100 Mulheres (BBC)

prémio internacional dado pela BBC

100 Mulheres é uma série multi-formato da BBC iniciada em 2013. A série examina o papel das mulheres no século XXI e inclui eventos em Londres,[1] no México[2][3] e no Brasil. Assim que a lista é divulgada, é o começo do que é descrito pelo projeto como a "temporada das mulheres da BBC", com duração de três semanas, que inclui a transmissão, relatórios online, debates e criação de conteúdo jornalístico sobre o tópico das mulheres.[4] Mulheres de todo o mundo são incentivadas a participar através do Twitter[carece de fontes?] e comentar sobre a lista, bem como as entrevistas e debates que seguem a libertação da lista.[5] Em parceria com a Wikimedia UK, são organizados eventos de edição (edit-a-thons) em que são produzidos artigos na Wikipédia sobre as mulheres presentes na lista de cada ano, bem como outras mulheres de relevância.[6]

100 Mulheres (BBC)
100 Women (BBC)
Primeira edição 2013
Edição atual 2016
Período Novembro/dezembro
Gênero Divulgação jornalística
Realização BBC
Página oficial BBC 100 Women

HistóriaEditar

Depois do caso de estupro coletivo de Délhi em 2012, a editora da BBC Fiona Crack[7] e outras jornalistas, como Liliane Landor[8] foram inspiradas a criar uma série enfocando as questões e realizações das mulheres na sociedade atual.[9] Crack sentiu que muitas das questões que as mulheres estavam enfrentando não estavam recebendo cobertura em profundidade, e, em março de 2013, a BBC recebeu uma "invasão de comentários de mulheres ouvintes" para que a BBC fornecesse mais "conteúdo feito por e sobre as mulheres."[10]

Assim, a BBC lançou a série em 2013 para abordar a sub-representação das mulheres na mídia.[9][11] As mulheres que participaram no primeiro programa foram escolhidas através de uma pesquisa em serviços em 26 diferentes línguas.[10] A programação ocorreu no decorrer do mês, culminando em uma conferência realizada em 25 de outubro, na qual 100 mulheres de todo o mundo discutiram assuntos que compartilhavam em comum. Uma ampla gama de tópicos foi debatida cobrindo desafios de emprego, feminismo, maternidade e religião,[12] para examinar os desafios culturais e sociais enfrentados pelas mulheres em suas vidas.[13]

A série abordou desde então muitos tópicos, incluindo educação, saúde, igualdade de remuneração, mutilação genital, violência doméstica e abuso sexual[14] e procura fornecer às mulheres uma plataforma para discutir como melhorar o mundo e eliminar o sexismo.[15] As mulheres incluídas na lista são de todo o mundo que estão envolvidos em diversos campos de trabalho.[16] As mulheres que já são famosas são incluídas, assim como as pessoas que são menos conhecidas.[17][18]

Mulheres eleitasEditar

2016Editar

O tema de 2016 foi o desafio.[17] Uma parte do festival 100 Women festival ocorreu na Cidade do México nesse ano.[19] A lista de 2016 foi publicada em ordem alfabética.[20]

