Abrir menu principal

Ludwig Schwennhagen

Ludwig Schwennhagen
Cidadania Brasil
Ocupação historiador

Ludwig Schwennhagen (n. Áustria, fl. 1900-1928) foi um professor de História e Filologia no Nordeste do Brasil, escritor e proponente da Teoria da presença de fenícios no Brasil. Era membro da Sociedade de Geografia Comercial de Viena. Em Teresina se diz que era um alemão calmo e de grande porte, que ensinava História, que bebia cachaça nas horas de folga, que esteve estudando ruínas no Estado do Piauí e outros do Nordeste, e chegou a Teresina no primeiro quartel do século XX[1].

Ludwig Schwennhagen foi sócio do jornal anti-semita de Berlim na Alemanha Staatsbürgerzeitung, pelo qual entrou em conflito com Hirsch Hildesheimer, da comunidade judaica.[2][3] Schwennhagen publicou artigos na imprensa norte-rio-grandense.

Cf. Moacir C. Lopes na apresentação à quarta edição de "Antiga História do Brasil. De 1100 a.C. a 1500 d.C.", 'A primeira edição de "Antiga História do Brasil. De 1100 a.C. a 1500 d.C." é de 1928, da Imprensa Oficial de Teresina, e menciona sob o título: Tratado Histórico de Ludovico Schwennhagen, professor de Filosofia e História.

'No livro Roteiro das Sete Cidades, de autoria de Vitor Gonçalves Neto, publicado pela Imprensa Oficial de Teresina, para as Edições Aldeias Altas, de Caxias, Maranhão, em 1963 (...) o autor faz o seguinte oferecimento: "À memória de Ludovico Schwennhagen, professor de História e Filologia, que em maio de 1928 levantou a tese meio absurda de que os fenícios foram os primeiros habitantes do Piauí. Em sua opinião as Sete Cidades serviram de sede da Ordem e do Congresso dos povos tupis. Nasceu em qualquer lugar da velha Áustria de ante-guerras, morreu, talvez de fome, aqui n'algum canto do Nordeste do Brasil. Orai por êle!"'

TrabalhosEditar

  • Schwennhagen, Ludwig; Hildesheimer, Hirsch. Erklärung des Dr. H. Hildesheimer auf die Privatklagesache des Schriftstellers Ludwig Schwennhagen wider Dr. H. Hildesheimer. s.n., 189?. (ficha em Livros Google)
  • Schwennhagen, Ludwig; Silva, Luciano Pereira da; Associação Comercial do Amazonas. Meios de melhorar a situação e moral da população do interior do Amazonas: Conferencias dos Drs. Ludwig Schwennhagen, da Sociedade de geographia commercial de Vienna d'Austria e Luciano Pereira da Silva, publicista. Typ. de L. Aguiar & ca., 1910. (ficha em Livros Google)
  • Schwennhagen, Ludwig. Antiga História do Brasil. De 1100 a.C. a 1500 d.C. Imprensa official, 1928. (ficha em Livros Google)
  • Schwennhagen, Ludwig. Antiga História do Brasil. De 1100 a.C. a 1500 d.C.. Quarta edição. Apresentação e notas de Moacir C. Lopes. Livraria Editora Cátedra, Rio de Janeiro 1986.
  • Schwennhagen, Ludwig. As inscrições Petroglíficas de Jardim do Seridó. Em: Medeiros Filho, Olavo de. Os Fenícios do Professor Chovenagua. Edição Especial Para o Projeto Acervo Virtual Oswaldo Lamartine de Faria. www.colecaomossoroense.org.br . (em linha)

BibliografiaEditar

  • Schwennhagen, Ludwig. Antiga História do Brasil. De 1100 a.C. a 1500 d.C.. Quarta edição. Apresentação e notas de Moacir C. Lopes. Livraria Editora Cátedra, Rio de Janeiro 1986.
  • Medeiros Filho, Olavo de. Os Fenícios do Professor Chovenagua. Edição Especial Para o Projeto Acervo Virtual Oswaldo Lamartine de Faria. www.colecaomossoroense.org.br . (em linha)
  • Hartston, Barnet Peretz. Sensationalizing the Jewish question: anti-Semitic trials and the press in the early German Empire. Volume 39 of Studies in Central European histories. BRILL, 2005. (ficha em Livros Google)

Ligações externasEditar

Referências

  1. A tese de Ludwig Schwennhagen Piaui . com - acessado em 11 de outubro de 2011
  2. (em inglês) Hartston, Barnet Peretz. Sensationalizing the Jewish question: anti-Semitic trials and the press in the early German Empire. Volume 39 of Studies in Central European histories. BRILL, 2005. P. 95-. (em linha)
  3. (em inglês) Levy, Richard S.. Antisemitism: a historical encyclopedia of prejudice and persecution, Volume 1. ABC-CLIO, 2005. P. 402. (em linha)