Marlene França

actriz brasileira

Marlene França (Uauá, 5 de agosto de 1943Itatiba, 23 de setembro de 2011[1]) foi uma atriz, cineasta, diretora, documentarista, apresentadora e locutora brasileira.

Marlene França
Nascimento 5 de agosto de 1943
Uauá, Bahia Bahia, Brasil
Nacionalidade Brasil brasileira
Morte 23 de setembro de 2011 (68 anos)
Itatiba, São Paulo SP, Brasil
Causa da morte Infarto
Ocupação Atriz, cineasta, diretora, documentarista, apresentadora e locutora
Atividade 1955-1988
Cônjuge Milton Amaral (1959-1963)
Ângelo Andrea Matarazzo (1964-2011)

BiografiaEditar

Aos 13 anos, vendia doces na feira, quando foi convidada por Alex Viany para trabalhar no filme teuto-brasileiro Rosa dos Ventos.

Outros convites vieram. Em 1959, Walter Hugo Khoury a leva a fazer Fronteiras do Inferno, e no ano seguinte se consagra ao lado de Mazzaropi em Jeca Tatu, de Milton Amaral, com quem estava casada.[2]

Depois de um ciclo de filmes rurais na década de 60, Marlene, por sua beleza plástica e seu tipo exótico, foi convidada a fazer vários filmes do gênero pornochanchada, principalmente na década de 1970, o que não a impediu, porém, de atuar em outras produções.

Seu diretor mais frequente nas comédias eróticas foi Fauzi Mansur. A Noite do Desejo (1973) lhe rendeu o prêmio Governador do Estado de melhor atriz.

Em 1976, Crueldade Mortal (Luiz Paulino dos Santos) a levaria ao Festival de Gramado, onde seria novamente premiada.

Sua filmografia abrange importantes cineastas brasileiros, como Ozualdo Candeias, Carlos Coimbra, Luís Sérgio Person, Rubem Biáfora, Jorge Ileli, Ody Fraga e Roberto Santos e outros, além dos já citados.

Marlene também se dedicou à direção, e seu currículo inclui três curta-metragens: Frei Tito (1983), Mulheres da Terra (1985) e Meninos de Rua (1988).

Faleceu de Infarto Fulminante aos 68 anos. Em Itatiba, no estado de São Paulo

FilmografiaEditar

Ano Título Personagem
1957 Die Windrose Retirante [3] [4]
1959 Fronteiras do Inferno
1960 Jeca Tatu Marina
1961 Mulheres e Milhões
A Garota do Quarto 13
1962 Três Cabras de Lampião
1963 O Cabeleira Edite
1964 Lampião, O Rei do Cangaço Das Dôr (Maria das Dores)
Der Satan mit den roten Haaren
1968 O Pequeno Mundo de Marcos Marlene
Panca de Valente Terezinha
1969 O Agente da Lei
1970 Se Meu Dólar Falasse
1971 Uma Verdadeira História de Amor Sueli
Lua-de-Mel e Amendoim amiga de Marcinha
Até o Último Mercenário Miriam
1972 Janaína - A Virgem Proibida Maria Teresa
A Herdeira Rebelde Marilu
A Infidelidade ao Alcance de Todos Dayse
Sinal Vermelho - As Fêmeas Tânia
1973 Uma Negra Chamada Teresa
Trindade… É Meu Nome
A Noite do Desejo Marcela
1974 O Super Manso Lúcia
Caçada Sangrenta Mecenas
1975 A Casa das Tentações Candidata
Bacalhau Susete
1976 A Noite das Fêmeas Márcia[5]
O Mulherengo Marcela
Crueldade Mortal Arlete
1978 O Estripador de Mulheres Mulher da boate
Mulher Desejada Edith [6]
O Bem Dotado - O Homem de Itu Neifa
1979 Paula - A História de uma Subversiva Marta
A Dama da Zona Juliana
1981 La conquista del paraíso
1982 O Último Vôo do Condor Telma
1983 Nasce Uma Mulher Helena
1988 Quincas Borba Fernanda[7]

TelevisãoEditar

Ano Título Personagem Notas
1961 Vigilante Rodoviário Episódio "O Rapto do Juca"
1963 Conflito
1966 O Amor Tem Cara de Mulher
Almas de Pedra Eugênia
A Ré Misteriosa Sandra
Ciúmes Clara
1967 Yoshico, um Poema de Amor Rosa
Os Rebeldes Ariane
1985 A Guerra dos Farrapos Bernardina Almeida

Teatro[8]Editar

  • A Idade dos Homens (1963)
  • A Grande Chantagem (1965)
  • A Infidelidade ao Alcance de Todos (1967)
  • A Comédia Atômica (1969)
  • Ensaio Selvagem (1973)
  • Dorotéia Vai à Guerra (1976)
  • Sinal de Vida (1979)

Prêmios e indicaçõesEditar

- Vencedor
1977: Melhor atriz coadjuvante por Crueldade Mortal
- Vencedor
1984, por Frei Tito
1987, por Mulheres da Terra
1988, por Meninos de Rua

Referências

  1. Morre a atriz Marlene França
  2. http://www.mulheresdocinemabrasileiro.com/entrevistaMarleneFranca.htm Arquivado em 24 de agosto de 2010, no Wayback Machine. Acessado em 18-07-12
  3. Cinemateca Brasileira, Ana [em linha]
  4. Cinemateca Brasileira, Die Windrose (A Rosa dos Ventos) [em linha]
  5. «A Noite das Fêmeas». Cinemateca Brasileira. Consultado em 5 de março de 2018 
  6. Cinemateca Brasileira, Mulher Desejada [em linha]
  7. «Quincas Borba». adorocinema.com. Consultado em 1 de julho de 2022 
  8. «Espetáculos de Marlene França». enciclopedia.itaucultural.org.br. Consultado em 1 de julho de 2022 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.