Laurent Benoît Baudouin Marie, nascido em 19 de outubro de 1963, em Bruxelas) é o terceiro filho (segundo do sexo masculino) do rei Alberto II da Bélgica e da rainha Paola. Ele é o 13° na linha de sucessão ao trono, atrás dos quatro filhos do rei Filipe, de sua irmã Astrid e dos cinco filhos e dois netos desta.[1][2]

Lourenço
Príncipe da Bélgica
Cônjuge Claire Coombs (c.2003)
Descendência Louise
Nicolas
Aymeric
Casa Saxe-Coburgo-Gota
Nome completo Laurent Benoît Baudouin Marie
Nascimento 19 de outubro de 1963 (57 anos)
  Laken, Bélgica
Pai Alberto II da Bélgica
Mãe Paola da Bélgica
Brasão

BiografiaEditar

Laurent nasceu no Castelo de Belvedere, em Laeken, um bairro de Bruxelas. [3]

Ele iniciou sua formação militar como cadete da Royal Cadet High School de Laeken, tendo depois passado pela Academia Militar Real de Bruxelas e pela Marinha. Após sua formação militar, mudou-se para os Estados Unidos, onde estudou na Universidad de Berkeley antes de voltar para seu país-natal. [4]

SaúdeEditar

Em 2014 foi internado no Hospital Universitário Saint-Luc, em Bruxelas, e chegou a ficar em coma induzido devido a problemas com uma pneumonia. Na época, especulou-se que a internação fosse devido a uma nova depressão, doença que já havia levado o príncipe ao hospital em 1999.[5][6][7][8]

Trabalho e deveres reaisEditar

 
Laurent durante o evento Agriflanders 2015


Após estudar em Berkeley, Laurent trabalhou, nos Estados Unidos, junto ao Fundo Monetário Internacional e num programa direcionado ao meio-ambiente das Nações Unidas.

Ele atende alguns compromissos em nome da Casa Real, porém não tem, ao contrário da irmã Astrid, uma função específica após a ascensão do irmão Filipe como rei. [9] [10] [11]

Fundação Príncipe LourençoEditar

O príncipe criou uma fundação em 1996 direcionada para o bem-estar dos animais domésticos e selvagens. [12]

Casamento e filhosEditar

Casou-se em 22 de abril de 2003 com a britânica Claire Louise Coombs, com a qual tem três filhos: [3]

  • Louise, nascida em 2004;
  • Nicolás, nascido em 2005, gêmeo de Aymeric;
  • Aymeric, nascido em 2005, gêmeo de Nicolás.

PolêmicasEditar

O príncipe Laurent é considerado polêmico pela opinião pública. Já foi flagrado cometendo infrações de trânsito, falando ao telefone durante atos oficiais e se envolvendo em questões classificadas pelo governo do país como "politicamente sensíveis". [13] [14] [15]

Visita não-autorizada à embaixada da ChinaEditar

Em 2018, Laurent perdeu parte de seu soldo real por um ano como penalidade aplicada pelo governo belga após ir vestido com o uniforme da Marinha a uma homenagem ao exército chinês na embaixada chinesa. A visita não havia sido comunicada ao governo e nem autorizada e foi considerada como um "assunto sensível". [16] [17]

Diferenças com o pai e o irmãoEditar

Em 2015 ele disse sobre que "o rei Balduíno e o rei Alberto eram como a Stasi [a temida polícia secreta da extinta República Democrática Alemã] e agora o meu irmão Philippe vai pelo mesmo caminho”. [18]

Em 2019 ele declarou durante uma entrevista que a relação com o irmão estava "melhor". [19]

Apoio à irmã ilegítimaEditar

Ela também sempre apoiou publicamente sua irmã ilegítima Delphine, tendo dito em 2013 após esta entrar na justiça belga para ser reconhecida como filha do rei Alberto, que se submeteria a uma prova de ADN para ajudá-la. Em outubro de 2020, após Delphine ter sido reconhecida meses antes e ter recebido o direito de usar o título de "princesa da Bélgica", Laurent enfatizou novamente seu apoio à meia-irmã: "eu a conheço há 20 anos e as portas da minha casa sempre estarão abertas se ela precisar". [20] [21]

Referências

  1. Europa Publications (2003). The International Who's Who 2004 Psychology Press. p. 18. ISBN 978-1-85743-217-6.
  2. Peter Francis Kenny (2016). Monarchs. Xlibris AU. p. 40. ISBN 978-1-5144-4375-0.
  3. a b «Príncipe Laurent de Bélgica». www.bekia.es (em espanhol). Consultado em 27 de outubro de 2020 
  4. Us.Hola.com. «Laurent de Bélgica. Noticias, fotos y biografía de Laurent de Bélgica». us.hola.com (em English). Consultado em 27 de outubro de 2020 
  5. «Príncipe Laurent de Bélgica em coma induzido». Consultado em 14 de julho de 2015 
  6. «The Belgian Monarchy: Home - Royal Family - Prince Laurent». www.monarchie.be. Consultado em 14 de julho de 2015 
  7. País, Ediciones. «¿Quién quiere al príncipe apestado?». Consultado em 14 de julho de 2015 
  8. País, Ediciones. «Príncipe violento, mujeriego y rebelde». Consultado em 14 de julho de 2015 
  9. «Centre Belge pour Chiens-Guides | La Monarchie belge». The Belgian Monarchy (em francês). Consultado em 27 de outubro de 2020 
  10. «Visite de la cimenterie de Lixhe | La Monarchie belge». The Belgian Monarchy (em francês). Consultado em 27 de outubro de 2020 
  11. «Nomination de l'abbé Benoît Lobet | La Monarchie belge». The Belgian Monarchy (em francês). Consultado em 27 de outubro de 2020 
  12. «Prince Laurent Foundation». The Belgian Monarchy (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2020 
  13. País, Ediciones. «Príncipe violento, mujeriego y rebelde». Consultado em 14 de julho de 2015 
  14. País, Ediciones. «¿Quién quiere al príncipe apestado?». Consultado em 14 de julho de 2015 
  15. «Caras | Laurent da Bélgica protagoniza quebra de protocolo em dia nacional e é criticado». Caras. 22 de julho de 2019. Consultado em 27 de outubro de 2020 
  16. «Príncipe Laurent julgado no Parlamento belga - DN». www.dn.pt. Consultado em 27 de outubro de 2020 
  17. «Prince Laurent fined for visit to Chinese army celebration | Flanders Today». www.flanderstoday.eu. Consultado em 27 de outubro de 2020 
  18. «Laurent da Bélgica envolvido em polémica devido às críticas sobre a família real». Consultado em 14 de julho de 2015 
  19. «Caras | Laurent de Bélgica fala sobre a conturbada relação que tem com o irmão, o rei Philip». Caras. 21 de agosto de 2019. Consultado em 27 de outubro de 2020 
  20. «Caras | Príncipe Laurent disposto a fazer teste de ADN no âmbito do caso Delphine Boël, alegada filha ilegítima de Alberto da Bélgica». Caras. 9 de setembro de 2013. Consultado em 27 de outubro de 2020 
  21. «Prins Laurent over halfzus Delphine: 'Ik ken haar al twintig jaar, onze deur is open'». De Standaard (em neerlandês). Consultado em 27 de outubro de 2020 

Ligações externasEditar

Website da Casa Real da Bélgica

Página oficial da Fundação Príncipe Lourenço