Abrir menu principal
Mark Tacher
Nome completo Mark Tacher Feingold
Nascimento 15 de setembro de 1977 (42 anos)
Cidade do México, D.F., México
Ocupação Ator
Cônjuge Mónica Fonseca (2009—2011)

Mark Tacher Feingold (Cidade do México, 15 de setembro de 1977) é um ator mexicano.[1][2]

BiografiaEditar

Filho de Alejandro Tacher e Mirela Feingold, Tacher é o quinto membro dos 5 irmãos, seus pais são dentistas e dois de seus irmãos, um é gerente de negócios e o outro é o apresentador de TV Alan Tacher. Estudou interpretação após ganhar um grau de Bacharel e estudou também no Centro de Treinamento Actoral na TV Azteca no México de (1997 a 1999), estudou música, guitarra, música e DJ na Academia G. Martell também localizado no México. Em seguida Mark se aperfeiçoou seus estudos de técnica de ópera, com a professora Lili de Migueles e assim que viajou para a Colômbia aprendeu com o professor Ramon Calzadilla. Mark já participou como modelo desfilando em algumas passarelas, representando marcas de roupas e sapatos famosos como: Hush Puppies, Naco e muitas marcas exclusivas de roupa mexicana. Decidiu aperfeiçoar sua técnica de ator e optou por continuar a estudar Técnicas de perfeiçoamento Actoral, na Venezuela com o professor Nelson Ortega.

Na televisão Tacher apareceu pela primeira vez como apresentador do programa "Nintendomania", que durou de 1996 até 1998. No mesmo ano em 1998, apresentou o programa "Visión Real" e no ano seguinte ele apresentou o programa "Atrevéte".

Como ator, Mark tem uma grande coleção de novelas, seus primeiros trabalhos foram: Perla (1998), Tres veces Sofia (1998) e Hablame de amor (1999), sua novela que te consagrou foi La Hija de Mariachi em 2006 interpretando o protagonista Emiliano Sanchez/ Francisco Lara ao lado de Carolina Ramirez. Em tantos anos de carreira, Mark recebeu muitos prêmios, como Las Palmas de Oro e Círculo Nacional de Jornalistas de Melhor Ator em 2002. Também ganhou o Mara de Oro Award como melhor ator na telenovela Mulher com pantaleones na Venezuela em 2005, no mesmo ano ele ganhou outro prêmio de Melhor da Venezuela, em 2007 ganhou o premio TvyNovelas (Colombia) pelo papel em La Hija de Mariachi como melhor ator, em 2012, ganhou o premio TVyNovelas (México) como melhor ator coadjuvante na novela Triunfo del Amor e em 2011 recebeu o premio People Awards Espanol também como melhor ator coadjuvante na novela Para volver a amar.

No teatro, entre as peças que ele fez incluem: El Cascanueves encenado no México em 1999, Trimusic, el genio de la musica para crianças, feito por Miguel Ángel Valles em 2000 e Las Princesas e sus principes no Centro Cultural, em San Ángel no ano de 2004.

Em 2008, Tacher participou da novela Los Protegidos, produzido pelo canal Teleset, onde interpretou o papel Santiago Puerta e no ano seguinte fez Verano de amor onde interpretou o antagonista Dante. No mesmo ano Tacher participou em Alma de Hierro produzido por Roberto Gomez Fernandéz e Gisele Gonzalez fazendo uma participação especial no papel de Gael Ferrer. Em 2010, participou da novela Para volver a amar, mas uma vez com o papel de antagonista, interpretando Jorge, no mesmo ano, participou da série Mujeres Asesinas na terceira temporada, interpretando Vicente, compartilhando com Diana Bracho, Maite Perroni e Luz María Aguilar.

Em 2011, participou da novela Triunfo del Amor como Alonso, interpretando ao lado de Maite Perroni, Willian Levy, Victoria Ruffo e César Évora.

No ano seguinte, foi convidado pela produtora Angeli Nesma Medina participando da novela Abismo de Pasión interpretando Gael Arango Navarro, ao lado de Angelique Boyer e David Zepeda. Seus trabalhos mais recentes são Qué pobres tan Ricos (2013), Qué te perdone Dios (2015), Antes Muerte que Lichita (2015) e Mujeres de Negro (2016) fazendo uma participação especial.

Vida PessoalEditar

Em julho de 2009, Tacher se casou com a empresária e jornalista Monica Fonseca mas o casamento durou apenas 2 anos, o casal se separou em 2011, a separação foi muito conturbada segundo Monica, ela acusou Tacher de abuso físico e psicológico, porém o ator veio a publico e negou a acusação. Em Outubro de 2015, Tacher acusou Monica de ter vazado um suposto vídeo íntimo onde ele estava na Colombia, porém na época não deu em nada e Mark ficou tranquilo quanto a mídia.

Em 2013, Tacher começou namorar a atriz Cecilia Galliano, na época Cecília ficou noiva de Mark, mas o relacionamento só durou quatro anos, o casal se separou em fevereiro de 2016.

FilmografiaEditar

CinemaEditar

Ano Título Papel Notas
2009 Condones.com Papel de apoio
2014 ¿Qué le dijiste a Dios? Santiago
2014 El Niño y El Delfín Iker

TelevisãoEditar

Ano Título Papel
1998-1999 Perla Alfredo Saravia
1998-1999 Tres veces Sofía Juan Carlos Cifuentes
1999-2000 Háblame de amor Leo Aguilar
2000-2001 Tío Alberto Eduardo Soler Sotomayor
2001-2002 Lo que es el amor Tadeo Márquez
2002-2003 Súbete a mi moto José "Pepe" Izaguirre
2003-2004 Mirada de mujer, el regreso Carlo Cárdenas
2004-2005 Mujer con pantalones Salvador Diego Vega Andonegui
2006 Decisiones
2006-2008 La hija del mariachi Emiliano Sánchez-Gallardo Galván / Francisco Lara Galván
2008-2009 Alma de hierro Gael Ferrer
2008-2009 Los protegidos Santiago Puerta Rentería / Esteban Bravo
2009 Verano de amor Dante Escudero
2010 Mujeres asesinas Vicente
2010-2011 Para volver a amar Jorge Casso
2010-2011 Triunfo del amor Alonso del Ángel
2012 Abismo de pasión Gael Mondragón / Gael Arango Navarro
2013-2014 Qué pobres tan ricos Alex Ruizpalacios Saraiva
2015 Que te perdone Dios Mateo López-Guerra Fuentes
2015-2016 Antes muerta que Lichita Pedestre
2016 Mujeres de negro Nicolás Lombardo Suárez
2017 El bienamado León Serrano Winter
2017-2018 Papá a toda madre Fabián Carvajal Murillo

[3][4][5]

Referências

  1. Susana Heredia. «¡Mark Tacher le pide perdón a Sebastián Rulli por decirle patán sin cerebro!». TVnotas. Consultado em 21 de janeiro de 2015 
  2. «Mark Tacher expresa su felicidad en redes sociales». TVnotas. Consultado em 21 de janeiro de 2015 
  3. «Mark Tacher - Biografía de Mark Tacher». www.biografias.es. Consultado em 18 de outubro de 2016 
  4. «¡Da detalles! Mark Tacher revela por qué terminó con Cecilia Galliano». Televisa Entretenimiento. Consultado em 18 de outubro de 2016 
  5. «Mark Tacher me maltrataba física y sicológicamente: Mónica Fonseca». El Universal Cartagena. 22 de outubro de 2014 

Ligações ExternasEditar