Luiz Antônio Sampaio

Luiz Antônio Sampaio

Luiz Antônio Sampaio é um fanzineiro e crítico de histórias em quadrinhos brasileiro.

HistóricoEditar

Em março de 1978, lançou seu fanzine "Opar Boletim",[1][2] inspirado na cidade perdida de mesmo nome das histórias de Tarzan de Edgar Rice Burroughs, a primeira edição foi feita em um duplicador a álcool, o fanzine teve 15 números, com o último número lançado em outubro de 1980, essa última edição não foi feita com umduplicador, mas sim co uma fotocopiadora.[1]


Em 1982,[3] passou a colaborar com a coluna Quadrinhos pelo Mundo a partir da edição 16 da revista Calafrio da Editora D-Arte, para a mesma editora, publicou a coluna As Grandes Obras em Quadrinhos na revista Mestres do Terror,[1][4] Em 1992, Sampaio havia entrevistado o quadrinista Flavio Colin para publicar na revista Mestres do Terror, contudo, a mesma foi cancelada e a entrevista permaneceu inédita até 2003, quando foi incluída no álbum "Mapinguari e Outras Histórias", publicado pela editora Opera Graphica.[5] Em janeiro de 1999, Sampaio foi premiado na categoria Mestre do Quadrinho Nacional do 15º Prêmio Angelo Agostini.[4]

Em novembro de 2000, lançou o fanzine de nostalgia Gazeta dos Quadrinhos,.[6] inspirado no tabloide semanal americano chamado The Menomonee Falls Gazette, em janeiro de 2001, lançou o Gazeta dos Quadrinhos Mensal e logo depois, o Gazeta dos Quadrinhos Especial, esses fanzines reproduziam histórias em quadrinhos antigas.[1] Gazeta dos Quadrinhos teve 200 edições, publicado até novembro de 2008, Gazeta dos Quadrinhos Mensal, teve 100 edições, publicado até abril de 2009 e Gazeta dos Quadrinhos Especial teve oito edições e foi publicado até o inverno de 2004, em 2005, publicou 13 edições do Álbum Gazeta dos Quadrinhos.[1] Em 2011, voltou a colaborar com a revista Calafrio, publicada pela CLUQ.[7] Além de fanzines, publicou os livros Tarzan – O Mito Desenhado, Tarzan Portfolio[1] e O Drama e a Aventura nos Quadrinhos de Jornal.[8] Atualmente, colabora com o fanzine QI de Edgard Guimarães.

BibliografiaEditar

  • Tarzan – O Mito Desenhado (edição de autor)
  • Tarzan Portfolio (edição de autor)
  • Fantasma: A Biografia Oficial do Primeiro Herói Fantasiado dos Quadrinhos, organizado por Marco Aurélio Lucchetti (Opera Graphica, 2009)
  • O Drama e a Aventura nos Quadrinhos de Jornal - 2 volumes (edição de autor, 2014)

PrêmiosEditar

Referências

  1. a b c d e f Sampaio, Luiz Antônio (março de 2010). «Memória do fanzine brasileiro - Depoimento do editor - Luiz Antônio Sampaio» (PDF). QI 
  2. «Edgard Guimarães» (PDF). Top! Top! (26). Consultado em 30 de janeiro de 2017. Arquivado do original (PDF) em 2 de fevereiro de 2017 
  3. «Entrevista: Luiz Antônio Sampaio». CLUQ. Calafrio (61). 2013 
  4. a b Prêmio Angelo Agostini é entregue hoje
  5. Quadrinhos - Traços Inconfundíveis
  6. Participe do 22º Prêmio Angelo Agostini
  7. Calafrio ganha edição especial de 30 anos
  8. Cavalcanti, Ionaldo; Almeida de Souza, Worney (2018). Essas Incríveis Heroínas de Papel (PDF). [S.l.]: EGO. 60 páginas