No. Imagem Nome Nacionalidade Descrição
1.   Alicia Keys Americana Cantora, compositora, pianista, atriz, produtora musical e filantropista
2. Aline Mukovi Neema Congolesa Ativista estudantil em prol de mudanças políticas
3. Amna Suleiman Palestina Manifestante contra proibição de mulheres andarem de bicicleta
4. Amy Roko Saudita Comediante conhecida no Instagram e no Vine
5. Asel Sadyrova Quirguiz Arqueira
6. Ashwaq Moharram Iemenita Médica lutando contra a fome em Hudaydah
7. Babs Forman Britânica Maquiadora londrina que cobre problemas de pele
8. Becci Wain Britânica Se auto-mutilava e desafiou políticas dos supermercados
9.   Carmen Aristegui Mexicana Jornalista investigativa
10. Carolina de Oliveira Brasileira Atriz e ativista de saúde mental
11. Cat Hulbert Americana Jogadora profissional de pôquer
12.   Chan Yuen-ting Hong Kong Treinadora de futebol[21]
13. Chanira Bajracharya Nepalesa Antiga deusa viva, ou Kumari
14. Churan Zheng Chinesa Ativista dos direitos das mulheres presa por planejar protestos contra o assédio sexual em transportes públicos
15. Cindy Meston Canadense Professora de psicologia clínica
16.   Conchi Reyes Rios Espanhola Toureira
17.   Corinne Maier Suíça Escritora
18. Dalia Sabri Jordaniana Professora de música deficiente visual
19.   Denise Ho Hong Kong Ícone pop e ativista pró-democracia[21]
20. Doaa el-Adl Egípcia Cartunista
21. Dwi Handa Indonésia Ícone da moda no Instagram
22. Egge Kande Senegalesa Líder comunitária que trabalha com educação para meninas
23. Ellinah Ntombi Wamukoya Essuatíni Primeira bispa anglicana do sul da África
24. Erin McKenney Americana Cientista
25. Erin Sweeny Australiana Psicóloga especializada em estupro
26.   Evelyn Miralles Venezuelana Engenheira da NASA
27. Funke Bucknor-Obruthe[22] Nigeriana Produtora de casamentos de celebridades
28.   Gcina Mhlope[23] Sul-africana Escritora, poeta e dramaturga
29. Gouri Chindarkar Indiana Estudante de Engenharia de Computação da "School in the Cloud"
30. Heather Rabbatts Jamaicana Executiva-chefe do distrito de Lambeth, Londres
31.   Heloise Letissier Francesa Pop star, com o nome artístico de Christine and the Queens
32. Ieshia Evans Americana Enfermeira, ícone do movimento Black Lives Matter
33. Isabella Springmuhl Tejada Guatemalteca Designer de moda
34. Iskra Lawrence Britânica Modelo
35.   Jamilah Lemieux Americana Colunista e editora
36. Jane Elliott Americana Ativista anti-racismo
37.   Janet Ni Shuilleabhain Irlandesa Ativista pró-aborto
38.   Jeanette Winterson Britânica Novelista
39. Judi Aubel Americana Empreendedora social
40.   June Eric-Udorie Irlandesa Ativista estudantil
41.   Karima Baloch Paquistanesa Ativista pela independência
42.   Kartika Jahja Indonésia Ativista da igualdade de gênero
43.   Katherine Johnson Americana Cientista espacial que fez os cálculos para a Apollo 11
44. Kathy Murray Americana Coach de relacionamentos
45.   Khadijia Ismailova Azerbaijani Jornalista
46. Lhakpa Sherpa Nepalesa Alpinista frequente no Monte Everest
47.   Liliane Landor Libanesa Jornalista da BBC
