Abrir menu principal
Maquero
Localização atual
Maquero está localizado em: Jordânia
Maquero
Coordenadas 31° 34' 2" N 35° 37' 27" E
Região Pereia
Província Província de Madaba
País Jordânia
Dados históricos
Fundação Aprox. 90 a.C.
Abandono Aprox. 72 d.C.
Período/era Helenístico ao Império Romano

Maquero (em grego antigo: Μαχαιροῦς, transl.: μάχαιρα – trad.: “Makhaira” (espada); em árabe: ِقلعة المشناقى Qal'atu l-Mishnāqá) foi uma colina fortificada situada na Jordânia a 24 quilômetros ao sudeste da foz do rio Jordão, na costa leste do Mar morto, conhecido por ser o suposto local de prisão e morte de João Batista.[1]

HistóriaEditar

A fortaleza foi construída pelo rei Asmoneus, Alexandre Janeu em torno de 90 a.C..,[2] Destruída pelo general de Pompeu, Aulo Gabínio em 57 a.C.,[3] foi reconstruída por Herodes I, o Grande, em 30 a.C., servindo como uma base militar para controlar os territórios a leste do Jordão.[4]

Com a morte de Herodes, a fortaleza passou a seu filho Herodes Antipas, foi neste período que João Batista foi preso e condenado à morte na fortaleza.[5]

Após a morte Antipas em 39 d.C., a fortificação ficou sobe o comando de Herodes Agripa I até 44 d.C., em seguida, ficou sobre o controle direto de Roma. Em 66 d.C., rebeldes judeus conquistaram o forte durante a Primeira guerra judaico-romana.[6] Pouco tempo após a rendição de Heródio, o general Lucílio Basso, sitiou a fortaleza com suas tropas, expulsando os rebeldes e destruindo a fortaleza.

Referências

  1. David Noel Freedman, Allen C. Myers (2000). Eerdmans Dictionary of the Bible. [S.l.]: Amsterdam University Press. p. 583. ISBN 9053565035 
  2. Josephus, A Guerra dos Judeus 7.6.2
  3. Josephus, A Guerra dos Judeus 1.8.5
  4. Anastylosis at Machaerus, Biblical Archeology Review, Jan/Feb. 2015, Vol. 41, No. 1, pp52-61.
  5. Josephus Antiguidades Judaicas 18.5.2
  6. Josephus, A Guerra dos Judeus 2.18.6

Ligação externaEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Maquero