Abrir menu principal

Maria Bertilla Boscardin

BiografiaEditar

Maria Bertilla nasceu em uma família de camponeses em Brendola, uma cidade da província de Vicenza, e entrou no convento de irmãs Doroteias aos 16 anos, em 8 de abril de 1905.[1]

Após um período inicial trabalhando na cozinha, ela se formou enfermeira em um hospital em Treviso para onde foi enviada.

Encontrou sua vocação no cuidado dos doentes, especialmente crianças, durante a Primeira Guerra Mundial.

Aos 22 anos foi operada pela primeira vez de um câncer. Morreu aos 34, depois de outra operação que não foi suficiente para derrotar a doença.

CanonizaçãoEditar

O processo de canonização começou em 1925, foi beatificada em 8 de junho 1952 pelo Papa Pio XII. Maria Bertilla Boscardin foi canonizada pelo Papa João XXIII em 11 de maio de 1961.

Sua memória litúrgica é comemorada em 20 de outubro.

Ligações ExternasEditar

Referências

  1. SDVI. «Santa Maria Bertilla» (em italiano). Consultado em 21 de setembro de 2011 
  Este artigo sobre a biografia de um santo, um beato ou um religioso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.