48. Liv Little Britânica Editora de revistas
49. Lois Strong Americana Cheerleader
50. Lubna Tahtamouni Jordaniana Militante da ciência
51. Lucy Finch Maláui Fundadora do primeiro e único hospício do Maláui
52.   Mallika Srinivasan Indiana Fabricante de tratores
53. Mao Kobayashi Japonesa Blogueira sobre câncer
54.   Mariana Costa Peruana Empresária
55. Marne Levine Americana Diretora de Operações do Instagram
56. Marta Sanchez Soler Mexicana Socióloga
57.   Marta Vieira da Silva Brasileira Futebolista
58. 'Mary' Queniana Sobrevivente de estupro pela milícia Al-Shabaab
59.   Mary Akrami Afegã Administradora de abrigo para mulheres
60. Megan Beveridge Escocesa Gaiteira
61. Mercedes Doretti Argentina Antropóloga forense que investiga crimes contra a humanidade
62. Morena Herrera Savadorenha Ativista pró-aborto
63. Nadia Khiari Tunisiana Cartunista
64. Nadiya Hussain Britânica Ganhadora do reality show "The Great British Bake Off"
65. Naema Ahmed Paquistanesa Gerente de startup
66. Nagira Sabashova Quirguiz Lutadora
67. Natalia Ponce de Leon Colombiana Vítima de ataque com ácido
68. Nay el-Rahi Libanesa Fundadora do HarassTracker.org
69. Neha Singh Indiana Ativista contra o assédio sexual no espaço público
70. Omotade Alalade Nigeriana Fundadora da BeiBei Haven Foundation
71. Ou Xiaobai Chinesa Desenvolvedora de app para conectar gays e lésbicas para casamentos de conveniência
72. Pashtun Rahmat Afegã Policial
73.   Paula Hawkins Zimbábue Autora do livro "The Girl on the Train"
74. Pratibha Parmar Queniana Cineasta e ativista feminista
75.   Rachida Dati Francesa Política
76. Rakefet Russak-Aminoach Israelita Banqueira
77.   Rebecca Walker Americana Escritora e ativista
78. Reham el-Hour Marroquina Cartunista
79. Renee Rabinowitz Belga Advogada que processou a companhia aérea El Al por ter sido requerida a se mudar de lugar por pedido de um homem que não queria sentar ao lado de uma mulher
80.   Saalumarada Thimmakka Indiana Ativista ambiental de 105 anos de idade
81.   Seyhan Arman Turca Atriz e ativista trans
82.   Sherin Khankan Dinamarquesa Imame, briu a primeira mesquita liderada pelas mulheres na Dinamarca
83. Shirin Gerami Iraniana Primeira triatleta iraniana
84.   Shriti Vadera Ugandesa Banqueira e ministra britânica
85.   Sian Williams Galesa Jogadora de rugby
86.   Simone Biles American Ginasta olímpica
87.   Stephanie Harvey Canadense "MissHarvey", e-gamer profissional
88. Stephanie Yim Bell Americana Lutadora
89.   Sunny Leone Canadense Atriz
90. Traci Houpapa Neozelandesa Administradora de empresa
91. Um-Yehia Síria Enfermeira
92.   Viktoria Modesta Lituana Ícone pop
93.   Winnie Harlow Canadense Modelo
94. Yasmine Mustafa Quaitiana Empreendedora
95.   Yuliya Stepanova Russa Atleta e denunciante de doping
96.   Zoleka Mandela Sul-africana Escritora e neta de Nelson Mandela
97. Zulaikha Patel Sul-africana Ativista de 13 anos de idade
98. Tess Asplund Sueca Ativista anti-fascismo
99. Thuli Madonsela[23] Sul-africana Advogada que combate a corrupção
100. Maria Zakharova Russa Porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Rússia

