Magda Cardoso

Magda Cardoso (Lisboa, 20 de junho de 1941), é uma actriz, bailarina, coreógrafa, figurinista e professora. Como bailarina recebeu o Prémio Bordalo (1968), na categoria "Bailado".

BiografiaEditar

Magda Cardoso nasceu em 20 de junho de 1941, em Lisboa.[1]

Nascida Maria Madalena Fernandes Cardoso e criada na santarense Rua dos Lusíadas, a actriz, bailarina, coreógrafa, figurinista e professora adoptou o nome artístico de Magda Cardoso.

Iniciou os seus estudos de dança clássica no círculo de iniciação coreográfica Margarida de Abreu. Cursou a escola de dança do Conservatório Nacional. Posteriormente, foi para Paris onde se profissionaliza e é aplaudida e amada, trabalhando com grandes nomes do ballet como Nina Vyroubova, René Bom, Serge Piretti, Solange Golovina, entre outros.

Em Portugal, passa do Círculo de Iniciação Coreográfica, pelo o Grupo Verde Gaio e pelo o Ballet Gulbenkian.[1]

Magda Cardoso recebeu o Prémio Bordalo (1968), ou Prémio da Imprensa, entregue pela Casa da Imprensa em 1967, como bailarina na categoria "Bailado", que também distinguiu o bailarino Carlos Fernandes e o coreógrafo Fernando Lima. Nesta edição foram ainda atribuídos "Prémios Especiais Revelação " à bailarina Isabel Queirós e ao coreógrafo Carlos Trincheiras e um "Prémio Mérito" a Ava Ivanova.[2]

Mais tarde torna-se sócia fundadora do Teatro Adoque, onde interpreta um bailado que ficará na história do teatro português “Ti Coragem”, coreografado por Fernando Lima.

A partir do programa Sába dá bádu foi feita uma montagem especial, intitulada Sabadabadu – About Women, reunindo dois momentos marcantes do programa ("Mulher Fatal", com Rita Ribeiro e "A Severa", com Magda Cardoso e Joel Branco) que mereceu à RTP uma menção honrosa no 22.º Festival Rose d’Or, em Montreux, em 15 de março de 1982.

No novo milénio renova a lua ligação ao teatro como figurinista nos espectáculos Já Viram Isto (2006), Agarra que É Honesto! (2009) ou Vai de Em@il a Pior (2010)[1][3]

Magda Cardoso foi casada com Francisco Nicholson (1938-2016).[4] Após viverem juntos mais de 30 anos, dos quais 20 casados pelo civil, o casal decidiu formalizar a sua união perante a Igreja em 2008.[5]

TeatroEditar

Ano Título Funções Ref.
1974 Pides na Grelha actriz [1]
1975 A CIA dos Cardeais actriz [1]
1976 Taran-tan-tan não Enche Barriga! actriz [1]
1976 A Grande Cegada actriz [1]
1977 A Paródia actriz [1]
1977 Ó Calinas, Cala a Boca! actriz [1]
1978 Querias mas não te Dou actriz [1]
1978 Ora, Vê lá Tu! actriz [1]
1978 Fardos e Guitarradas actriz [1]
1978 O Regresso da Malta figurinos, cenários [1]
1979 1926, Noves fora nada figurinos, actriz [1]TV
1980 Chiça! Este É o Bom Governo de Portugal actriz, figurinos [1]TV
1981 Paga as Favas figurinos [1]
1982 Tá Entregue à Bicharada actriz [1]TV
1987 Toma lá Revista coreografia [1]
2006 Já Viram Isto?!... figurinos [1]
2009 Agarra, que É Honesto! figurinos [1]
2010 Vai de Em@il a Pior figurinos [3]

TelevisãoEditar

Ano Título Funções Ref.
1981 Gervásio Não Vai ao Ginásio Lena
1981 Sába dá bádu Vários papéis
1982 Vila Faia
1983 Origens Marta
1989 Canto Alegre Vários papéis
1992 Cinzas Laura
1994 Nico D'Obra Esposa de Leonel
2000 Ajuste de Contas Fátima
2001 Ganância Natércia Guerreiro
2002 O Bairro da Fonte
2002 O Olhar da Serpente Inês Marques Serôdio
2013 Bem-Vindos a Beirais Vicentina

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t «Ficha de Pessoa : Magda Cardoso». "Registo alterado em" não actualizado. Centro de Estudos de Teatro & Tiago Certal. 27 de Fevereiro de 2002. Consultado em 5 de outubro de 2017 
  2. «Prémios Bordalo». Em 1967 denominado "Prémio da Imprensa". Sindicato dos Jornalistas. 22 de janeiro de 2002. Consultado em 5 de outubro de 2017 
  3. a b «Paulo Vasco é primeira figura ao lado de Florbela Queirós». Correio da Manhã. 19 de agosto de 2010. Consultado em 5 de outubro de 2017 
  4. Porto Editora (2003–2012). «Francisco Nicholson». Porto: Infopédia. Consultado em 3 de dezembro de 2012. Arquivado do original em 4 de maio de 2013 
  5. Redação (30 de outubro de 2008). «Francisco Nicholson e Magda Cardoso casam-se após 30 anos de vida em comum». Caras. Consultado em 5 de outubro de 2017 

Ligações externasEditar