María Luisa Bemberg

María Luisa Bemberg (Buenos Aires, 14 de abril de 1922 — Buenos Aires, 7 de maio de 1995) foi uma roteirista e diretora de cinema argentina.

María Luisa Bemberg
María Luisa Bemberg (anos 70).
Nascimento 14 de abril de 1922
Nacionalidade  Argentina
Morte 7 de maio de 1995 (73 anos)
Ocupação Roteirista e diretora de cinema
Outros prêmios
Melhor Filme do Festival Internacional de Cinema de Cartagena
1991

Nos anos 70 estudou em Nova Iorque, com Lee Strasberg. Foi uma tenaz ativista do feminismo e uma das fundadoras da Unión Feminista Argentina, o que a levou a realizar uma arte vinculada à problemática da mulher.

Seu filme Camila foi escolhido para competir ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 1985, representando a Argentina.

Morreu aos 73 anos em decorrência de câncer, enquanto trabalhava no roteiro do filme El impostor, baseado em um conto de sua parente pelo lado materno, Silvina Ocampo. O filme foi realizado por seu colaborador Alejandro Maci, em 1997.

FilmografiaEditar

Como roteirista
Como diretora
  • De eso no se habla (1993)
  • Yo, la peor de todas (1990)
  • Miss Mary (1986)
  • Camila (1984)
  • Señora de nadie (1982)
  • Momentos (1981)

ReferênciasEditar

Ligações externasEditar