Abrir menu principal
A localização da cidade de Miyakojima em Okinawa

Miyako-jima (宮古島? Miyako: ミャーク (Myaaku?); Okinawanês: ナーク (Naaku?)) é a maior e mais populosa ilha entre as Ilhas Miyako, da província de Okinawa, Japão. Miyako-jima é administrada como parte da cidade de Miyakojima, que inclui não apenas Miyako-jima mas também outras cinco ilhas povoadas.[1]

Índice

GeografiaEditar

Miyako-jima situa-se aproximadamente300 km a sudoeste da Ilha de Okinawa e 400 km a leste de Taipei, Taiwan.[1] Com uma área de 158,7 km², Miyako é a quarta maior ilha da província de Okinawa.[2] A ilha tem uma forma triangular e é composta pelo calcário ryukyu.[1] Miyako-jima está sujeita à seca e é frequentemente atingida por tufões.[1]

Miyako-jima é conhecida por sua beleza, particularmente pelo Cabo leste (東平安名岬, Higashi-hennazaki?), que é considerado por muitos como um dos locais mais bonitos do Japão. Outros locais conhecidos incluem a praia de Maehama, o Centro Cultural Alemão, a praia de Painagama e a vista de Irabu-jima. Há duas ilhas próximas que são conectadas por pontes para Miyako-jima, Ikemajima (池間島, Ikema-jima?), e Kurimajima (来間島, Kurima-jima?). A língua miyako, uma das línguas ryukyuanas, é falado lá.

CulturaEditar

Há um festival chamado Paantu (パーントゥ), que ocorre no nono mês do antigo calendário lunar. Três homens vestidos de grama e lama vão andando por todos os lugares. Eles carregam pedaços de paus em uma mãe e uma máscara assustadora na outra. As pessoas que forem sujas pelo Pantu terão um ano de proteção. Os proprietários das casas também convidam Pantu para dar a benção a suas residências.

Miyako tem sua própria versão de soba. O otori é um costume de beber awamori, uma bebida destilada nativa de Okinawa. Ele é feito com as pessoas sentadas (geralmente em volta de uma mesa). Alguém oferece um brinde, bebe um pequeno copo, e então o oferece a cada pessoa da mesa fazendo uma volta, geralmente indo para a direita. Quando a pessoa que brindou volta para seu local, a pessoa que passou o Otori antes lhe serve outro copo. Ele então anuncia "TSUNAGIMASU" e bebe seu segundo copo. Após im breve interval, é a vez da próxima pessoa o Otori, que continua até a celebração terminar.

EconomiaEditar

Miyako-jima abriga a cultivação de cana-de-açúcar e produz açúcar mascavo.[1] Miyako jōfu é um tecido feito à mão produzido localmente feito de fibra rami. Ele era antigamente conhecido como Satsuma jōfu. O tecido é produzido desde o período Tensho, 1573-92.[2][3][4]

Pontos de interesseEditar

Referências

  1. a b c d e «Miyakojima». Encyclopedia of Japan. Tokyo: Shogakukan. 2012. OCLC 56431036. Consultado em 18 de dezembro de 2012 
  2. a b «宮古島» [Miyako-jima]. Dijitaru Daijisen (em Japanese). Tokyo: Shogakukan. 2012. OCLC 56431036. Consultado em 14 de dezembro de 2012 
  3. «宮古上布» [Miyako jōfu]. Dijitaru Daijisen (em Japanese). Tokyo: Shogakukan. 2012. OCLC 56431036. Consultado em 14 de dezembro de 2012 
  4. «宮古上布» [Miyako jōfu]. Nihon Daihyakka Zensho (Nipponika) (em Japanese). Tokyo: Shogakukan. 2012. OCLC 153301537. Consultado em 14 de dezembro de 2012 
  5. "JAL Group Offices Information." Japan Airlines. Acessado em 22 de julho de 2011. "MIYAKO Only Domestic Ticketing Available Address 223 Nishizato Hirara Miyako City, 906-0012" Map

NotasEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Miyako-jima
O Wikivoyage possui o guia Miyako Islands