Miriam Hopkins

Ellen Miriam Hopkins (Savannah, 18 de outubro de 1902Nova Iorque, 9 de outubro de 1972)[1] foi uma atriz americana conhecida por sua versatilidade em uma ampla variedade de papéis.

Miriam Hopkins
Miriam Hopkins em 1932
Nome completo Ellen Miriam Hopkins
Nascimento 18 de outubro de 1902
Savannah, Geórgia
Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano
Morte 9 de outubro de 1972 (69 anos)
Nova Iorque, NI
Estados Unidos
Ocupação Atriz
Atividade 1921-1970
Cônjuge Brandon Peters (c. 1926–27)
Austin Parker (c. 1928–31)
Anatole Litvak (c. 1937–39)
Raymond B. Brock (c. 1945–51)
Filho(s) 1

Começou sua carreira cinematográfica nos anos 30, tornando-se famosa pela sua atuação em Trouble in Paradise (bra: Ladrão de alcova), de 1932. Foi indicada ao Oscar de melhor atriz pela atuação no filme Becky Sharp (bra: Vaidade e Beleza; prt: A Feira da Vaidade), de 1935, na que tornou-se a primeira performance num filme em cores a ser indicada ao Oscar. Já pela atuação em The Heiress (bra: Tarde demais; prt: A herdeira), filme de 1949 em que contracenou com Olivia de Havilland, Montgomery Clift e Ralph Richardson, Hopkins recebeu uma indicação ao Globo de Ouro de melhor atriz coadjuvante em cinema.

Ela tem duas estrelas na Calçada da Fama: uma por cinema na 1701 Vine Street, e outra para a televisão em 1708 Vine Street.[2]

Referências

  1. «Miriam Hopkins». Film Reference. Consultado em 20 de julho de 2019 
  2. «Miriam Hopkins». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 20 de julho de 2019 

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Miriam Hopkins