Abrir menu principal

O Madre de Deus Sport Clube é um clube brasileiro de futebol de Madre de Deus, no estado da Bahia. Suas cores são azul, amarelo e branco. Foi fundado em 22 de janeiro de 2002[1] e, em 2008, conquistou o Campeonato Baiano da Segunda Divisão, assim subindo para a elite do futebol baiano.

Madre de Deus
Madre de Deus.jpg
Nome Madre de Deus Sport Clube
Fundação 22 de janeiro de 2002 (17 anos)[1]
Estádio Municipal de Madre de Deus
Capacidade 6.000[1]
Presidente Brasil Hermógenes Alves[1]
Treinador Brasil Aroldo Moreira
Competição Bahia Campeonato Baiano
Website madresportclube.com.br
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Fundado em 22 de janeiro de 2002, o Madre de Deus Sport Clube surgiu para o cenário do futebol em maio de 2008, quando se profissionalizou e adquiriu condições de disputar uma competição oficial, pois, antes disputava somente torneios amadores.

Em tempo recorde, a diretoria do Madre de Deus conseguiu inscrever a equipe no Campeonato Baiano da Segunda Divisão, atendendo a todas as determinações impostas pela CBF. Montou uma equipe em menos de um mês e iniciou o trabalho. A equipe foi comandada por Paulo Salles, que foi ídolo do Bahia na década de 1980. Tinha no elenco jogadores como Tigre, Flávio, Mantena, Jamaica e Belo.

Na Segunda Divisão, conseguiu ser campeão invicto, justamente no seu primeiro ano de competição. Disputou dez partidas, venceu seis e empatou quatro, teve o melhor ataque da competição, com 22 gols marcados.

Em 2009 e 2010 já na elite do Campeonato Baiano de Futebol montou times com jogadores bastantes conhecidos do futebol brasileiro, principalmente jogadores vindos de Esporte Clube Bahia e Esporte Clube Vitória. Entre eles, passaram pelo Madre: Fausto, Jair, Elóy, Fábio Costa, Mantena, Reinaldo Aleluia, Pena e o experiente goleiro Jean, além deles a equipe também contava com jogadores de boa passagem por outros clubes como Fransuele, Jhulliam e Neno. Mesmo com o time cheio de medalhões, lutou para não cair em 2009, ficando em 10º Lugar. Já em 2010 mesmo tendo ficado nove partidas invicto, não conseguiu escapar e foi rebaixado para Segunda Divisão. No ano seguinte foi desativado.

TítulosEditar

ESTADUAIS
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Baiano - 2° Divisão 1 2008

Referências

  1. a b c d Portal Futebol Baiano. «Notícias sobre o Madre de Deus». Consultado em 20 de novembro de 2008 
   Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.