Abrir menu principal
Mário da Gama Kury
Nascimento 30 de dezembro de 1922
Sena Madureira
Morte Desconhecido
Cidadania Brasil
Ocupação tradutor

Mário da Gama Kury (Sena Madureira, Acre, 30 de dezembro de 1922 - ) foi um advogado, escritor e tradutor brasileiro. É considerado um dos maiores tradutores de clássicos gregos para o português brasileiro.[1] Traduziu também obras de escritores europeus relacionadas à literatura grega em inglês e francês, além de ter escrito trabalhos originais sobre esse tema.[2]

Índice

VidaEditar

Nasceu no Acre em 1922. Formou-se em direito e trabalhou na área até 1972, quando se aposentou. Filho de imigrante libanês com mãe brasileira, formou-se em direito e, nos anos 1940, começou a trabalhar na empresa estatal Companhia Vale do Rio Doce, onde atuou como advogado por mais de 30 anos.[3][4] Intelectual singular, Kury falava seis línguas fluentemente.[5] Quando se aposentou em 1976, pôde se dedicar mais intensamente à paixão de toda a vida: a tradução de clássicos da literatura greco-romana, diretamente do original para o português. O amor à língua de Aristóteles surgiu ainda menino ao folhear livros em grego da coleção do pai. Já adulto, decidiu aprender a ler "aqueles caracteres diferentes" por conta própria.[6]

A Academia Brasileira de Letras (ABL) recebeu 1.700 livros da coleção do tradutor em 2013. [7] [8]


ObrasEditar

Trabalhos originaisEditar

  • Dicionário de Mitologia Grega e Romana, Rio de Janeiro, Zahar, 1984; 8a. ed., 2009.
  • O Grego no 2º milênio, in Revista Filológica n. 7, 1957.
  • Introdução à Oração à Coroa de Demóstenes, trad. Adelino Capistrano, , Rio de Janeiro, Edições de Ouro, 1965.
  • Introdução às Vidas de Alexandre e César de Plutarco, trad. Hélio Veiga, , Rio de Janeiro, Edições de Ouro, 1965.

Traduções diretas do gregoEditar

TragédiasEditar

Ésquilo

Sófocles

Eurípides

ComédiasEditar

Aristófanes

Menandro

  • O Misantropo, Rio de Janeiro, Edições de Ouro, 1968.

FilosofiaEditar

Aristóteles

  • Política, Brasília, Editora UnB, 1985.
  • Ética a Nicômacos', Brasília, Editora UnB, 1985.

Marco Aurélio

  • Meditações, Rio de Janeiro, Edições de Ouro, 1967.

Diógenes Laércio

  • Vidas e Doutrinas dos Filósofos Ilustres', Brasília, Editora UnB, 3a. ed., 1988.

HistóriaEditar

Outras traduçõesEditar

  • Jacqueline de Romilly: Fundamentos de Literatura Grega, Rio de Janeiro, Zahar, 1984.
  • Sir Paul Harvey: Dicionário Havard de Literatura Grega e Latina, Rio de Janeiro, Zahar, 1987.
  • Marcel Detienne: A Escrita de Orfeu, Rio de Janeiro, Zahar, 1991.
  • J.V.Luce: Curso de Filosofia Grega, Rio de Janeiro, Zahar, 1994.

Referências

Ligações externasEditar

Referências