Abrir menu principal
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde outubro de 2009).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Michael Turner
Michael Layne Turner
Transparent bar.svg

Nascimento 21 de abril de 1971
Local Crossville, Tennessee, EUA
Morte 27 de junho de 2008 (37 anos)
Local Hospital Santa Mônica, Califórnia, EUA
Nacionalidade estadunidense
Área(s) de atuação Desenhista, Arte-finalista, escritor, editor
Trabalhos de destaque Fathom
Witchblade

Michael Layne Turner[1] (Crossville, Tennessee, EUA, 21 de abril de 197127 de junho de 2008)[2] foi um artista de quadrinhos norte-americano famoso por seus trabalhos na Witchblade, Fathom, Superman/Batman, Soulfire, e várias capas para DC Comics e Marvel Comics. Ele também foi o presidente da editora Aspen MLT.[3]

Também era conhecido pelas capas altamente estilizadas que criou para grandes títulos e por desenhar personagens femininas com curvas tão imponentes quanto seus superpoderes, e morreu aos 37 anos.[1]

Índice

Primeiros anosEditar

Michael Turner nasceu em Crossville, no estado norte-americano do Tennessee em 21 de abril de 1971.[4] Estudou pré-medicina na Universidade do Tennessee, um semestre antes de se formar, ele mudou-se para Aspen, uma cidade do estado americano do Colorado e depois para para San Diego, Califórnia, onde ensinou artes marciais e onde desenvolveu o interesse por histórias em quadrinhos.[5]

CarreiraEditar

Turner foi descoberto pelo editor Marc Silvestri durante uma convenção de quadrinhos, a Comic-Con em San Diego[4] e acabou sendo contratado em 1994 como artista pela Top Cow Productions, a editora de Silvestri.[3] No início ele fez algumas ilustrações para títulos da Top Cow, isso antes, de cocriar com Silvestri a famosa série de fantasia, Witchblade. No verão americano de 1998, ele estreou seu gibi "creator-owned" Fathom, assim como também começou sua nova série, Soulfire.

Além de artista consagrado, Turner era um esquiador premiado, além de possuir faixa vermelha de instrutor em artes marciais, e também um ávido jogador de videogame.[carece de fontes?] Em março de 2000, Turner foi diagnosticado com condrossarcoma, um forma de câncer, no lado direito da bacia (ou pélvis). Ele foi tratado no hospital Ronald Reagan UCLA Medical Center, onde foi submetido a diversas cirurgias na qual uma em que ele perdeu todo o seu quadril, 40% de sua bacia, e três quilos de osso. A cirurgia foi acompanhada por nove meses de radioterapia.[6]

Turner abandonou a Top Cow no final de 2002 para fundar sua própria editora de quadrinhos,[4] a Aspen MLT Inc. (onde MLT significa Michael Layne Turner), localizada em Santa Mônica, com o estúdio em Marina del Rey na Califórnia. A distribuição dos quadrinhos da Aspen foram adiados por um longo tempo por causa das disputas judicais contra a Top Cow Productions sobre os direitos de Fathom e também sobre os direitos dos títulos não publicados [na época] da Soulfire (inicialmente chamado de Dragonfly) e Ekos, os quais Turner acabara de começar a desenvolver antes de sair da Top Cow e antes de ser diagnosticado com câncer. Aspen e Top Cow chegaram a um consenso, fora do tribunal, em 2003.

Em 2004, Turner desenhou capas de vários títulos da DC Comics, entre eles, The Flash e do grande evento do ano da editora das Lendas, a minissérie Crise de Identidade (do original "Identity Crisis"). Ele foi o responsável pela arte e por coescrever o arco de história "O Fim dos Deuses" (do original "Godfall"), que se passou nos três principais títulos do Superman, Action Comics, Adventures of Superman e Superman, no início de 2004 e ilustrou o arco "A Supergirl de Krypton" (do original "Supergirl From Krypton"), que trouxe de volta a personagem depois de um longo hiato, em seis edições da Superman/Batman #8–13.[5][7] Seu título autoral, Soulfire, começou a ser publicado em 2004 e as publicações de Fathom foram retomadas, agora pela Aspen MLT em vez da Top Cow.

