Marc Antony and Pussyfoot

Marc Antony (Marco Antônio, também referido como Marc Anthony em sua tigela em Feed the Kitty) e Pussyfoot (Nick Miau, na dublagem do SBT e às vezes chamado de "Kitty" ou "Cleo" em livros de história da Warner Bros.) são personagens animados de cinco curtas nas séries Looney Tunes e Merrie Melodies, da Warner Bros, incluindo Feed the Kitty[1], Feline Frame-Up[2] e Kiss Me Cat[3]. Marco Antônio é um buldogue grandalhão, normalmente marrom com uma barriga bege e orelhas pretas, embora sua coloração varie em alguns curtas. Ele se parece muito com o buldogue Hector (de Piu-Piu e Frajola), mas com patas traseiras mais finas e sem os caninos protuberantes. Nick Miau, em contraste, é um gato preto e branco, de olhos azuis e extremamente fofo, a quem Marco Antônio devota-se completamente com amor maternal.[1] Os personagens aparentam ter sido nomeados em alusão a Marco Antônio e Cleópatra, amantes descritos em Vidas Paralelas, de Plutarco. Chuck Jones, o criador, mencionou os esforços necessários para maximizar a fofura do gatinho. Quase totalmente constituído de cabeça e olhos, possui o corpo preto, com o rosto, a barriga e a ponta da cauda brancos. Fãs frequentemente confundem Marco Antônio com Hector, mas, em sua origem, são personagens completamente distintos.

Influência Editar

Nick Miau foi usado em alguns artigos de merchandising da Warner Bros.[4] e o par já estrelou diversas produções da Warner Bros, como o terceiro segmento do filme No Limite da Realidade, de 1983, e a história em quadrinhos "Bringing Up Baby", dos Looney Tunes, de 1999. Em Tiny Toons um personagem similar, chamado Barky Marky, foi apresentado, tendo um papel minoritário no show. O par também inspirou os personagens Buttons and Mindy, personagens no programa sucessor a Tiny Toons, Animaniacs. Curiosamente, no curta de Buttons and Mindy chamado Cat on a Hot Steel Beam, o gato que Mindy persegue durante o desenho é precisamente Nick Miau. Nick Miau faz ainda uma aparição no curta de 1995 de Chuck Jones, Another Froggy Evening. Jones mais tarde revisitaria a ideia de um gatinho fofo com um guarda-costas improvável em um curta de Tom e Jerry para a MGM, The Unshrinkable Jerry Mouse, com Jerry tornando-se amigo e protegido de um gato, contra Tom (enredo este baseado em Feline Frame-Up).

Um segmento de Feed the Kitty, em que Marco Antônio está inconsolável ao acreditar que Nick Miau foi transformado em um biscoito (alheio ao fato de que o gato está são e salvo[5]), foi homenageado no filme Monstros S.A. (2001) da Pixar, onde Sulley acredita que a garotinha Boo caiu em um compactador de lixo, re-encenando a cena de Marco Antônio quase que plano a plano.

Uma referência a Feed the Kitty também é feita nos episódios 13 e 14 da 14ª temporada de South Park, com Eric Cartman no papel de Nick Miau e Cthulhu como Marco Antônio, na clássica dinâmica do gato agindo adoravelmente[6].

Feed the Kitty foi lançado em DVD, na compilação Looney Tunes Golden Collection Volume 4, disco 4 e em Looney Tunes Spotlight Collection, e em Blu-ray, em Looney Tunes Platinum Collection: Volume 1.

Aparições Editar

Curtas Clássicos Editar

Outras mídias Editar

Referências

  1. a b McCall, Douglas L. Film Cartoons: A Guide to 20th Century American Animated Features and Shorts. Estados Unidos: McFarland & Company, Inc. p. 639. ISBN 0-7864-2450-8 
  2. Friedwald, Will; Beck, Jerry (1981). The Warner Brothers Cartoons. Estados Unidos: Scarecrow Press. p. 181. ISBN 0810813963 
  3. Friedwald, Will; Beck, Jerry (1981). The Warner Brothers Cartoons. Estados Unidos: Scarecrow Press. p. 174. ISBN 0810813963 
  4. https://www.warnerbros.com/studio/news/warner-bros-consumer-products-announces-partnership-taubman-centers-launch-looney-tunes
  5. Case, Steven L. (2005). Toons That Teach. Estados Unidos: Youth Specialties. p. 40. ISBN 0-310-25992-4 
  6. http://www.avclub.com/tvclub/south-park-coon-vs-coon-and-friends-47327
  Este artigo sobre uma personagem de ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.