Messier 65

galáxia
M65
Messier 65, Telescópio Espacial Hubble
Descoberto por Charles Messier
Data de descoberta de 1780
Dados observacionais (J2000)
Constelação Leo
Tipo SAB(rs)a
Asc. reta 11h 18m 55.9s
Declinação +13° 05′ 37″
Distância 22 milhões de anos-luz (6.7 Mpc)
Redshift 807 ± 3 km/s
Magnit. apar. 9.3
Dimensões 9′.8 × 2′.9
Características físicas
Raio anos-luz
Outras denominações
Messier 65, NGC 3623, UGC 6328, MCG+02-29-018, CGCG 067.054, h 854, GC 2373, ARP 317, VV 308, IRAS 11163+1322, PGC 34612.
Mapa
Messier 65
Leo constellation map.png

Messier 65 (NGC 3623) é uma galáxia espiral na direção da constelação de Leo. Possui uma ascensão reta de 11 horas, 18 minutos e 55.9 segundos, e uma declinação de +13º 05' 37".

Junto com M66 e NGC 3628, formam o famoso Trio Leo, um pequeno grupo de galáxias.

A galáxia M65 foi descoberta por Charles Messier, em 1780.

Descoberta e visualizaçãoEditar

A galáxia espiral foi descoberta pelo astrônomo francês Charles Messier, descobrindo na mesma ocasião Messier 66. Ambos foram catalogados em 1 de março de 1780 e Messier descreveu M65 como uma "nebulosa muito tênue sem estrelas". Ao descrever a descoberta da galáxia, William Henry Smyth atribuiu erroneamente a descoberta de M65, M66 e M68 ao amigo e colega de observatório de Messier, Pierre Méchain, erro propagado historicamente mesmo em livros mais recentes.[1]

CaracterísticasEditar

A galáxia, juntamente com Messier 66 e NGC 3628, formam um grupo galáctico, conhecido como o Trio do Leão, localizado a cerca de 35 milhões de anos-luz em relação à Terra. Embora esteja próximo de suas companheiras de grupo, ou seja, está ligada gravitacionalmente com os outros membros de seu grupo, a galáxia praticamente não tem alterações significativas em sua estrutura. Seu conjunto de braços é denso e seu núcleo galáctico é lenticular e denso. Seu diâmetro aparente na esfera celeste é de 8,5 minutos de grau, o que corresponde a um diâmetro real de 87 000 anos-luz.[1]

Uma de suas principais características é a nuvem interestelar que obscurece parcialmente a luminosidade da galáxia. Seu disco é constituído por uma população estelar velha, embora em sua borda seja possível visualizar lguns pontos azuis onda há formação estelar.[1]

GaleriaEditar

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. a b c Hartmut Frommert e Christine Kronberg (21 de agosto de 2007). «Messier Object 65» (em inglês). SEDS. Consultado em 28 de maio de 2012 
     NGC 3621  •  NGC 3622  •  NGC 3623  •  NGC 3624  •  NGC 3625   
  Este artigo sobre um objeto do céu profundo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.