Em 6 de agosto de 2005, a Marvel Comics anunciou a assinatura de um contrato de trabalho com Michael Turner para um projeto de seis edições, além das capas. O que acabaria sendo, ao menos, as capas variantes da minissérie Guerra Civil (do original "Civil War") e da revista regular do Wolverine, Wolverine: Origins.[5] Além disso, em outra ocasião, Turner também foi anunciado como artista na minissérie Ultimate Wolverine, escrita por Jeph Loeb.[1]

Turner criou adaptações em quadrinhos online para a série de televisão Heroes da NBC.[1]

Morte e tributoEditar

Turner morreu em 27 de junho de 2008 no Hospital Santa Mônica em Santa Mônica, Califórnia, por complicações relacionadas ao ressurgimento do câncer.[8] Fathom vol. 3 #1, que foi publicado na quarta-feira, em 6 de agosto de 2008, trouxe uma homenagem a Turner na forma de uma fita azul estilizada no canto superior direito da sua capa, e sua primeira página foi um memorial para ele.[9] A AspenMLT também publicou um coleção encadernada em capa cartonada escritas por pessoas que conheciam Turner, intitulada A Tribute to Michael Turner, que trazia uma capa pintada por Alex Ross.

BibliografiaEditar

Páginas interioresEditar

Aspen MLTEditar

DC ComicsEditar

Image Comics/Top Cow ProductionsEditar

  • Ballistic #1–3 (1995)
  • Codename: Strykeforce #14 (entre outros artistas) (1995)
  • Fathom #0–14 (1998–2002)
  • Tomb Raider #25 (2002)
  • Tomb Raider/Witchblade, edição especial, (com Brian Ching) #1 (1997)
  • Witchblade #1–8, 10–23, 25 (1995–1998)
  • Witchblade/Tomb Raider Special #1 (com Keu Cha) (1998)

CapasEditar

Aspen MLTEditar

  • Fathom vol. 2, Beginnings, Prelude #0, 1–4, 7–8, 10–11 (2005–2006)
  • Shrugged #0, 1–6 (2006–2007)
  • Soulfire Preview, #0, 1–10 (2004–2009)

DC ComicsEditar

Image Comics/Top Cow ProductionsEditar

Image Comics/Hurricane Ent.Editar

Marvel ComicsEditar

Referências

  1. a b c d Nelson, Valerie J. (4 de julho de 2008). «Michael Turner, 1971-2008 Comic-book artist known for his highly stylized covers». Los Angeles Times. Cópia arquivada em 24 de outubro de 2012 
  2. Gustines, George Gene (6 de julho de 2008). «Michael Turner, 37, Creator of Superheroines, Is Dead». The New York Times. Cópia arquivada em 28 de dezembro de 2013 
  3. a b «Comic book artist Michael Turner dies at 37». Associated Press via Today. 6 de julho de 2008. Consultado em 27 de dezembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de dezembro de 2013 
  4. a b c «Michael Turner». Lambiek Comiclopedia. 2012. Consultado em 27 de dezembro de 2013. Cópia arquivada em 6 de maio de 2012 
  5. a b c Nelson, Valerie J. (4 de julho de 2008). «Michael Turner: 1971-2008 'Popular and influential' comic book artist; Published the best-selling Fathom». Chicago Tribune. Cópia arquivada em 28 de dezembro de 2013 
  6. Diogo, Edson. «Michael Turner | Guia dos Quadrinhos». guiadosquadrinhos.com (em inglês). Consultado em 9 de maio de 2018 
  7. Manning, Matthew K. (2014). «2000s». Batman: A Visual History. Londres, Reino Unido: Dorling Kindersley. p. 274. ISBN 978-1465424563. [Jeph] Loeb began the second major story arc on this title in this issue [#8], drawn by superstar Michael Turner. 
  8. Weiland, Jonah (28 de junho de 2008). «Michael Turner Passes Away at 37». Comic Book Resources. Consultado em 29 de junho de 2008. Cópia arquivada em 8 de outubro de 2013 
  9. Fathom vol. #1 (setembro de 2008)

Leitura adicionalEditar

  • Jim McLauchlin, "Up from the Depths", Wizard #112
  • "Playin' It Cool", entrevista com Michael Turner, Wizard #115

Ligações externasEditar

Precedido por
——
Desenhista da Witchblade
1995–1998
Sucedido por
Randy Green
Precedido por
Pat Lee
Desenhista da Superman/Batman
2004
Sucedido por
Carlos Pacheco
  Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.