Abrir menu principal
Maria Leonor
Landgravina de Hesse-Rotemburgo
Retrato de autor desconhecido parte das Coleções Bávaras de Pinturas de Estado.
Princesa Hereditária de Sulzbach
Reinado 9 de junho de 169223 de abril de 1708
Condessa Palatina de Sulzbach
Reinado 23 de abril de 170827 de janeiro de 1720
 
Cônjuge Teodoro Eustácio, Conde Palatino de Sulzbach
Casa Hesse (por nascimento)
Wittelsbach (por casamento)
Nascimento 25 de setembro de 1675
  Castelo de Rheinfels, Sankt Goar, Hesse (atualmente na Renânia-Palatinado, Alemanha)
Morte 27 de janeiro de 1720 (44 anos)
  Sulzbach, Baviera, Alemanha
Enterro Sulzbach, Baviera, Alemanha
Pai Guilherme de Hesse-Rotemburgo
Mãe Maria Ana de Löwenstein-Wertheim

Maria Leonor Amália de Hesse-Rotemburgo (em alemão: Maria Eleonore Amalia; Castelo de Rheinfels, 25 de setembro de 1675Sulzbach, 27 de janeiro de 1720)[1][2] foi uma condessa de Hesse-Rotemburgo por nascimento, princesa hereditária de Sulzbach e condessa palatina de Sulzbach pelo seu casamento com Teodoro Eustácio do Palatinado-Sulzbach.

FamíliaEditar

Maria Leonor foi a segunda filha nascida do conde Guilherme de Hesse-Rotemburgo e de Maria Ana de Löwenstein-Wertheim-Rochefort. Seus avós paternos eram o conde Ernesto de Hesse-Rheinfels e Maria Leonor de Solms-Hohensolms. Seus avós maternos eram Fernando de Löwenstein-Wertheim-Rochefort e Ana Maria de Fürstenberg-Heiligenberg.

Ela teve sete irmãos, que eram: Leonor; Isabel Catarina Felicidade, esposa de Francisco Alexandre, Príncipe de Nassau-Hadamar, e depois do conde Antônio Fernando de Attems; Sofia; Maria Amália Guilhermina; Joaneta; Ernestina, esposa do conde Roberto de la Cerda de Villalonga, e o conde Ernesto Leopoldo de Hesse-Rotemburgo, marido de Leonor de Löwenstein-Wertheim.

BiografiaEditar

Em 9 de junho de 1692, Maria Leonor, de dezesseis anos, e o futuro conde Teodoro Eustácio, de trinta e três, se casaram em Lovosice, na Boêmia. Ele era filho do conde Cristiano Augusto do Palatinado-Sulzbach e de Amália de Nassau-Siegen.

Eles tiveram nove filhos, cinco meninas e quatro meninos.

A condessa faleceu aos 44 anos, em 27 de janeiro de 1720, e foi enterrada em Sulzbach.

Seu marido não casou-se novamente, e morreu em 11 de julho de 1732.

DescendênciaEditar

  • Amália Augusta (Amalia Auguste) (7 de junho de 1693 – 18 de janeiro de 1762), sem aliança;
  • José Carlos (Joseph Karl) (2 de novembro de 1694 – 18 de junho de 1729), casou com Isabel Augusta do Palatinado-Neuburgo, com descendência;
  • Francisca Cristina (Franziska Christine) (16 de maio de 1696 – 16 de julho de 1776), princesa-abadessa de Essen e de Thorn;
  • Ernestina Teodora (Ernestine Theodora) (15 de maio de 1697 – 14 de abril de 1775), casou com o conde Guilherme II de Hesse-Wanfried-Rheinfels, e depois de ficar viúva, tornou-se prioresa em um mosteiro em Neuburgo; sem descendência;
  • João Guilherme (Johann Wilhelm) (3 de junho de 1698 – 12 de abril de 1699);
  • João Cristiano (Johann Christian) (23 de janeiro de 1700 – 20 de julho de 1733), primeiro foi casado com Maria Henriqueta de La Tour de Auvérnia e, em segundas núpcias, com Leonor de Hesse-Rotemburgo; com descendência do primeiro casamento;
  • Isabel Leonor (Elisabeth Eleonore) (19 de abril de 1702 – 10 de fevereiro de 1704);
  • Ana Cristina (Anna Christine) (5 de fevereiro de 1704 – 12 de março de 1723), esposa do príncipe de Piemonte, Carlos Emanuel, futuro rei da Sardenha, com descendência;
  • João Guilherme Augusto (Johann Wilhelm August) (21 de agosto de 1706 – 28 de agosto de 1708).

Títulos e estilosEditar

  • 25 de fevereiro de 1675 – 9 de junho de 1692: Sua Alteza Sereníssima Maria Leonor de Hesse-Rotemburgo
  • 9 de junho de 1692 – 23 de abril de 1708: Sua Alteza Sereníssima A Princesa Hereditária de Sulzbach
  • 23 de abril de 1708 – 27 de janeiro de 1720: Sua Alteza Sereníssima A Condessa Palatina de Sulzbach

Referências

  1. «The Peerage». thepeerage.com 
  2. «Geneanet». gw.geneanet.org