Madre de Deus (Bahia)

Madre de Deus é um município brasileiro do estado da Bahia. Possui uma área de 11,201 km², com uma população estimada em 2020 de 21 432 habitantes. Seu antigo nome era Ilha dos Cururupebas, em virtude do cacique tupinambá Cururupeba que habitava nessa ilha e que após anos de resistência, sucumbiu às investidas dos colonizadores portugueses.

Madre de Deus
  Município do Brasil  
Vista de mirante
Vista de mirante
Símbolos
Bandeira de Madre de Deus
Bandeira
Hino
Gentílico madredeusense
Localização
Localização de Madre de Deus na Bahia
Localização de Madre de Deus na Bahia
Mapa de Madre de Deus
Coordenadas 12° 44' 27" S 38° 37' 15" O
País Brasil
Unidade federativa Bahia
Região metropolitana Salvador
Municípios limítrofes Saubara, Salvador, Santo Amaro São Francisco do Conde e Candeias
Distância até a capital 63 km
História
Fundação 13 de junho de 1989
Administração
Prefeito(a) Jeferson Andrade Batista (DEM, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 32 km²
População total (IBGE/2020[2]) 21 432 hab.
Densidade 669,8 hab./km²
Clima tropical
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[3]) 0,708 alto
PIB (IBGE/2017[4]) R$ 444 180 mil
PIB per capita (IBGE/2017[4]) R$ 21 144,39

GeografiaEditar

O município é localizado em uma ilha. Sua ligação com o continente é através dos municípios de Candeias e São Francisco do Conde. Apenas 100 metros a separam do continente e uma ponte foi construída no fim dos anos cinquenta com a criação do terminal marítimo da Petrobras, o TEMADRE. Com a maré baixa é possível atravessar a pé de um lado para outro. A ilha situa-se na Baía de Todos os Santos, a maior do Brasil. O município antes pertencia a Salvador e emancipou-se no fim dos anos oitenta. Além do terminal marítimo da Petrobras, outras atividades são a pesca artesanal e o turismo pois trata-se da praia mais próxima da região. É uma região marcada por fortes agressões ecológicas, oriundas da indústria petrolífera, sendo marcantes na História do Município os derramamentos de petróleo de 1992 e 1999.

Este município é subdividido em duas macro-áreas: a Ilha de Madre de Deus e a Ilha de Maria Guarda. A ilha de Madre de Deus, por sua vez, se divide nos bairros do Centro, Suape, Cação, Marezinha, Mirim, Alto do Paraíso, Apicum, Nova Madre de Deus e Quitéria, Alto da Matriz, Alto do Santo Antônio, Alto da Boa Vista, Cururupeba, Malvinas e Nova Brasília.

PraiasEditar

EducaçãoEditar

A Rede Municipal de Educação de Madre de Deus atende, em 2016, a quase 3000 alunos dispostos nas 07 escolas municipais e estaduais, a saber:

1) Complexo de Educação Municipal Professor Magalhães Netto - do 6º ao 8º ano-(Período integral)

2) Escola Municipal Deijair Maria Pinheiro - 9º Ano e (inclui turmas de regularização de fluxo)

3) Escola Municipal Antônio Carlos Magalhães - do 4° ao 5º ano - (Período integral)

4) Escola Municipal Nossa Senhora Madre de Deus - 1º ao 3º ano - (Período integral)

5) Escola Municipal Luiz Eduardo Magalhães - Educação Infantil - (Período integral)

6) Escola Municipal de Maria Guarda - da Educação Infantil ao 5º ano

7) Espaço do Saber - turmas de Atendimento Educacional Especializado

8) Colégio (Estadual) Antonio Balbino - do 1° ao 3º ano do Ensino Médio

9) Centro Municipal de Educação Infantil Frei Godofredo Ralf - Educação Infantil (Período Integral)

CulturaEditar

EsporteEditar

 
Vista externa do Estádio municipal.

O município é lar do clube de futebol Madre de Deus Sport Clube, fundado em 22 de janeiro de 2002, que em 2008 venceu de forma invicta a Segunda Divisão Baiana de 2008, e se qualificou para disputar a Primeira Divisão Baiana 2009. Porém, no ano seguinte, teve uma atuação vergonhosa na primeira divisão e voltou para a divisão de acesso do campeonato baiano.

CarnavalEditar

O carnaval de Madre de Deus é uma festa de rua em que diversas pessoas vão atrás de um trio elétrico no bloco carnavalesco. Existe a tradição de vestir-se com fantasias que cobrem o corpo todo, as chamadas "caretas".

Referências

  1. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «estimativa_dou_2020.xls». ibge.gov.br. Consultado em 29 de agosto de 2020 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 7 de agosto de 2013 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2010 à 2017». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 15 de dezembro de 2019 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Madre de Deus (Bahia)