Marco Fabio Mattoli (São Paulo, 12 de fevereiro de 1965 — São Paulo, 7 de agosto de 2022) foi um cantor, compositor e violonista brasileiro. Mattoli era o vocalista e violonista do grupo de samba-rock Clube do Balanço.

Marco Mattoli
Marco Mattoli
Nome completo Marco Fabio Mattoli
Conhecido(a) por Mattoli
Nascimento 12 de fevereiro de 1965
São Paulo, SP
Morte 7 de agosto de 2022 (57 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Cantor, compositor e violonista
Carreira musical
Período musical 1990 — 2022
Gênero(s) Samba-rock, samba
Instrumento(s) Vocal e violão
Gravadora(s) Regata, YB Music
Afiliações
Influências Jorge Ben Jor, Bedeu, Luís Vagner, Branca di Neve, Bebeto, Adoniran Barbosa, Erasmo Carlos
Página oficial
sambadomarcos.com

Biografia editar

Em 1990, fundou o grupo Os Guanabaras,[1] em 1993, o grupo lançou um álbum de mesmo nome, em 1997, Mattoli lançou um álbum solo no mercado japonês, Balanço Bom É Coisa Rara.[2]

Em 1999, fundou a banda Clube do Balanço, com o objetivo de reviver o samba-rock.[3] Em 2001, o grupo lançou o álbum Swing & Samba-rock com a participação de Paula Lima, Ivo Meirelles, Seu Jorge e os irmãos Wilson Simoninha e Max de Castro, Marku Ribas, Bebeto, Luís Vagner e Erasmo Carlos.[4] Em 2016, participou do CD e DVD Se assoprar posso acender de novo em homenagem ao sambista paulista Adoniran Barbosa, todo composto de canções inéditas do compositor, onde canta Encalacrado, dueto com a cantora Fabiana Cozza.[5]

Em 2018, Mattoli lança seu segundo álbum solo, "Samba do Marcos", diferente de seus trabalhos anteriores, o álbum é dedicado as formas mais tradicionais do samba.[6] Dirigiu o selo Mundaréu da gravadora YB Music.[7]

Matolli, morreu no dia 7 de agosto de 2022, ele não resistiu a um segundo infarto, duas semanas após o primeiro, que o obrigou a sofrer uma cirurgia para colocação de quatro pontes de safena.[8]

Discografia editar

Solo editar

  • 1997 - Balanço Bom É Coisa Rara
  • 2018 - Samba do Marcos - YB Music

Com o Clube do Balanço editar

  • 2001 - Swing & samba-rock - Regata/Jam Music
  • 2005 - Samba incrementado - MCD
  • 2009 - Pela Contramão - YB Music
  • 2014 - Menina da Janela - YB Music
  • 2019 - Balanço na quebrada

Referências

  1. «Marco Mattoli e sua saga rumo ao suingue». Cliquemusic. Consultado em 5 de agosto de 2020 
  2. «Mattoli mostra samba-rock em show». Folha de S.Paulo. 6 de junho de 1997. Consultado em 5 de agosto de 2020 
  3. «Clube do Balanço recicla quebradas do samba-rock ao completar 20 anos». G1. Consultado em 5 de agosto de 2020 
  4. «SWING & SAMBA-ROCK». Cliquemusic. Consultado em 5 de agosto de 2020 
  5. «Disco de inéditas de Adoniran Barbosa tem Ney Matogrosso, Criolo, Liniker e mais; ouça». O Globo. 22 de novembro de 2016. Consultado em 5 de agosto de 2020 
  6. «Marco Mattoli apresenta o álbum "Samba do Marcos"». Itaú Cultural. Consultado em 5 de agosto de 2020 
  7. Ferreira, Mauro. «Banda Nova Malandragem debuta em disco com standard do jazz na cadência do samba-rock». G1. Consultado em 17 de maio de 2021 
  8. «Morre Marco Mattoli, sambista fundador do Clube do Balanço». iG Celebridades. Consultado em 8 de agosto de 2022 

Ligações externas editar