Abrir menu principal

BiografiaEditar

Durante a juventude, Marco Ferreri estudou veterinária e trabalhou como jornalista. Iniciou-se no cinema com documentários e cinema publicitário, foi diretor de produção e conseguiu começar a carreira na Espanha, fazendo fitas para o humorista Rafael Azcona, todas elas pautadas pelo humor negro e pela ácida crítica dos mitos sociais contemporâneos. Estas serão, aliás, características que irão acompanhar todos os filmes da sua carreira.

Entre os mais notados, se destaca "La Grande Bouffe", de 1973, (com Marcello Mastroianni, Michel Piccoli, Philippe Noiret e Ugo Tognazzi), uma desconcertante alegoria sobre a sociedade de consumo.

FilmografiaEditar

Ligações ExternasEditar

IMDB: Marco Ferreri

  Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.