Marco Fúlvio Curvo Petino

Marco Fúlvio Curvo Petino (m. 305 a.C.; em latim: Marcus Fulvius Curvus Paetinus) foi um político da gente Fúlvia da República Romana nomeado cônsul sufecto em 305 a.C. depois da morte de Tibério Minúcio Augurino na Batalha de Boviano. Seu companheiro era Lúcio Postúmio Megelo[1].

Marco Fúlvio Curvo Petino
Cônsul da República Romana

Consulado (305 a.C.)Editar

 Ver artigo principal: Segunda Guerra Samnita

Depois da Batalha de Boviano, Lúcio Postúmio Megelo voltou a Roma e se juntou a Marco Fúlvio. Os dois tomaram as cidades de Sora, Arpino e Cerênia[2]. Lívio[1] afirma que Megelo teria recebido um triunfo por sua vitória, mas esta informação não é confirmada pelos Fastos Triunfais[3][4].

Ver tambémEditar

Cônsul da República Romana
 
Precedido por:
'Quinto Márcio Trêmulo

com Públio Cornélio Arvina

Lúcio Postúmio Megelo
305 a.C.

com Tibério Minúcio Augurino
com Marco Fúlvio Curvo Petino (suf.)

Sucedido por:
'Públio Semprônio Sofo

com Públio Sulpício Saverrião


Referências

  1. a b Lívio, Ab Urbe condita IX, 44.
  2. Salmon, pg. 251
  3. Broughton, pg. 166
  4. Smith, pg. 1008

BibliografiaEditar