Abrir menu principal

Margarida de Inglaterra, Condessa de Pembroke

Margarida
Princesa de Inglaterra
Condessa consorte de Pembroke
Cônjuge João Hastings, 2.° Conde de Pembroke
Casa Plantageneta (por nascimento)
Hastings (por casamento)
Nascimento 20 de julho de 1346
  Castelo de Windsor, Berkshire, Inglaterra
Morte após 1 de outubro de 1361 (15 anos)
Enterro Abadia de Abingdon, Oxfordshire, Inglaterra
Pai Eduardo III de Inglaterra
Mãe Filipa de Hainault

Margarida de Inglaterra, também conhecida como Margarida de Windsor (em inglês: Margaret; Castelo de Windsor, 20 de julho de 1346 — após 1 de outubro de 1361)[1] [2]foi uma princesa de Inglaterra por nascimento e condessa consorte de Pembroke como a primeira esposa de João Hastings, 2.° Conde de Pembroke.

FamíliaEditar

Margarida foi a quarta filha e décima criança nascida de Eduardo III de Inglaterra e de Filipa de Hainault. Seus avós paternos eram Eduardo II de Inglaterra e Isabel da França, e seus avós maternos eram Guilherme I de Hainaut e Joana de Valois.

Alguns de seus irmãos eram: Eduardo, o Príncipe Negro, pai do rei Ricardo II de Inglaterra; Leonel de Antuérpia, duque de Clarence; Edmundo de Langley, duque de Iorque; Maria de Waltham, duquesa consorte da Bretanha; João de Gante, duque de Lencastre, etc.

BiografiaEditar

Margarida casou-se com João Hastings em 19 de maio de 1359, na Abadia de Reading, no condado de Berkshire. Nessa mesma data, seu irmão, João de Gante, casou-se com sua primeira esposa, Branca de Lencastre, também em Reading.

João era filho de Lourenço Hastings, 1.° Conde de Pembroke e de Inês Mortimer, que era filha do famigerado Rogério Mortimer, 1.º Conde de March, amante e aliado da rainha Isabel de França, avó paterna de Margarida.

O casal não teve filhos.

Margarida morreu após a data de 1 de outubro de 1361, com aproximadamente 15 anos de idade. Foi enterrada na Abadia de Abingdon, atualmente em Oxfordshire.

Após 1368, João casou-se com Ana Manny.

AscendênciaEditar


Referências