2015Editar

A lista das 100 Mulheres da BBC de 2015 foi composta de nomes famosos internacionalmente,[24] bem como de mulheres desconhecidas, mas que representam questões que todas as mulheres enfrentam. A lista de mulheres de 2015 inclui representantes de 51 países, que não são necessariamente aquelas que seriam vistas como modelos - uma mulher que sofre de depressão, uma mulher que luta por acesso igualitário a banheiros, uma mulher que encoraja outras a evitar maquiagem e uma nômade pastora de renas.[25]

Imagem Nome Nacionalidade Ocupação
  Nicola Adams Britânica Boxeadora
  Muzzon al-Mellehan Síria Ativista
Siba Alaradi Síria Engenheira estrutural
Antonia Albert Austríaca Empreendedora
  Sonita Alizadeh[26] Afegã Rapper
  Victoria Alonsoperez Uruguaia Empreendedora
Niloufar Ardalan Iraniana Futebolista
Paulina Arreola Mexicana Empreendedora
Masoumeh Ataei Iraniana Sobrevivente de ataque com ácido
  Xyza Bacani Filipina Fotógrafa
Alimata Bara Burquinense Negociante
Sana Ben Ashour Tunisina Ativista
  Nicola Benedetti Britânica Musicista
Meryl Benitah Francesa Empreendedora
  Fatou Bensouda Gambiana Promotora-Chefe da Corte Penal Internacional (ICC)
  Asha Bhosle[18] Indiana Cantora
  Cecilia Bouzat Argentina Biofísica
  Bobbi Brown Norte-americana Maquiadora e empreendedora
Naomi Bya’Ombe Congolesa Estudante
  Rivka Carmi Israelense Geneticista
Massiel Chávez Venezuelana Estudante
Eveles Chimala Malawi parteira
  Estela de Carlotto Argentina Ativista dos Direitos Humanos
  Nkosazana Dlamini-Zuma Sul-africana Física e líder da Comissão da União Africana
Isabel dos Santos Angolana Investidora
Leimin Duong Australiana Empreendedora de cervejas
Ficheiro:Ghana Code Club logo.png Ernestina Edem Appiah Ganense Empreendedora social
Aissa Edon Franco-maliana Parteira
Jana Elhassan Libanesa Novelista
  Nawal al-Sa'dawi Egípcia Escritora
  Paula Escobar Chilena Editora de revistas
Monir Shahroudy Farmanfarmaian Iraniana Artista
  Claire Fox Britânica Escritora e radialista
Elissa Freiha Emiradense Empreendedora
  Uta Frith Alemã Psicóloga
Melanie Goldsmith Britânica Empreendedora
Alina Gracheva Moldava Operadora de câmera
Megan Grano Norte-americana Comediante
Alice Gray Britânica Blogueira de ciência
  Sara Jane Ho Hong Kong Empreendedora
Michaela Hollywood Britânica Captadora de recursos para deficientes
Ella Ingram[26] Australiana Ativista contra a disciminação a deficientes mentais
Ayesha Ishtiaq Paquistanesa Estudante
Somayya Jabarti Saudita Editora de jornal
Azza Jadalla Palestina Enfermeira
Misraa Jimaa Etíope Agente de saúde
  Samantha John Americana Empreendedora
  Kamini Kaushal[18] Indiana Atriz de Bollywood
Tahmina Kohistani Afegã Atleta olímpica
Rimppi Kumari[18] Indiana Fazendeira
  Linda Kwamboka Queniana Empreendedora
Tina Lavender Britânica Parteira
Zihan Ling Chinesa Empreendedora
Zimasa Mabela Sul-africana Capitã naval
Emi Mahmoud Sudanesa-americana Poeta
  Catherine Mahugu Queniana Empreendedora de jóias
Amara Majeed Norte-americana Ativista e autora
Nemata Majeks-Walker Serra Leoa Ativista dos direitos das mulheres
  Katrine Marcal Sueca Economista
Karabo Mathang Sul-africana Empreendedora
Muniba Mazari Paquistanesa Artista e âncora
Jessy McCabe Britânica Estudante
  Sania Mirza[26] Indiana Tenista
  Brit Morin Norte-americana Empreendedora
Smriti Nagpal[18] Indiana Empreendedora
Pauline Ng Singapuriana Empreendedora
Delaney Osborne Americana Estudante
  Isabel Pesce Brasileira Empreendedora
Verashni Pillay Sul-africana Editora de jornais
Irina Polyakova Russa Atleta paralímpica
Elsa Prieto Franco-espanhola Empreendedora
Cristina Randall Canadense Empreendedora
Claire Reid Sul-africana Empreendedora
Jenni Rhodes Britânica Designer têxtil
Nikita Ridgeway Australiana Empreendedora
Neyda Rojas Venezuelana Freira
Lubov Russkina Russa Pastora de renas
Rabia Salihu Said Nigeriana Física
Amina Sboui Tunisina Sixteenth Row
Lorrana Scarpioni Brasileira Empreendedora
Louise Schwartz Jamaicana Artista de cabaré
  Patricia Scotland, Baroness Scotland of Asthal Britânica-dominicana Advogada e procuradora-geral
Mumtaz Shaikh[18] Indiana Ativista dos Direitos Humanos
  Nareen Shammo Iraquiana Jornalista e ativista
Rasha Shehada Palestina Diretora fabril
Zuzanna Stanska Polonesa Empreendedora
Michelle Sun Hong Kong Empreendedora
  Hilary Swank[26] Americana Atriz
Julie Sygiel Norte-americana Empreendedora
Rotana Tarabzouni Saudita Cantora e compositora
Kanika Tekriwal[18] Indiana Empreendedora
Lizanne Teo Singapuriana Empreendedora
  Jana Tepe Alemã Empreendedora
Li Tingting Chinesa Ativista dos Direitos Humanos
Sophie Walker Britânica Líder do Partido da Igualdade das Mulheres
  Alek Wek Sudanesa Modelo e embaixadora da ONU
Xian Xu Chinesa Empreendedora
Tin Tin Yu Birmanesa Professora
Marie-Ange Zimndou Koutou Centro-Africana Enfermeira
Nour Síria Refugiada

