Ludwig Landgrebe

Ludwig Landgrebe (Viena 09 de março de 1902; Colônia 14 de agosto de 1991) foi um fenomenólogo austríaco e professor de filosofia.

Ludwig Landgrebe
Nascimento 9 de março de 1902
Viena
Morte 14 de agosto de 1991 (89 anos)
Colônia
Cidadania Áustria
Alma mater
Ocupação filósofo, professor universitário
Empregador Universidade de Hamburgo, Universidade de Quiel, Universidade de Colônia

BiografiaEditar

Landgrebe estudou filosofia, história e geografia, em Viena. Influenciado por Max Scheler, ele continuou seus estudos em Freiburg. Em 1923, Landgrebe tornou-se assistente de Edmund Husserl (1859-1938). Após a aprovação da sua tese de doutorado, Landgrebe foi transferido para Praga, para a sua qualificação de pós-doutorado sob Oskar Kraus. Desde 1939, colaborou com Eugen Fink nos Arquivos Husserl em Lovaina. Esposa de Landgrebe, Ilse Maria Goldschmidt, era de ascendência judaica e irmã do escritor Georges-Arthur Goldschmidt. Em 1940 Landgrebe foi deportado para a Bélgica. Ele trabalhava parcialmente como assistente de comerciante em Hamburgo.

Em 1945, Landgrebe teve seu pós-doutorado reprovado em Hamburgo, e se tornou professor ordinário, em 1947, em Kiel, onde lecionava para Hans Blumenberg. Em 1954 transferiu-se para Colônia, para se tornar líder do Husserl-Archives. Landgrebe é conhecido como um dos mais próximos colaboradores de Husserl, mas suas posições independentes em relação a religião, história e política o fazem ser visto como existencialista e metafísico. [1]

ObrasEditar

  • Wilhelm Diltheys Theorie der Geisteswissenschaften, Halle 1928 (Dissertation)
  • Nennfunktion und Wortbedeutung. Eine Studie über Martys Sprachphilosophie, Halle 1923
  • Was bedeutet uns heute Philosophie, Hamburg 1948 (2. Aufl. 1954)
  • Phänomenologie und Metaphysik, Hamburg 1949 (Aufsatzsammlung)
  • Philosophie der Gegenwart, Bonn 1952 (2. Aufl. Frankfurt/M 1957)
  • Der Weg der Phänomenologie, Gütersloh 1963 (4. Aufl. 1978)
  • Phänomenologie und Geschichte, Gütersloh 1968
  • Über einige Grundfragen der Philosophie der Politik, Köln/Opladen 1969
  • Faktizität und Individuation. Studien zu den Grundfragen der Phänomenologie, Hamburg 1982 (Bibliographie S. 157 - 162)

Referências

  1. «Wordlingo - Ludwig Landgrebe». Consultado em 12 mar. 2011