Lista de monarcas britânicos

artigo de lista da Wikimedia
(Redirecionado de Monarca britânico)

Os monarcas britânicos são os soberanos que reinaram sobre o Reino da Grã-Bretanha, o Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda e o Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte desde 1707. A Grã-Bretanha foi formada pela união política do Reino da Inglaterra e Reino da Escócia como aprovada pelos Atos de União de 1707, com a rainha Ana, oriunda da Casa de Stuart, sendo sua primeira soberana. Ela já reinava como rainha das independentes Inglaterra, Escócia e Reino da Irlanda desde 1702 em união pessoal.

O brasão real de armas do Reino Unido desde Vitória, possuindo as Armas Reais da Inglaterra, Escócia e Irlanda. A Escócia usa uma versão diferente onde suas armas tomam precedência.

Ana morreu sem herdeiros e foi sucedida pelo rei Jorge I, oriundo da Casa de Hanôver, como aprovado pelo Decreto de Estabelecimento de 1701 a fim de manter o trono com um protestante. A Grã-Bretanha e a Irlanda entraram em união política para formar o Reino Unido em 1801 por meio do Ato de União de 1800. Os descendentes de Jorge I da Casa de Hanôver reinaram sobre os reinos até 1901, quando o rei Eduardo VII ascendeu ao trono como membro da Casa de Saxe-Coburgo-Gota. Seu sucessor, o rei Jorge V, alterou o nome para Casa de Windsor em 1917, com esta continuando como a casa real britânica até hoje.

Casa de StuartEditar

 Ver artigo principal: Casa de Stuart

Ana se tornou a rainha do Reino da Grã-Bretanha em 1º de maio de 1707, quando os Atos de União de 1707 entraram em vigor depois de terem sido aprovados pelos parlamentos inglês e escocês em 16 de janeiro e 6 de março, respectivamente. Os atos criaram uma união política entre o Reino da Inglaterra e o Reino da Escócia, formando o Reino da Grã-Bretanha.[1][2] Ana já reinava a Inglaterra, Escócia e o Reino da Irlanda como sua rainha em uma união pessoal desde 8 de março de 1702.[3][4]

Nome Imagem Nascimento Casamento Morte Reivindicação Ref
Ana
1º de maio de 1707
1º de agosto de 1714
  6 de fevereiro de 1665
filha de Jaime II & VII e Ana Hyde
Jorge da Dinamarca
28 de julho de 1683
1 filho
1º de agosto de 1714
49 anos
Filha de Jaime II & VII
Declaração de Direitos de 1689
[5]

Casa de HanôverEditar

 Ver artigo principal: Casa de Hanôver

A Declaração de Direitos de 1689 tinha estabelecido que a sucessão dos tronos inglês, escocês e irlandês passaria para os descendentes de Guilherme III & II e Maria II, depois para os de Ana e então para descendentes de Guilherme III & II com alguma outra esposa.[6][7] Entretanto, nenhum dos três teve filhos. Consequentemente, o parlamento inglês aprovou o Decreto de Estabelecimento de 1701, que designava a princesa Sofia do Palatinado e seus descendentes como os herdeiros do trono. Sofia era neta do rei Jaime VI & I e a protestante mais próxima do trono.[8][9] Sofia morreu um mês antes de Ana, assim o trono britânico e irlandês passou para seu filho, Jorge I Luís, Eleitor de Hanôver.[10]

A Grã-Bretanha e a Irlanda permaneceram governadas em união pessoal até 1º de janeiro de 1801, quando o Ato de União de 1800 entrou em vigor. Este tinha sido aprovado pelos parlamentos britânico e irlandês em 2 de julho e 1º de agosto de 1800, respectivamente, criando uma união política que formou o Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda.[11]

