Abrir menu principal

Luis de Haro y Guzmán

militar e político espanhol do século XVII
Luis de Haro y Guzmán
Nascimento 17 de fevereiro de 1598
Valladolid
Morte 26 de novembro de 1661 (63 anos)
Madri
Cidadania Espanha
Ocupação político, militar
Título conde-duque de Olivares

Luís de Haro y Guzmán, VI marquês de Carpio, I Duque de Montoro, II Conde-Duque de Olivares (Valladolid, 1598Madrid, 26 de novembro de 1661) foi uma figura política do Império Espanhol e General do exército espanhol durante o período da Guerra da Restauração.

Destacou-se militarmente durante a Revolta da Catalunha e foi um dos principais negociadores do Tratado dos Pirenéus, no âmbito da Guerra dos Trinta Anos[1]. Pelo contrário, durante a Guerra da Restauração a sua prestação foi considerada uma completa derrota, principalmente depois de liderar o exército espanhol na Batalha das Linhas de Elvas, no dia 14 de Janeiro de 1659.[carece de fontes?]

Em 2014, a história de Dom Luís de Haro, foi integrada num novo projeto do Ministério da Defesa Nacional, criado com o apoio do Turismo de Portugal, chamado Turismo Militar, que apresenta roteiros históricos baseados em heróis portugueses.

Referências