Abrir menu principal
Max Cavalera
Cavalera em concerto com o Cavalera Conspiracy no festival Eurockéennes em Belfort, França em 5 de julho de 2008
Informação geral
Nome completo Massimiliano Antônio Cavalera
Também conhecido(a) como Max Possessed
Nascimento 4 de agosto de 1969 (50 anos)
Local de nascimento Belo Horizonte, Minas Gerais
Brasil
Gênero(s) Heavy metal, groove metal, thrash metal, death metal, grindcore, nu metal, metal alternativo
Ocupação(ões) Músico
Instrumento(s) Vocais, guitarra, baixo, berimbau, percussão, sitar, sampler, talkbox, agogô
Modelos de instrumentos ESP Viper ESP Max 200
Extensão vocal Barítonos
Período em atividade 1984–presente
Outras ocupações Cantautor
Gravadora(s) Roadrunner, Cogumelo, Nuclear Blast, Napalm
Afiliação(ões) Sepultura, Nailbomb, Soulfly, Cavalera Conspiracy, Killer Be Killed, Roadrunner United, Probot, Metal All Stars, Guerrilha
Max em concerto.

Max Cavalera, nome artístico de Massimiliano Antônio Cavalera,[1] (Belo Horizonte, 4 de agosto de 1969) é um cantor e guitarrista e compositor brasileiro. Formou a banda de thrash metal Sepultura (que no começo era death metal) juntamente com seu irmão, Igor Cavalera. Devido as desavenças rompeu com a banda em 1996, formando o Soulfly.

A voz de Max Cavalera é conhecida mundialmente, forte e gutural. Graças a isso, foi escolhido para fazer uma participação no filme O Retorno da Múmia, no qual ele fez os gritos de um demônio.[2] No início dos anos 90, mudou-se para Phoenix, Estados Unidos, e hoje é naturalizado estadunidense.

Max foi idealizador do projeto Nailbomb juntamente com seu enteado Alex Newport.

Em 2007 formou outra banda juntamente com o seu irmão Igor Cavalera de seu nome Cavalera Conspiracy, que se apresentou com o tema Inflikted em Tempe, Arizona no "11th Anual D-Low Memorial Show" no dia 31 de agosto. Esta banda também serve para mostrar que os irmãos voltaram a entender-se.

Em outubro de 2008, a revista Rolling Stone promoveu a "Lista dos Cem Maiores Artistas da Música Brasileira", onde Max Cavalera ocupa o 47° lugar.[3]

Max Cavalera usa exclusivamente guitarras ESP, e é torcedor do Palmeiras.

Fez participação, cantando em português, na música "I.M.Sin" na versão deluxe do álbum "The Wrong Side of Heaven and the Righteous Side of Hell, Volume 1" da Banda americana Five Finger Death Punch.

Max também participou como ele mesmo no game de 2009 Grand Theft Auto IV: The Lost and Damned (jogo da Rockstar Games uma DLC de GTA IV). Max Cavalera abre a programação na Rádio L.C.H.C (Liberty City Hardcore Classics).

DiscografiaEditar

Referências

  1. Rodrigo Noé de Souza (17 de outubro de 2013). «Resenha - My Bloody Roots - Max Cavalera». Whiplash.Net. Consultado em 13 de novembro de 2013 
  2. «Full Cast and Crew for The Mummy Returns». Internet Movie Database. Consultado em 7 de abril de 2009 
  3. «Revista escolhe os 100 maiores da música brasileira; eleja a melhor cantora que ficou de fora da lista». UOL. BOL. 15 de outubro de 2008. Consultado em 13 de novembro de 2013 

Ligações externasEditar