Abrir menu principal

Mitchell van der Gaag

Mitchell van der Gaag (Zutphen, 22 de outubro de 1971) é um ex-futebolista e treinador de futebol holandês.[1] Atualmente, comanda o NAC Breda.

Mitchell van der Gaag
Informações pessoais
Nome completo Mitchell van der Gaag
Data de nasc. 22 de outubro de 1971 (48 anos)
Local de nasc. Zutphen,  Países Baixos
Altura 1,86 m
Informações profissionais
Equipa atual Países Baixos NAC Breda
Posição Treinador (Ex-zagueiro)
Clubes de juventude


1986–1989
Países Baixos SC Brummen
Países Baixos De Graafschap
Países Baixos PSV
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1988–1994
1989–1990
1990–1992
1995–1997
1997–2001
2001–2006
2006–2007
Países Baixos PSV
Países Baixos NEC Nijmegen (emp.)
Países Baixos Sparta Rotterdam (emp.)
Países Baixos Motherwell
Países Baixos Utrecht
Portugal Marítimo
Arábia Saudita Al Nassr
53 (4)
31 (0)
59 (2)
67 (4)
95 (10)
150 (14)
27 (3)
Seleção nacional
1990–1991 Países Baixos Países Baixos Sub-21 4 (0)
Times/Equipas que treinou
2008
2009–2010
2012–2014
2015
2015–2016
2016–
Portugal Marítimo B
Portugal Marítimo
Portugal Belenenses
Chipre Ermis Aradippou
Países Baixos Eindhoven
Países Baixos Excelsior





Última atualização: sábado, 14 de dezembro de 2019

Carreira de jogadorEditar

Como jogador, Van der Gaag atuava como zagueiro, tendo iniciado a carreira em 1988 no PSV, onde permaneceu até 1994 - entre 1989 e 1992, foi emprestado ao NEC Nijmegen (31 jogos) e ao Sparta Rotterdam (59 partidas e 2 gols). Pelo time de Eindhoven, jogou 53 partidas e marcou 4 gols.

Defendeu ainda o Motherwell e o Utrecht antes de assinar com o Marítimo em 2001,[2] onde jogou 154 vezes, marcando 17 gols. Deixou os gramados em 2007, quando jogava pelo Al Nassr,[3] tendo feito apenas 27 jogos pelo clube saudita, fazendo 3 gols.

Carreira como técnicoEditar

No início da temporada 2008/2009, Van der Gaag iniciou a trajetória como treinador ao serviço do Marítimo B, exercendo o cargo até setembro de 2009, quando, em virtude da demissão de Carlos Carvalhal do comando do time principal, foi alçado como treinador interino. Em 9 de maio de 2010, Mitchell levou o Marítimo a conquistar uma vaga para a Liga Europa, num jogo em que foi expulso, apesar da vitória sobre o Vitoria de Guimarães por 2 a 1, entrando para a história do clube madeirense, que comemorava 100 anos de existência. Em 2013, quando treinava o Belenenses, durante um jogo justamente contra o Marítimo, válido pela 5ª rodada da primeira divisão, sentiu-se mal e teve de abandonar o banco.[4] Em seguida, declarou que iria permanecer inativo até sua recuperação. Com a saúde restabelecida, o ex-zagueiro decidiu deixar o cargo,[5] repassando-o a Marco Paulo.

Após um ano parado, Van der Gaag voltou à ativa em 2015, treinando o Ermis Aradippou e o Eindhoven. Em junho de 2016, assinou com o Excelsior.

Referências

  1. Mitchell van der Gaag (em português) no ZeroZero.pt
  2. «Van der Gaag tekent bij Marítimo» (em holandês). Voetbal International. 2 de julho de 2001. Consultado em 31 de março de 2016 
  3. «Al-Nassr zet Van der Gaag op straat» (em holandês). 5 de setembro de 2006. Consultado em 31 de março de 2016 
  4. [Coração trava carreira de Van der Gaag Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/desporto/detalhe/coracao-trava-carreira-de-van-der-gaag.html «Coração trava carreira de Van der Gaag»] Verifique valor |url= (ajuda). 27 de setembro de 2006  line feed character character in |url= at position 39 (ajuda)
  5. [html «Van der Gaag abandona Belenenses»] Verifique valor |url= (ajuda). 26 de setembro de 2006 
   Este artigo sobre futebolistas neerlandeses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.