Luz nas Trevas – A Volta do Bandido da Luz Vermelha

filme de 2012 dirigido por Helena Ignez

Luz nas Trevas – A Volta do Bandido da Luz Vermelha é um filme brasileiro de 2012, co-dirigido por Helena Ignez, viúva de Rogério Sganzerla, diretor de O Bandido da Luz Vermelha (1968). Foi apresentado pela primeira vez em 11 de agosto de 2010 exclusivamente no Festival de Cinema de Locarno e lançado oficialmente nas salas de cinema em 12 de maio de 2012.[1]

Luz nas Trevas – A Volta do Bandido da Luz Vermelha
 Brasil
2012 •  cor •  83 min 
Direção Helena Ignez
Ícaro Martins
Produção Carol Minêm
Justine Otondo
Roteiro Helena Ignez
Ícaro Martins
Elenco Ney Matogrosso
Gênero drama
thriller
Cinematografia José Roberto Eliezer
Edição Rodrigo Lima
Companhia(s) produtora(s) Mercurio Produções
Lançamento 10 de maio de 2012
Idioma português

Nesta sequência do filme de 1968, o cantor Ney Matogrosso interpreta Luz Vermelha. Detido há mais de trinta anos, o criminoso reencontra o filho que teve com uma amante. Jorge (André Guerreiro Lopes) descobre o passado do pai e também vira bandido, gastando o dinheiro de seus roubos em farras — mesmo comportamento de Luz Vermelha da década de 1960.[2]

ElencoEditar

Referências

  1. «Pré-estréia do filme Luz nas Trevas - A volta do bandido da luz vermelha». UOL. Consultado em 5 de maio de 2017 
  2. Barbieri Jr., Miguel (11 de maio de 2012). «Luz nas Trevas – A Volta do Bandido da Luz Vermelha». Veja São Paulo. Consultado em 9 de abril de 2017 
  Este artigo sobre um filme do Brasil é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.