Luís de Melun, Duque de Joyeuse

Luís de Melun, Duque de Joyeuse (outubro de 1694 – 31 de julho de 1724) foi um nobre francês. Era Príncipe de Epinoy; Barão, em seguida, Duque de Joyeuse (1714) e Par de França; Barão de Cysoing, Antoing e Wiers; Conde de Saint-Pol; Visconde de Gand; capelão de Bapaume; Senhor de Villemareuil, de Vaucourtois e de Saint-Jean-de-les-Deux-Jumeaux.

BiografiaEditar

Luís era o único filho homem dos seus pais. A sua irmã Ana Júlia Adelaide de Melun nasceu em 1698 e era um ancestral do futuro marechal de Soubise, da princesa de Condé, da Madame de Guéméné e do assassinado duque d'Enghien.

O seu pai morreu em 1704 de varíola fazendo infante Luís, Príncipe de Epinoy. Dez anos mais tarde, foi feito Duque de Joyeuse.

A 23 de fevereiro de 1716[1] casou-se com Armande de La Tour d'Auvérnia, filha de Emanuel Teodósio de La Tour de Auvérnia, Duque de Bulhão e uma neta da famosa Maria Ana Mancini.

Apesar de casado,é bastate conhecido o seu casamento secreto com Maria Ana de Bourbon em 1719. Maria Ana, conhecida por Mademoiselle de Clermont era filha de Luís III de Bourbon-Condé e Luísa Francisca de Bourbon, filha legitimada de Luís XIV e da Madame de Montespan. Maria Ana foi também a chefe da Casa da Rainha.

Luís morreu em 1724, durante uma caçada na sua casa de infância, o Castelo de Chantilly.[2] Naturalmente perturbada, Maria Ana nunca voltou a casar. Nunca teve filhos.

Como Luís não teve igualmente filhos de Armande , o condado de Saint-Pol, bem como o principado de Joyeuse, foram para o seu sobrinho mais velho, o jovem Duque de Rohan, filho da sua irmã Ana Júlia.[3]

EpinoyEditar

Este principado situava-se na Bélgica, mais precisamente em Hainaut. Pertencia aos Melun desde 1327. Francisco de Melun, herdeiro condestável e primeiro Par da Flandres, foi feito Conde de Epinoy a 28 de Novembro 1514. Passou depois a servir Carlos V de França conquistou a Flandres; o seu filho Hugues foi feito Príncipe de Epinoy em 1545 por Carlos V.

Referências

  1. van de Pas, Leo. «Louis de Melun, Prince d'Epinoy, duc de Joyeuse». Genealogics.org. Consultado em 2 de dezembro de 2009 
  2. «Cópia arquivada». Consultado em 14 de julho de 2016. Arquivado do original em 21 de julho de 2011 
  3. Velde, François. «The Rank/Title of Prince in France». Heraldica.org. Consultado em 2 de dezembro de 2009 

BibliografiaEditar

  • M.-Fr. Dantine, Ch. Clémencet et al., L'art de vérifier les dates..., vol. 12, impr. Valade, 1818 (réimpr. 4e), p. 413
  • de la Chenaye-Desbois, Dictionnaire de la noblesse, contenant les généalogies, l'histoire..., vol. X, impr. Antoine Boudet, Paris, 1775 (réimpr. 2e), p. 22