Abrir menu principal

Meio-soprano lírico

Tipo de Voz
Feminino Masculino
Soprano alcance
Soprano
Tenor alcance
Tenor
Mezzo Soprano alcance
Meio-soprano
Barítono alcance
Barítono
Contralto alcance
Contralto
Baixo alcance
Baixo

Meio-soprano lírico é um timbre claro muito próximo do soprano, cuja passagem em voz plena encontra-se habituada, frequentemente, entre o Mi4. Possui grandes capacidades na região aguda como a emissão de tons aflautados, normalmente vibrantes e potentes. Não tem á agilidade vocal da coloratura mezzo-soprano ou o tamanho da força da mezzo-soprano dramático. A lírica mezzo-soprano é ideal para a maioria dos papéis in travestir.[1] Ainda é possível incluir na categoria a "mezzo-soprano acuto" timbre luminoso com a emissão mais aguda e virtuosa muito perto da soprano. As espanholas Conchita Super­via (1895-1936) e Teresa Berganza constituem dois exemplos notáveis desta voz. [2]

Personagens nas óperasEditar

(*) Detona um papel de liderança

Referências

  1. Boldrey, Richard (1994). Guia para papéis de ópera e Arias. Caldwell Publishing Company. ISBN 978-1-877761-64-5 .
  2. «aulas de musica»