Iniciativas por anoEditar

Referências

  1. «100 Women: Who is taking part?». BBC News. 22 de outubro de 2013 
  2. Low, Harry (25 de novembro de 2016). «100 Women 2016: Mexico festival draws thousands». BBC News 
  3. «Participa Inmujeres CDMX en el festival 100 Women de la BBC». CDMX (em Spanish). 24 de novembro de 2016. Consultado em 6 de dezembro de 2016 
  4. «Saalumarada Thimmakka in BBC's 100 Women list». The Times of India. 23 de novembro de 2016 
  5. Stoughton, India (28 de outubro de 2014). «Lebanon makes its mark on BBC's 100 Women list». Beirut, Lebanon: The Daily Star. Consultado em 6 de dezembro de 2016 
  6. 100 Women 2016: How to join our edit-a-thon[ligação inativa]
  7. WITW Staff (18 de novembro de 2015). «BBC's 100 Women program celebrates female accomplishments across the globe». The New York Times 
  8. Martinson, Jane (16 de junho de 2016). «BBC World Service Language Boss and Diversity Champion Quits». The Guardian 
  9. a b Crack, Fiona (31 de outubro de 2013). «100 BBC 100 Women: a series borne out of suffering and violence». The Guardian 
  10. a b Fisher, Amanda (26 de outubro de 2013). «BBC assembles 100 women to get them talking on issues». Khaleej Times 
  11. «Impact case study (REF3b): Impact on strategy and institutional memory at the BBC World Service». C23 Sociology, Open University. 2014 
  12. Fletcher, Becky (3 de novembro de 2013). «11 things you need to know about #100Women». Cosmopolitan 
  13. «Rubana among BBC's 100 Women». Dhaka Tribune. Dhaka, Bangladesh. 26 de outubro de 2013 
  14. «#100 Women: Join the Conversation». BBC news. BBC. 4 de outubro de 2013. Consultado em 5 de julho de 2014 
  15. Pantony, Ali (21 de novembro de 2016). «Meet the most badass women of 2016». New York City, New York: Condé Nast. Glamour. Consultado em 6 de dezembro de 2016 
  16. «Lebanon Makes its Mark on BBC's 100 Women List». The Daily Star. 28 de outubro de 2014. Consultado em 6 de dezembro de 2016 
  17. a b Moss, Rachel (21 de novembro de 2016). «BBC '100 Women Of 2016' Highlights A Year Of Defiance For Womankind». The Huffington Post 
  18. a b c d e f g «Seven Indians feature in BBC 100 Women 2015 list». The Times of India. 19 de novembro de 2015 
  19. «Ángela, hija de Pepe Aguilar, participará en el Festival BBC 100 Women». UniMexicali (em Spanish). 16 de novembro de 2016. Consultado em 6 de dezembro de 2016 
  20. «BBC 100 Women 2016: Who is on the list?». BBC News. 21 de novembro de 2016 
  21. a b Cheng, Kris (21 de novembro de 2016). «Singer Denise Ho and football coach Chan Yuen-ting featured in BBC's annual 100 Women list». Hong Kong Free Press 
  22. Yay! Nigeria’s Funke Bucknor-Obruthe & Omotade Alalade make BBC’s "100 Women" List for 2016, 23 de novembro de 2016, BellaNaija, acessado em 6 de dezembro de 2016
  23. a b Four South Africa women make it on BBC’s 100 Women List 2016, You, acessado em 6 de dezembro de 2016
  24. «BBC 100 Women 2015: Who is on the list?». BBC News. 17 de novembro de 2015 
  25. معتمدی, کامران (11 de fevereiro de 2016). «اشتغال، رهایی و پیامبران جدید سرمایه» [Employment, freedom and new capital messenger] (em Persian). Amsterdam, The Netherlands: رادیو زمانه. Consultado em 6 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 2 de maio de 2016 
  26. a b c d Australian mental health champion among BBC’s 100 inspirational woman, 27 de novembro de 2015, BeyondBlue, acessado em 6 de dezembro de 2016

Links externosEditar