Mesoderme

folheto embrionário que se forma na terceira semana de gestação
Mesoderme
Embrião vertebrado.jpg
Gray21.png
Secção através do embrião.
Gray pág.49
MeSH Mesoderm

A mesoderme é um folheto embrionário que se forma na terceira semana de gestação, após a gastrulação, durante a neurulação no embrião dos animais triploblásticos, como os vertebrados. Situado entre a endoderme e a ectoderme, envolve uma cavidade com líquido chamada celoma que forma parte do sistema digestivo. Dá origem ao mesênquima e aos somitos.[1]

DiferenciaçãoEditar

A mesoderme faz diferenciação celular originando[1]:

Mesênquima:

Somitos:

Cordomesoderme:

  • Notocorda (será substituída posteriormente pela coluna vertebral) A notocorda forma o núcleo pulposo das vértebras.

Outros:

Sub-tiposEditar

Durante a fase de neurulação, a mesoderme pode ser sub-divida em quatro áreas:[2]

  • Mesoderme intermédia: dará origem ao sistema urogenital.
  • Mesoderme lateral: divide-se em duas placas: a placa somática (parietal) e a placa esplâncnica (visceral) e, entre as duas, o celoma (nos animais celomados).
    • Somática: dá origem a ossos, ligamentos, tecido conectivo e vasos sanguíneos dos membros.
    • Esplâncnica: dá origem a coração, vasos sanguíneos e musculatura lisa dos pulmões e sistema digestivo.
    • Celoma: dá origem às cavidades do corpo (pleural, pericárdica e peritoneal)

Ver tambémEditar

 
O Wikcionário tem o verbete mesoderme.

Referências

  1. a b http://www.princeton.edu/~achaney/tmve/wiki100k/docs/Mesoderm.html
  2. Gilbert, Scott F. (2000). «Lateral Plate Mesoderm». Developmental Biology. 6th edition (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2021 

Ligações externasEditar