Nome Imagem Nascimento Casamento Morte Reivindicação Ref
Jorge I
1º de agosto de 1714
– 11 de junho de 1727
  28 de maio de 1660
filho de Sofia do Palatinado e Ernesto Augusto, Eleitor de Hanôver
Sofia Doroteia de Brunsvique-Luneburgo
21 de novembro de 1682
2 filhos
11 de junho de 1727
67 anos
Bisneto de Jaime VI & I
Decreto de Estabelecimento de 1701
[12]
Jorge II
11 de junho de 1727 –
25 de outubro de 1760
  30 de outubro de 1683
filho de Jorge I e Sofia Doroteia de Brunsvique-Luneburgo
Carolina de Ansbach
22 de agosto de 1705
8 filhos
25 de outubro de 1760
76 anos
Filho de Jorge I [13]
Jorge III
25 de outubro de 1760
– 29 de janeiro de 1820
  24 de maio de 1738
filho de Frederico, Príncipe de Gales e Augusta de Saxe-Gota
Carlota de Meclemburgo-Strelitz
8 de setembro de 1761
15 filhos
29 de janeiro de 1820
81 anos
Neto de Jorge II [14]
Jorge IV
29 de janeiro de 1820
– 26 de junho de 1830
  12 de agosto de 1762
filho de Jorge III e Carlota de Meclemburgo-Strelitz
Carolina de Brunsvique
8 de abril de 1795
1 filha
26 de junho de 1830
67 anos
Filhos de Jorge III [15]
Guilherme IV
26 de junho de 1830
– 20 de junho de 1837
  21 de agosto de 1765
filho de Jorge III e Carlota de Meclemburgo-Strelitz
Adelaide de Saxe-Meiningen
13 de julho de 1818
sem filhos
20 de junho de 1837
71 anos
[16]
Vitória
20 de junho de 1837 –
22 de janeiro de 1901
  24 de maio de 1819
filha de Eduardo, Duque de Kent e Strathearn e Vitória de Saxe-Coburgo-Saalfeld
Alberto de Saxe-Coburgo-Gota
10 de fevereiro de 1840
9 filhos
22 de janeiro de 1901
81 anos
Neta de Jorge III [17]

Casa de Saxe-Coburgo-GotaEditar

 Ver artigo principal: Casa de Saxe-Coburgo-Gota

Eduardo VII, apesar de filho e sucessor de Vitória, era membro da Casa de Saxe-Coburgo-Gota por meio de seu pai, o príncipe Alberto de Saxe-Coburgo-Gota.[18]

Nome Imagem Nascimento Casamento Morte Reivindicação Ref
Eduardo VII
22 de janeiro de 1901
– 6 de maio de 1910
  9 de novembro de 1841
filho de Vitória e Alberto de Saxe-Coburgo-Gota
Alexandra da Dinamarca
10 de março de 1863
6 filhos
6 de maio de 1910
68 anos
Filho de Vitória [19]

Casa de WindsorEditar

 Ver artigo principal: Casa de Windsor

Jorge V ascendeu ao trono como membro da Casa de Saxe-Coburgo-Gota. Entretanto, ele emitiu uma proclamação em 17 de julho de 1917 alterando o nome da casa real britânica para Casa de Windsor.[18][20] Isto ocorreu porque o sentimento anti-germânico estava em alta pela Primeira Guerra Mundial, assim foi considerado que um nome mais "britânico" seria mais adequado, com Windsor sendo escolhido.[21] Além disso, Jorge V e sua família abriram mão de todos os seus títulos e estilos germânicos.[20]

A proclamação de Jorge V destinava-se apenas aos descendentes de Vitória na linhagem masculina. Entretanto, Isabel II declarou em 9 de abril de 1952, pouco depois de sua ascensão, que Windsor permaneceria como o nome da casa real para os descendentes homens e mulheres solteiras de Jorge V.[21]

