Abrir menu principal
Microsoft Office 2013
Desenvolvedor Microsoft
Plataforma Microsoft Windows
Versão estável 15.0.4420.1017 RTM
Idioma(s) 40 linguagens
Linguagem IA-32, x64, ARM
Sistema operacional Windows 7, Windows 8 Windows 8.1 e Windows 10
Gênero(s) Suíte de escritório
Licença Proprietária EULA (Comercial)
Estado do desenvolvimento Suporte principal se encerra em 10 de abril de 2018.

Suporte estendido encerra-se em 11 de abril de 2023.

Página oficial [https://products.office.com/microsoft-office-2013]
Cronologia
Microsoft Office 2010
Microsoft Office 2016

O Microsoft Office 2013, também chamado de Office 15, é a uma versão da suíte de aplicativos Microsoft Office, lançada a 29 de janeiro de 2013,[1] sucedendo à edição de 2010.

Índice

Histórico e desenvolvimentoEditar

Em 30 de janeiro de 2012, a Microsoft lançou uma prévia técnica do Office 15, build 3612,1010. A Microsoft anunciou que uma versão beta pública do Office 15 estaria disponível em meados de julho de 2012.

A versão de acolhimento do Office 15 foi lançada em 16 de Julho de 2012.[2]

NovidadesEditar

O aplicativo deve ganhar novos contornos, ao estilo da interface Metro, presente no Windows 8. O Microsoft Outlook recebeu mudanças mais drásticas, por exemplo, a interface Metro fornece uma nova visualização para as tarefas programadas. O PowerPoint irá incluir mais modelos e efeitos de transição, e o OneNote incluirá uma tela nova. O Excel conta com uma ferramenta de filtragem de dados em um cronograma. No Word, a capacidade de inserção de vídeo e áudio online, bem como a difusão de documentos na Web foram implementadas.[3]

Logo à partida, salta à vista a interface, preparada para tablets e sensível ao toque. Além disso tem funcionalidades Cloud e colaboração integradas, que lhe permite começar no computador, continuar no portátil e terminar em outro dispositivo, através da sincronização no OneDrive ou sharepoint para empresas. A possibilidade de encolher os separadores no topo (ribbon) e também passar para o modo full screen facilita mais o trabalho. [4]

Algumas das principais novidades no Excel 2013:

  • Flash fill – automaticamente preenche uma coluna com dados, baseado na informação adjacente. Varia em função dos padrões detetados.
  • Powerview – permite ver informação de uma forma simples e atrativa. Selecione os dados, clique em power view, ajuste e configure como quer apresentar os dados. Pode até adicionar bing maps com informação geográfica relacionada com os dados georreferenciados.
  • Gráficos sugeridos e formatação – agora adicionar gráficos é ainda mais interessante. Para além de lhe serem sugeridos gráficos recomendados para os dados selecionados, é simples pré visualizar outros. Depois de aceitar o gráfico, surgem três botões para configurar, formatação e outras melhorias.
  • Timeline – permite filtrar e tratar dados com informação cronológica.
  • Relationship – quando importar dados para o Excel, onde seja possível estabelecer relações, esta função ficará disponível no separador Data. Podendo criar ligações entre os dados minimizando assim introdução de dados redundantes.
  • Recommended Pivot Tables – esta opção facilita o processo de inserção de tabelas dinâmicas, sendo sugerida uma opção de acordo com os dados selecionados.
  • Quick Analysis – basta um clique direito nos dados e esta opção sexy ajuda-nos a formatar condicionalmente, gráficos, realce e outras melhoras. [5]

Edições da suíteEditar

O Office 2013 apresenta mudanças nas edições de pacotes. As versões são:[6]

  • Office 365 Home Premium: Em alusão aos dias do ano, este pacote contém sete aplicativos, Word, Excel, PowerPoint, OneNote, Outlook, Publisher e Acess. Além dos sete aplicativos a suíte oferece 20 GB de espaço no OneDrive mais 60 minutos mensais gratuitos em ligações para qualquer parte do mundo com o Skype. O diferencial deste pacote para os demais é a licença para até cinco computadores (incluindo também computadores MAC da Apple). Esta licença é vendida como anual e mensal.
  • Office 2013 Home and Student: Contém apenas quatro aplicativos, Word, Excel, PowerPoint e OneNote. Possui apenas uma licença permanente.
  • Office 2013 Home and Business: Além de contar com com os quatro aplicativos da edição Home and Student, possui também o Outlook. Também oferece uma licença permanente.
  • Office 2013 Professional: Possui os mesmo aplicativos do Office 365, porém, com uma licença permanente e sem os serviços do OneDrive (neste caso a capacidade do OneDrive não chega a 20 GB) e Skype.

Referências

  1. Jason Parker (29 de janeiro de 2013). «Microsoft pushes subscription model for Office 2013» (em inglês). CNET. Consultado em 29 de janeiro de 2013 
  2. ^ "Office 15" Begins Technical Preview". Microsoft
  3. «"Microsoft Office 2012 15.0.2703.1000: First Look with Full Screenshots – Office 2012"». Consultado em 2 de julho de 2012. Arquivado do original em 23 de junho de 2011 
  4. "Marketing Portugal"
  5. "Vasco Marques - Microsoft Office Master Instructor"
  6. «Que conjunto do Office combina com seu estilo de vida?». Microsoft. 29 de janeiro de 2013. Consultado em 30 de janeiro de 2013 
  Este artigo sobre software é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.