Abrir menu principal

BiografiaEditar

Mariana Kupfer é a mais nova de três irmãs de uma família tradicional judaica de São Paulo. Filha de Giovanna Kupfer, criadora e ex-proprietária da marca Giovanna Baby e do empresário Luiz Kupfer, e irmã da colunista Karen Kupfer.[4][5][6][7]

Estudou comunicação na Fundação Armando Álvares Penteado.[7] Fez curso na International Fine Arts College, em Miami, nos Estados Unidos, onde se formou em 1994. De volta ao Brasil participou de workshops com grandes nomes do teatro nacional, como Naum Alves de Souza, além de cursos de interpretação para TV e cinema com Cristina Mutarelli,[4] Patrício Bisso,[4] Fernando Leal e Beto Silveira.

Sua primeira participação no cinema foi no longa-metragem Sau Paulo, de Dardo Toledo de Barros. Na televisão, estreou em 1998, com participação na novela Estrela de Fogo Água Água, da TV Record.

Mariana entrevistou modelos e estilistas no evento MorumbiFashion para a tevê por assinatura DirecTV.[5] Foi a primeira apresentadora do programa TV Fama, na RedeTV!, em 1999.[8][9][10][11][12][6][13][14][15] Neste mesmo ano se tornou vegetariana.[16][17]

Em 2001 iniciou participação no programa Pânico, na rádio Jovem Pan.[6][18] Também fez uma participação na novela As Filhas da Mãe, na Rede Globo.[14]

Ganhou projeção nacional com sua participação na Casa dos Artistas 2reality show de sucesso do SBT,[6][19][20] onde cantarolou a música “Looking for Love”. Após sair do programa, Mariana regravou “Looking for Love”,[21] que ficou durante 11 semanas consecutivas em 1º lugar como a música mais tocada no Brasil, pela rádio Jovem Pan.

Em 2003 lançou o CD “Life”, distribuído pela Abril Music.[22][23] No álbum, Mariana regravou 11 faixas de artistas como Everything but the Girl, Texas, Jennifer Paige, entre outros.

No ano seguinte, Mariana deixou o Pânico e foi convidada para ser repórter do programa A Noite é uma Criança, de Otávio Mesquita, na TV Bandeirantes.[24]

Na Rádio Bandeirantes, apresentou o Esporte em Debate,ao lado do veterano locutor Sílvio Luiz.[25][14]

Fez ensaio sensual para a revista VIP,[26] e foi capa da revista Playboy, a qual as fotos foram inspiradas no filme Closer.[2][16][17][27]

Em 2010 Mariana realizou o maior sonho de sua vida, que era ser mãe. Após alguns anos de dedicação exclusiva à sua filha Victoria,[28] Mariana retomou a carreira de apresentadora lançando o programa AMAR – Maternidade e amor, no YouTube.[29]

Referências

  1. «UOL Casa dos Artistas 2». Caras. UOL. Consultado em 9 de junho de 2018 
  2. a b «Mariana Kupfer, ex-"Casa dos Artistas", está na "Playboy"; espie!». UOL. 6 de novembro de 2005. Consultado em 9 de junho de 2018 
  3. «Mariana Kupfer celebra seus 42 anos ao lado de Ticiane Pinheiro e Vera Viel». Quem. Globo.com. 10 de junho de 2016. Consultado em 9 de junho de 2018 
  4. a b c «Mariana Kupfer». Folha de S.Paulo. UOL. 24 de março de 1994. Consultado em 9 de junho de 2018 
  5. a b Chantal Brissac (27 de setembro de 1999). «Musa que vai à luta». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 9 de junho de 2018 
  6. a b c d Juliana Lopes (25 de fevereiro de 2002). «Mariana Kupfer». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 9 de junho de 2018 
  7. a b Lu Lacerda (8 de maio de 2016). «Cinco perguntas para: Mariana Kupfer (sobre ser pai e mãe ao mesmo tempo)». IG. Consultado em 9 de junho de 2018 
  8. Chantal Brissac (27 de setembro de 1999). «Musa que vai à luta». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 9 de junho de 2018 
  9. Telmo Martino (29 de novembro de 1999). «Rede TV! ou Rede TV?». Folha de S.Paulo. UOL. Consultado em 9 de junho de 2018 
  10. Gabriela Mellão (3 de janeiro de 2000). «O primeiro tropeço da Rede TV!». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 9 de junho de 2018 
  11. «Rede TV! anuncia novidades na programação». Agência Estado. Estadão. 16 de julho de 2000. Consultado em 9 de junho de 2018 
  12. «"TV Fama": mudança no formato garante a audiência». Agência Estado. Estadão. 1 de outubro de 2000. Consultado em 9 de junho de 2018 
  13. Juliana Lopes (8 de abril de 2002). «"Não choro mais por nada"». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 9 de junho de 2018 
  14. a b c «Veja os artistas que estão afastados da TV». Terra Networks. 27 de agosto de 2008. Consultado em 9 de junho de 2018 
  15. Leonardo Volpato (27 de julho de 2017). «'Se não fosse a fofoca, muito artista com talento estaria na pior', diz Nelson Rubens». Folha de S.Paulo. UOL. Consultado em 9 de junho de 2018 
  16. a b «Mariana Kupfer tira a roupa na Playboy». Terra Networks. 6 de novembro de 2005. Consultado em 9 de junho de 2018 
  17. a b Elba Kriss (10 de novembro de 2005). «Mariana Kupfer lança Playboy com festa». Ofuxico. Terra Networks. Consultado em 9 de junho de 2018 
  18. Magaly Prado (10 de maio de 2003). «Mariana Kupfer deixa programa "Pânico"». Folha de S.Paulo. UOL. Consultado em 9 de junho de 2018 
  19. «Patricinha Mariana Kupfer já faz piada sobre solteirismo». Diário do Grande ABC. 18 de março de 2002. Consultado em 9 de junho de 2018 
  20. «Mariana explora sexualidade em brincadeiras com mulheres na "Casa"». Folha de S.Paulo. UOL. 29 de março de 2002. Consultado em 9 de junho de 2018 
  21. «Mariana Kupfer relembra carreira musical». Caras. UOL. 28 de novembro de 2017. Consultado em 9 de junho de 2018 
  22. «Nas ondas do rádio». Isto É Gente. Terra Networks. 23 de setembro de 2002. Consultado em 9 de junho de 2018 
  23. «Bate-papo com Mariana Kupfer». UOL. 3 de dezembro de 2002. Consultado em 9 de junho de 2018 
  24. «Sem medo de ser feliz». Isto É Gente. Terra Networks. 9 de junho de 2003. Consultado em 9 de junho de 2018 
  25. «Mariana Kupfer estréia ao lado de Silvio Luiz na Rádio Bandeirantes». Área Vip. 4 de maio de 2004. Consultado em 9 de junho de 2018 
  26. «Mariana Kupfer muda o visual para estampar capa da VIP». Terra Networks. 27 de janeiro de 2003. Consultado em 9 de junho de 2018 
  27. «"Não tive vergonha de posar nua", diz Mariana Kupfer». Terra Networks. 22 de novembro de 2005. Consultado em 9 de junho de 2018 
  28. «Mariana Kupfer dá à luz uma menina». Quem. Globo.com. 16 de maio de 2010. Consultado em 9 de junho de 2018 
  29. Victória Xavier (13 de abril de 2016). «Mariana Kupfer inicia segunda temporada de seu programa». Ofuxico. Terra Networks. Consultado em 9 de junho de 2018 

Ligações externasEditar