Nome Imagem Nascimento Casamento(s) Morte Reivindicação Ref
Jorge V
6 de maio de 1910 –
20 de janeiro de 1936
  3 de junho de 1865
filho de Eduardo VII e Alexandra da Dinamarca
Maria de Teck
6 de julho de 1893
6 filhos
20 de janeiro de 1936
70 anos
Filho de Eduardo VII [22]
Eduardo VIII
20 de janeiro –
11 de dezembro de 1936
abdicou
  23 de junho de 1894
filho de Jorge V e Maria de Teck
Wallis Warfield
3 de junho de 1937
sem filhos
28 de maio de 1972
77 anos
Filhos de Jorge V [23]
Jorge VI
11 de dezembro de 1936
– 6 de fevereiro de 1952
  14 de dezembro de 1865
filho de Jorge V e Maria de Teck
Isabel Bowes-Lyon
23 de abril de 1923
2 filhas
6 de fevereiro de 1952
56 anos
[24]
Isabel II
6 de fevereiro de 1952
– 8 de setembro de 2022
  21 de abril de 1926
filha de Jorge VI e Isabel Bowes-Lyon
Filipe da Grécia e Dinamarca
20 de novembro de 1947
4 filhos
8 de setembro de 2022
96 anos
Filha de Jorge VI [25]
Carlos III
8 de setembro de 2022
presente
  14 de novembro de 1948
filho de Isabel II e Filipe da Grécia e Dinamarca
Diana Spencer
29 de julho de 1981
2 filhos
Vivo
74 anos
Filho de Isabel II [26]
Camila Shand
9 de abril de 2005
sem filhos

Linha do tempoEditar

Carlos III do Reino UnidoIsabel II do Reino UnidoJorge VI do Reino UnidoEduardo VIII do Reino UnidoJorge V do Reino UnidoEduardo VII do Reino UnidoVitória do Reino UnidoGuilherme IV do Reino UnidoJorge IV do Reino UnidoJorge III do Reino UnidoJorge II da Grã-BretanhaJorge I da Grã-BretanhaAna da Grã-Bretanha

ReferênciasEditar

  1. Gregg 2001, pp. 239–240
  2. Somerset 2012, pp. 315–316
  3. Green 1970, p. 90
  4. Waller 2006, p. 312
  5. «Anne (r. 1702-1714)». The Royal Family. Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  6. Green 1970, p. 52
  7. Gregg 2001, p. 69
  8. Somerset 2012, p. 165
  9. Hatton 1978, p. 74
  10. Hatton 1978, pp. 108–109
  11. Weir 1996, p. 286
  12. «George I (r. 1714-1727)». The Royal Family. Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  13. «George II (r. 1727-1760)». The Royal Family. Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  14. «George III (r. 1760-1820)». The Royal Family. Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  15. «George IV (r. 1820-1830)». The Royal Family. Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  16. «William IV (r. 1830-1837)». The Royal Family. Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  17. «Victoria (r. 1837-1901)». The Royal Family. Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  18. a b «Saxe-Coburg-Gotha». The Royal Family. Consultado em 7 de janeiro de 2023 
  19. «Edward VII (r.1901-1910)». The Royal Family. Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  20. a b «By the King, a Proclamation». The London Gazette (30186): 7119. 17 de julho de 1917 
  21. a b «The Royal Family name». The Royal Family. Consultado em 7 de janeiro de 2023 
  22. «George V (r. 1910-1936)». The Royal Family. Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  23. «Edward VIII (Jan-Dec 1936)». The Royal Family. Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  24. «George VI (r. 1936-1952)». The Royal Family. Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  25. «Queen Elizabeth». The Royal Family. Consultado em 6 de janeiro de 2023 
  26. «The King». The Royal Family. Consultado em 6 de janeiro de 2023 

BibliografiaEditar

  • Green, David (1970). Queen Anne. Londres: Collins. ISBN 0-00-211693-6 
  • Gregg, Edward (2001). Queen Anne 2ª ed. New Haven: Yale University Press. ISBN 0-300-09024-2 
  • Hatton, Ragnhild (1978). George I: Elector and King. Londres: Thames and Hudson. ISBN 978-0-500-25060-0 
  • Somerset, Anne (2012). Queen Anne: The Politics of Passion. Londres: HarperCollins. ISBN 978-0-00-720376-5 
  • Waller, Maureen (2006). Sovereign Ladies: The Six Reigning Queens of England. Londres: John Murray. ISBN 0-7195-6628-2 
  • Weir, Alison (1996). Britain's Royal Families: A Complete Genealogy. Londres: Pimlico. ISBN 978-0-7126-7448-5 

Ligações externasEditar