Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para o imperador bizantino, veja Miguel IV, o Paflagônio.
Miguel IV de Constantinopla
Nascimento Século XII
Morte 26 de agosto de 1212
Cidadania Império Bizantino
Ocupação sacerdote
Religião cristianismo ortodoxo

Miguel IV (em grego: Μιχαήλ Δ ), dito Autoriano (em grego: Ἀυτωρειανός; transl.: Autoreianós), foi o patriarca grego ortodoxo de Constantinopla entre 1206 e a sua morte em 1212.[1]

Índice

Vida e obrasEditar

Miguel era um homem bem-educado e membro do círculo literário à volta de Eustácio de Tessalônica. Na hierarquia eclesiástica, havia alcançado o posto de grande sacelário quando Constantinopla foi saqueada pela Quarta Cruzada em 1204.[2] Em 1208, foi elevado a patriarca pelo imperador de Niceia Teodoro I Láscaris, sucedendo a João X Camatero, que havia morrido em 1206. Láscaris foi o fundador de um estado sucessor grego bizantino na Ásia, o Império de Niceia, e tentou persuadir João X a se juntar a ele, mas fracassou, provavelmente pela idade avançada do patriarca, que morreu logo em seguida.[3]

Logo depois de assumir a função, em 20 de março de 1206, Miguel IV coroou Teodoro Láscaris como imperador (ele já havia sido aclamado como tal em no ano anterior). Ele também fez uma promessa peculiar, contrária tanto à tradição quanto à doutrina bizantinas, de remissão dos pecados de todos os soldados do novo imperador que morressem lutando. É possível, contudo, que a promessa tenha tido vida curta já que Miguel morreu em Niceia em 26 de agosto de 1212.[1]

Ver tambémEditar

Miguel IV de Constantinopla
(No exílio em Niceia)

(1206 - 1212)
Precedido por:  

Patriarcas grego ortodoxos de Constantinopla

Sucedido por:
João X 126.º Teodoro II

Referências

  1. a b «Michael IV Autoreianos» (em grego). Ecumenical Patriarchate. Consultado em 20 de abril de 2013 
  2. Kazhdan 1992, p. 1365.
  3. Kazhdan 1992, p. 1055, 1365, 2039–2040.

BibliografiaEditar