Abrir menu principal
Mercedes Doretti
Nascimento 1959 (60 anos)
Buenos Aires
Cidadania Argentina
Alma mater Universidade de Buenos Aires
Ocupação antropólogo
Prêmios Prêmio MacArthur, 100 Mulheres

Mercedes Doretti (nascida em 1959) é uma antropóloga forense argentina.[1] Ela é conhecida por encontrar evidências de crimes contra a humanidade.[2]

VidaEditar

Sua mãe é Magdalena Ruiz Guinazu,[3] uma jornalista de rádio.[4]

Ela nasceu e foi criada em Buenos Aires, Argentina, e obteve uma pós-graduação em Ciências Antropológicas em 1987, pela Universidade Nacional de Buenos Aires. Ela ajudou a fundar a Equipe Argentina de Antropologia Forense.[5][6]

Ela trabalhou nas Filipinas, Chile, Venezuela, Guatemala, El Salvador, Iraque, Brasil, Croácia, Etiópia, Haiti, Panamá, Polinésia Francesa, África do Sul, Etiópia, República Democrática do Congo, Bósnia, Herzegovina, Timor Leste, Zimbábue, Costa do Marfim, Indonésia e México.

Ela palestrou na Universidade da Califórnia em Berkeley,[7] Universidade de Harvard, Massachusetts Institute of Technology, Universidade de Columbia, Universidade do Estado de Nova York em Purchase, New School for Social Research, Universidade de Rutgers, Anistia Internacional, The Carter Carter, e no Congresso Mundial de Arqueologia .[8]

A Human Rights Watch, Anistia Internacionale as Nações Unidas utilizam regularmente suas investigações em relatórios sobre os direitos humanos. Ela é conhecida por encontrar evidências de crimes contra a humanidade.[2] Ela vive na Cidade de Nova York.[9]

Em 2016, foi indicada pela BBC para a série 100 Mulheres, que busca combater a sub-representação de mulheres na mídia.[10]

PrêmiosEditar

  • 2007 MacArthur Fellows Program

ObrasEditar

PublicaçõesEditar

FilmesEditar

  • Following Antigone: Forensic Anthropology and Human Rights Investigations (EAAF Witness production 2002). Co-produtora

Referências

  1. Felicia R. lee (25 de setembro de 2007). «MacArthur Foundation Gives Out 'Genius Awards'». The New York Times. Consultado em 5 de abril de 2015 
  2. a b «Mercedes Doretti»  MacFound, Retrieved 25 November 2016
  3. [1][ligação inativa]
  4. Stephen G. Michaud (27 de dezembro de 1987). «IDENTIFYING ARGENTINA'S DISAPPEARED». The New York Times. Consultado em 5 de abril de 2015 
  5. «Awards». Eaaf.typepad.com. Consultado em 5 de abril de 2015 
  6. [2] Arquivado em 24 de julho de 2011 no Wayback Machine.
  7. «Berkeley.edu». Consultado em 22 de dezembro de 2009. Arquivado do original em 22 de julho de 2010 
  8. [3] Arquivado em 25 de fevereiro de 2009 no Wayback Machine.
  9. «Contact Us». Eaaf.typepad.com. Consultado em 5 de abril de 2015 
  10. «BBC 100 Women 2016: Who is on the list?». BBC News. 21 de novembro de 2016 

Ligações externasEditar